Garota Online - Zoe Sugg

28/05/2015

Penny tem um segredo.
Com o nickname Garota Online, ela escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida.
Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum.
De repente, Penny percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.
Garota Online é um livro encantador, que traduz exatamente o que significa crescer e se apaixonar na era digital.
"Eu tenho um sonho em que, secretamente, todas as meninas adolescentes se sentem exatamente como eu.
E talvez um dia, quando elas perceberem que todas nós sentimos a mesma coisa, vamos poder parar de fingir que somos alguma coisa que não somos." (pág. 09)

Eu era uma das pessoas perdidas que não conhecia a Zoe Sugg... Sim, acreditem em mim, Youtube não é minha praia, mas desde o início da divulgação do livro por aqui fiquei muito curiosa e querendo ler. Então, fiquei super feliz quando recebi ele pela parceria com o Grupo Record e aqui estou para falar um pouquinho do que eu achei.

Com uma capa muito mais que linda eu estava encantada pelo livro antes mesmo de começar a leitura. Eu esperava tanto... Uma vlogueira escrevendo sobre uma personagem que também tem um blog parecia que renderia uma história muito maior do que a que eu recebi. Depois de tantos clichés e um final morno, nem sei como escrever sobre o livro já que ele me decepcionou tanto.

Penny é aquela personagem sem jeito, com sardas e cabelo vermelho que não é liso e blábláblá, junto a ela tem o melhor amigo gay, a melhor amiga da infância que agora é cruel e o menino bonito que quer saber mais dele mesmo do que de outra coisa. Eu não tenho nada contra clichês em livros, eu até curto, mas todos os personagens clichês e uma história que corre de maneira previsível fez com que faltasse pouco para eu considerar o livro chato.

Eu não conheço o trabalho da Zoella... Não sei como ela escreve, mas em Garota Online faltou alguma coisa a mais... Eu esperava um papel maior do blog na história, esperava que algumas questões levantadas (como os ataques de pânico e ansiedade) fossem mais explorados... Não é que a história é ruim ou coisa assim, ela só é muito fraca. E o fato de o livro ter se tornado um best-seller internacional só me faz pensar que não foi pelo livro e sim pela Zoe. E eu não consigo definir até que ponto isso é certo ou errado. Quer dizer, estamos com uma chuva de livros publicados por blogueiros e vlogueiros e todos eles estão sendo super vendidos, mas a questão é, até que ponto os mesmos livros teriam a mesma quantidade de vendas se tivessem outros autores?

Garota Online pode agradar os realmente fãs da Zoella, ou quem sabe meninas entre 12-16 anos... Eu adoro livros juvenis, mesmo nos meus 30 e poucos anos, mas esse infelizmente não me conquistou a ponto de eu poder dizer que realmente gostei ou de querer dar de presente para alguém. Então, para finalizar, deixo a pergunta: alguém aí que já leu e realmente gostou pode me contar o que foi que eu não vi no livro durante a leitura?

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

4 comentários

  1. Com Certeza é um livro que estou super curiosa para ler, amei a resenha :]

    ResponderExcluir
  2. Também não conheço a autora e adoro livros juvenis, mas depois do que você disse, acho que não estou nada empolgada para fazer a leitura. A história tem potencial pelos temas que aborda, mas parece que poderia ter feito isso de uma forma melhor, né? Que pena.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Lica, eu não li o livro e também nunca tinha ouvido falar da Zoela antes do livro virar febre.
    Eu vi um vídeo dela, não entendi nada, mas é mais um canal como o da Niina Secrets, por exemplo.
    Também esperava mais do livro pelo que li em outras resenhas. Que pena que ele não é tudo isso.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Não conheço a autora e não curto livros juvenis, mas é uma pena que a história não cumpra o prometido já que tem potencial pois aborda muitos temas atuais, só que eu acho que os autores tendem a transformar tudo em um dramalhão só e isso me cansa.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras