Bela Chama - Jamie McGuire

31/01/2017

Ellison Edson chegou ao fundo do poço. Na casa de férias de sua família no Colorado, o comportamento de Ellie finalmente chama a atenção de seus pais, mas não da maneira que ela esperava. Por causa disso, ela é afastada da fortuna da família e obrigada a se virar sozinha. Mas o redemoinho em que Ellie se encontra fica fora de controle, e ela comete um erro grave, que não vai ser capaz de reparar. Assim como Taylor, seu irmão gêmeo, Tyler Maddox é membro da Equipe Alpina de Bombeiros de Elite, combatendo incêndios florestais na linha de frente. Tão arrogante quanto charmoso, o estilo de vida nômade de Tyler torna mais fácil restringir seus relacionamentos a uma única noite. Quando ele conhece Ellie em uma festa durante a baixa temporada de incêndios, a personalidade forte e a atitude indiferente da garota o deixam fascinado. Mas, conforme seus sentimentos começam a se tornar intensos, Tyler se dá conta de que os demônios interiores da mulher que ele ama podem ser o inimigo mais poderoso que qualquer Maddox já enfrentou. Em Bela chama, você vai acompanhar a história quente e chocante de Tyler, o gêmeo Maddox que faltava na sua coleção dos irmãos mais irresistíveis da literatura new adult. E vai entender por que um Maddox é capaz de tirar a mulher amada do fundo do poço e levá-la às alturas.

Ellie é uma menina rica e mimada, que tem tudo o que quer financeiramente, mas lhe falta o verdadeiro carinho dos pais. Tudo o que ela faz é para chamar a atenção, e a solidão que uma vida assim pode dar para uma pessoa é grande, ainda mais quando todos os seus amigos estão na mesma situação. Sua irmã, embora não tenha os mesmos vícios que Ellie também é uma bomba relógio - que não toma as decisões que quer por si mesma e, sempre que pode pensa em se vingar da Ellie. Com uma vida assim, como não chegar ao fundo do poço?

Em um ato de aparente preocupação, os pais de Ellie cortam todas as suas mordomias do dia para a noite. Ela precisa arrumar um emprego e tem 90 dias para sair de uma das casas deles. É uma intervenção das mais radicais - e é claro que ela não daria certo logo de cara. Então, ao se ver sozinha, o que a garota faz? Torra os 900 dólares que tem nas mãos em drogas e bebidas. Quem na situação dela faria diferente?
"- Fin. Eu estou bem.
Ela assentiu.
- Eu sei. Todos estamos até não estarmos." (pág. 37)
Tentando mostrar que pode mudar, mais por orgulho do que por vontade, Ellie acaba arrumando um emprego em uma revista local. Ela começa como ajudante - um cargo que está aberto a mais de um ano - mas logo recebe um pouco mais de responsabilidade por ter um olho bom para a fotografia. A ideia é fazer uma matéria com os bombeiros locais e isso faz com que Ellie e Tyler passem mais tempo juntos. O que poderia ter sido algo forçado, foi muito bem trabalhado, com a garota aprendendo mais sobre os bombeiros, a vida deles e seu importante trabalho.

Jamie aborda um assunto importante - o vício, principalmente em álcool. E embora ela não leve muito a fundo a real causa do problema, é incrível a forma como as consequências estão relatadas e em como é difícil para a própria pessoa assumir que não é fraqueza pedir ajuda. Você pode imaginar que algum dos personagens da série até agora poderia estar 'quebrado', mas Ellie é muito mais do que isso - e pela primeira vez, só o amor pode realmente não ser o bastante.

O livro era para ser do Tyler, mas ele é praticamente um coadjuvante em sua própria história. Isso não quer dizer que ele não cumpre o seu papel e nem que ele não tenha tempo para fazer com que você o compreenda e se apaixone por ele. Como todo Maddox, o cara parece estar atrás de problemas e da pior garota possível - e o fato de Ellie ser malvada e cruel com ele só faz com que ele a queira mais e mais por perto.

"Ele era tão excessivamente confiante que meus insultos não o desanimavam. E arrogante demais para acreditar em mim." (pág. 96)
O primeiro encontro do casal acontece ao melhor estilo "Travis & Abby". Tyler está em uma briga, Ellie o vê e aposta nele. É claro que um Maddox nunca entra em uma briga para apanhar, então logo no primeiro capítulo temos uma cena de luta que termina com o casal no quarto principal da casa, tendo alguns momentos quentes - e a promessa de que nenhum dos dois irá ligar no dia seguinte. Aham, claro que a gente acredita!

A química entre os dois não é forçada, ela existe e eu adorei o fato de a Ellie não estar nem aí para o que os outros pensam em muitos momentos, principalmente quando a questão é a sua sexualidade. Ela sabe o que quer, o que gosta e não se faz de santa. Os dois tem um passado de galinhagem, e deveria ser mais normal ouvir caras dizendo coisas como 'se você for uma galinha então eu também sou'.

"Dei mais um passo, abrindo caminho para chegar perto do meio. Eu nunca o vira, mas parecia que ele seria meu próximo erro." (pág. 11)
Acontece que, assim como Ellie não está preparada para assumir que tem um vício, ela também não está preparada para um relacionamento. Ela insiste em dizer que só fará mal para Tyler, que todos que se aproximam dela apenas se machucam e mais do que o problema com álcool, ela tem um problema com ela mesma - de não ver valor em si mesma. Só depois de muita insistência de Tyler, ela aceita que eles podem ser amigos, mas não podem ter alguma coisa. Ellie sente que é melhor nem começar algo que com certeza irá terminar por culpa dela.

Mas Tyler é paciente e maduro o bastante para não sumir na primeira dificuldade. Ele percebe que Ellie tem um prolema e quer ajudar, quer estar ao seu lado e ser todo o apoio que ela precisa. Tyler sabe que não será fácil, mas como bom teimoso que é, ele não tem medo de desafios e nem de ver o lado feio se isso significar que também verá o lado bonito - que ele sabe que Ellie tem, assim como ela sabe que ele não é só um corpo bonito com cara de mau. Mas sabe aquela história de que água mole em pedra dura tanto bate até que fura? Com todas as atitudes de Ellie, eu achei que ele demorou muito para realmente se irritar e explodir (mas diferente do irmão gêmeo, quando isso acontece ele não corre para outra mulher por não poder ficar um tempo sem sexo!).
" - Eu seria muito, muito ruim para você.
- Que nada - disse ele, me dispensando com um aceno. - De qualquer maneira, sou adulto. Eu aguento.
- Não preciso que você me salve. Eu cuido disso." (pág. 139)
Como aconteceu com Travis e Abby, os dois brigam e se machucam, mas não conseguem ficar longe um do outro pois eles se completam, e um faz o outro querer ser melhor - mesmo que não percebam isso tão fácil. Tyler tem todas as características que se espera de alguém que se apaixona por quem tem um problema sério - ele pode não saber o que está fazendo, tanto que comete alguns erros (como levar uma alcoólatra para um bar), mas ele está realmente tentando ser melhor, está realmente interessado em seguir em frente juntos, pois não é um cara que desiste. E a gente já sabe que quando um Maddox se apaixona é para sempre.

Taylor aparece bem mais nesse livro do que Tyler no do irmão - e eu ri muito com a confusão que acontece nos fundos da revista onde Ellie trabalha quando ela confunde os dois irmãos. É bem mais interessante do que quando a Falyn confunde os dois no bar no livro anterior - e a cena é citada e rende uma coisa legal na história. Isso me lembra como eu gosto da forma como a história é interligada entre todos os livros, e foi ótimo rever mais dos outros personagens. Se bem que fiquei me perguntando se me lembrava direito dos acontecimentos ou se aconteceu mesmo um erro de continuação - mas não é nada que importa ou interfere muito na história.

"Eles não sabem fazer nada pela metade, e amar alguém não é exceção." (pág. 253)
Bela Chama é o livro que mais gostei da série dos Irmãos Maddox. Ele tem um assunto sério que foi tratado de forma leve - mas sem simplificar ou diminuir o problema - tem um casal apaixonante onde os dois são interessantes e os dois crescem e aprendem com seus erros, tem romance e cenas quentes na medida certa e não é um livro que me deixou com a sensação de que estou indicando por ser um Maddox. É um livro encantador que vale muito a pena ser lido. E isso me fez ficar um pouco triste com o final. É que ele não me pareceu um fim, somente o término de um dos capítulos e a ausência de um epílogo me deixou esperando por um pouco mais de Tyler e Ellie - eles tiveram um bom final, mas mereciam mais. Agora, nem isso me fez gostar menos do livro (ou não classificar ele com 5 estrelas se eu fosse de dar estrelas).

Esse era para ser o último livro da série, mas fico contente em ver que não é já que não tem como a série terminar da forma que terminou - e já sabemos que teremos uma continuação para a história do Trenton e da Cami. Ainda não sei o que esperar de Beautiful Funeral, mas já conto os dias para ter ele por aqui. Para aplacar o sofrimento e a saudade desses garotos, Algo Belo (que conta a história de America e Shepley) já está em pré-venda.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

17 comentários

  1. Com certeza os livros da Jaime são tentadores. Tenho Belo Desastre mas tá lá pra ler a um tempão. Tenho um pouco de receio...
    Interessante abordar vicios no livro, pela personagem ter problemas em.casa me pareceu evidente, mas sempre é bom falar sobre os perigos.
    Quem sabe uma hora dessas eu leia sobre os Maddox

    ResponderExcluir
  2. Menina, tu acredita que eu tenho o primeiro livro dessa série, mas nunca comecei a ler. Eu sempre soube que existia essa história de Maddox, mas eu nunca soube sobre o que realmente tratava. E gostei bastante do livro abordar o tema como vício e uma relação complicada que filhos e pais podem ter, e de como não é tão simples curar ou sair disso. E tem mais livro chegando? Que o autor se inspirou mesmo rs.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha me encantou!
    Pelo que pude perceber, se trata de uma série, não é?
    Bom, eu gostei do assunto que o livro aborda, o vício, e a forma como você falou sobre isso me fez ficar muito curiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Li Belo Desastre já faz anos, e como apareceram muitos livros na minha lista, deixei os outros irmãos Maddox no esquecimento rsrs. Mas sua resenha reacendeu meu interesse. Fiquei bem curiosa para saber como o vício do alcoolismo é tratado na história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi.

    Eu ainda não comecei a ler essa série. Mesmo tendo amado Belo Desastre. Tenho o primeiro livro dos irmãos Maddox no aplicativo do Kindle, mas ainda não consegui ler. Até comecei, mas não consegui terminar. Vou tentar fazer isso esse mês agora.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu li os dois primeiros livros e amei!
    Confesso que quando vi que a autora não parava mais de lançar livros da série, entrei em pânico kkkk Porque o que eu mais tenho na minha vida, são leituras incompletas de coleções ><
    Adorei a sua resenha. Me deixou ainda mais curiosa a respeito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Aline tudo bem, eu adoro as histórias dos irmão Maddox e preciso terminar de ler o anterior de Bela chama para me situar na história, mas pelo visto a história desse é bem legal, curiosa para saber como é o desfecho. Bjkas

    ResponderExcluir
  8. SE eu fosse ler, seria a titulo de curiosidade pra saber como a temática do álcool foi abordada pela autora,mas a premissa em si não me despertou interesse...
    a capa dele é bonita, amei esse detalhe das árvores ao fundo...
    a série como um todo não me chamou a atenção...
    bjs...

    ResponderExcluir
  9. ai como eu amo esses irmãos <3 Parei no bela redenção mais pretendo esse ano volta a ler e muito amor envolvido <3 e essa capa e uma das mais lindas.

    Bjss
    https://estantedasara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da autora nem dessa série, confesso que às opiniões divididas me deixam indecisa se leio ou não. Mas gostei de conferir suas impressões e já que gostou tanto mais um livro só vem aumentar sua felicidade. Sinto isso com Abbi Glines, ela pode lançar mil livros e eu leio todos.
    Enfim parabéns pela leitura.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  11. Olá Lica!
    Dessa série eu só li o primeiro livro, mas tenho até o terceiro. Esses irmão são de tirar o fôlego e pelo visto esse livro não foi diferente. Achei muito legal a autora aborda o vício em álcool e como uma pessoa pode superar.
    Esse livro está entre os meus desejados.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. OOi!
    Sou louca para ler algo da autora!!! As duas séries parecem ser incríveis. Muitas pessoas já me indicaram essa, dizendo ser maravilhosa. Então, morro de vontade de conhecer esses irmãos. Sua resenha aumentou ainda mais minha curiosidade!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  13. OOi!
    Sou louca para ler algo da autora!!! As duas séries parecem ser incríveis. Muitas pessoas já me indicaram essa, dizendo ser maravilhosa. Então, morro de vontade de conhecer esses irmãos. Sua resenha aumentou ainda mais minha curiosidade!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Aline.

    Sua resenha me encantou! Ainda mais porque eu adoro as histórias dos irmãos Maddox e confesso que ando deixando eles um pouco de lado. Tenho esse livro e não li. Entrou na meta de leitura preciso conferir o que tem neste livro. Fiquei bem curiosa!

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Tenho o livro belo desastre em casa mais aí da não comecei para ler .
    Tenho certeza que quando pegar para ler vai ser uma leitura muito boa .

    ResponderExcluir
  16. Olá, tenho bastante curiosidade de ler a série, parece ser ótima e cada dia lançam um novo volume. Adorei sua resenha...parabéns!

    Beijokas da Quel ¬¬

    ResponderExcluir
  17. Gente, eu amo essa autora, tinha parado no livro três dos irmãos, e já to louca para ler esse, são tantas emoções e sofrimentos nessas histórias que é mto bom acompanhar junto! Parabéns pela resenha, fiquei curiosa e feliz de saber que foi o que mais gostou! Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras