Todo Dia – David Levithan

17/12/2013

todo-dia-br.inddNeste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

Sabe quando você termina de ler um livro e tem a certeza de que não gostou? Então, eu tinha essa certeza ao terminar o livro. Ao menos eu pensava que tinha... Acontece que eu sempre fico me perguntando depois o que me levou a essa certeza e não conseguia encontrar um motivo forte o suficiente para não gostar do livro. Na verdade, acho que foi tudo implicância minha por não encontrar algumas coisas que eu queria (mas que agora vejo que não precisava mesmo estar lá).

Se tem uma coisa que aprendi, é isso: todos nós queremos que tudo fique bem. Nem mesmo desejamos que as coisas sejam fantásticas, maravilhosas ou extraordinárias. Satisfeitos, aceitamos o bem, porque, na maior parte do tempo, bem é o suficiente. (pág. 11)

Todo Dia é diferente... É algo que se parece com algumas coisa que eu já li mas que não tem nada igual. Em alguns momentos parece que sabia o que iria acontecer mas logo tudo mudava de novo. É difícil comparar com alguma coisa e tenho certeza de que ele é único e incomparável a tudo o que eu já li.

Posso ver que a tristeza voltou. E não é uma tristeza bonita; a tristeza bonita é um mito. A tristeza transforma as feições em argila, não em porcelana. (pág. 50)

É absolutamente incrível a forma que Levithan levanta assuntos tão habituais do nosso dia-a-dia como a grande necessidade que temos de nos encaixar nos padrões e em como julgamos os outros do jeito que não queremos ser julgados. E tudo aparece de maneira tão simples, tão sutil que ficou uma ‘pulga atrás da orelha’ me fazendo pensar que talvez isso tudo tenha sido somente comigo.

Queria que o amor conquistasse tudo. Mas o amor não conquista tudo. Ele não pode fazer nada sozinho. Ele depende de nós para conquistar em seu nome. (pág. 242)

E o amor... Ah o amor... Suas tantas formas já tão abordadas por ai e eu me vi lendo poesia até mesmo onde não existia. Impossível não se encantar com a bondade e o romantismo de A. Impossível não compreender Rhiannon e não gostar dela.

É isso que o amor faz: que você queira reescrever o mundo. Que você queira escolher os personagens, construir o cenário, dirigir o roteiro. A pessoa que você ama senta de frente para você, e você quer fazer tudo que estiver ao alcance para tornar isso possível, infinitamente possível. E quando são apenas vocês dois a sós numa sala, você pode fingir que é assim que as coisas são, que é assim que serão. (pág. 151)

E todos levantam bandeiras para falar que quem ama não vê aparência, mas você seria capaz de amar alguém que nunca fosse igual? Você seria capaz de reconhecer o olhar de alguém mesmo que esse olhar estivesse em olhos diferentes? Você realmente não ligaria para os conceitos sociais?

E, num estalar de dedos, o universo fica errado. Num estalar de dedos, toda a grandiosidade parece encolher feito uma bola e flutuar para longe do meu alcance. (pág. 153)

E olha que as questões acima foram somente pensando em um ponto do livro... Com tantas questões na minha cabeça fica fácil entender porque disse no inicio que não gostei, né? É que eu sou do tipo que adora as explicações, mas quem disse que precisa de explicações na poesia? E para mim, é isso que Todo Dia foi... Uma linda e incrível poesia. E das melhores!!!

Tenho que me lembrar de que as pessoas normais também sentem isso: o desejo de pegar um momento e transformá-lo em eternidade. O desejo de ficar assim por muito mais do que realmente vai durar. (pág. 200)

Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Quero muito ler esse romance, parece fanfástico.
    Boa resenha.

    umarcoirisdeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu li em ebook, e ameiiii. Preciso dele na minha estante. =)
    Adorei o A, ele é bem sábio e nos faz refletir bastante.
    Uma pena que sua primeira impressão não foi a melhor.

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho o livro mas ainda não li e sempre escuto as pessoas falarem que é ótimo por isso me surpreendi com sua avaliação inicial. Mas acho que entendi o que você quis dizer e pretendo ler logo pra ter minha opinião.

    ResponderExcluir
  4. Estou querendo ler esse livro porque amei Will & Will e pretendo conhecer melhor o trabalho do Levithan. Sempre escuto falar que o livro é bom e estranhei o inicio da sua resenha mas acho que entendo o que você quis dizer.

    ResponderExcluir
  5. Entendo o que você quis dizer Lica... Eu fiquei com a sensação de que poderia ter mais algumas páginas e explicar melhor o que acontece depois do fim, mas talvez tirasse toda a graça do livro né?
    Eu amei Todo Dia!!!

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo ta falando tão bem desse livro que eu fiquei curiosa,entrou pra minha listinha! ^^

    ResponderExcluir
  7. Eu acho a sinopse deste livro muito interessante, e já vi várias resenhas positivas sobre ele. Mas a sua resenha me deixou meio confusa, parece que o livro ía seguir uma linha e foi por outra... Mas, mesmo assim, tenho vontade deler, e também para conhecer o trabalho do autor, que é super bem falado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Morro de vontade de ler esse livro, já ouvi muitos comentários bons a respeito dele, e olha que eu nem tinha me interessado muito quando vi a capa ou a sinopse.. Parece interessante a temática dele, acho que vou gostar!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Já vi muitas boas críticas que só me deixaram com mais e mais vontade de conhecer esta história!

    ResponderExcluir
  10. A trama deste livro é muito interessante. Já pensou acordar todo dia em um corpo diferente? Loucura!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Eu achei a ideia da historia muito surpreendente, tipo, da onde saiu essa ideia? Tem que ser muito genio kkk esse livro está na minha lista faz um tempinho já.

    ResponderExcluir
  12. otimo livro para se ler,um romance maravilhoso...obrigada pelas dicas de livros,amei seu blog

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras