O menino feito de blocos - Keith Stuart

02/01/2017

Uma história sobre um pai e seu filho autista, e sobre um jogo que mudou suas vidas. Alex ama sua família, mas tem dificuldade em se conectar com Sam, o filho autista de oito anos. A tensão crescente da rotina leva seu casamento ao ponto de ruptura. Jody não aguenta mais o marido ausente e que pouco participa da vida do filho. Então Alex vai morar com o melhor amigo, e passa a dormir no colchão inflável mais desconfortável do mundo. Enquanto Alex enfrenta a vida de homem separado, cumpre a função de pai em meio-expediente e é confrontado com segredos de família há muito enterrados, seu filho começa a jogar Minecraft. E o que acontece depois disso é algo que nem Alex, nem Jody, nem Sam poderiam imaginar. Inspirado no relacionamento do autor com seu filho autista, O menino feito de blocos é um livro emocionante, engraçado e verdadeiro sobre o poder da diferença e sobre um menino para lá de especial.


**************************

Olá, pessoal! FELIZ 2017! 
Meu ano já começou com uma leitura super bacana que eu tenho o prazer de resenhar para vocês: conheçam "O Menino feito de blocos".
Quando o livro caiu nas minhas mãos, sem ler a sinopse, fui logo ficando curiosa pra saber do que se tratava..... e grande foi a minha surpresa.

Alex é o pai de Sam, um menino autista que está tendo problemas além dos quais já tem que enfrentar por causa do autismo: seus pais estão dando um tempo no relacionamento, ele talvez precise mudar de escola e se sente incompreendido quase o tempo todo, o que faz com que o menino tenha sérios problemas de comportamento. Sabe quando a gente fica na dúvida sobre o limiar do comportamento humano e do autista? Assim eu fiquei.

Alex está também numa sinuca de bico: está fora de casa por causa do tempo que está dando com Jody, morando na casa de um amigo muito bem sucedido - o que faz com que ele se sinta um lixo - num emprego que odeia e com problemas sério de relacionamento com seu filho Sam.  

O que mais poderia estar errado? Bom, ele perder o emprego - o que pode ser sua salvação - e sua ex- esposa arrumar um emprego. Jody, que se dedicava integralmente ao filho autista, agora vai deixar Sam com o pai desempregado, Alex. Mas como Alex poderia criar um laço com seu filho, que ele mal compreende? 

"O mar parece que não acaba nunca. Mas ele acaba. no fim tem sempre uma ilha ou um país, mas pode ser que você não encontre nenhum dos dois. Aí você afunda e se afoga. "
Eis que muito vagarosamente, este pai descobre por acaso que há algo que pode unir ele e o filho, e vocês conhecem muito bem o que é: o jogo febre mundial Minecfrat. Em meio a escavações, construções de castelos, torres e muitas minas, Alex consegue estabelecer um vínculo lindo com seu filho, e vemos a evolução de Sam, ao seu jeito. 

Não posso contar mais pra não dar spoilers, mas trata-se de um livro lindo, e pra quem quiser saber, baseado em fatos reais. Sim, Keith é um pai que descobriu que seu filho autista era um ás em Minecraft e se aproveitou disso para que pudesse ter um melhor relacionamento com o filho. 

Indico o livro para aqueles que gostam de finais felizes e verdadeiros. 
Um abraço, e boas leituras em 2017!

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

37 comentários

  1. Olá,
    Recentemente eu recebi esse livro e ainda não tive oportunidade de ler, mas fiquei extremamente curiosa. Parece ser um livro muito lindo e trata de um assunto que muitas pessoas ainda não sabem como lidar, que é o autismo. Gostei bastante da sua resenha.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Tenho visto muitas resenhas positivas sobre esse livro e fico cada vez mais interessada em o ler. A trama parece ser muito comovente e achei o uso do minecraft como forma de aproximação entre pai e filho uma ideia bem peculiar. Quero muito saber mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Fabi!
    Difícil para uma família ter um filho com necessidades especiais.
    E fiquei admirada em saber como o pai consegue uma conexão com o filho através do jogo, imagino o quanto ele deve ter se realizado.
    Gostaria de ler o livro.
    “Ano Novo!
    Um novo ano começou, e assim, eles passarão: um a um… São mais 365 dias... Novas outras 365 oportunidades de fazer diferente! Fazer melhor, fazer mais, em alguns casos, fazer menos… Espero que ao final desse tempo, possamos contabilizar quantas estrelas fizemos brilhar…” (Desconhecido)
    FELIZ 2017!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Muito bacana quando um livro realmente surpreende... Parece ser uma obra bem interessante! Ah, e parabéns pela resenha! : )

    ResponderExcluir
  5. Oie

    Primeira resenha que vejo do livro.
    Já gosto de histórias com personagem autista, mexem comigo e agora sabendo que é baseada em fatos reais, quero mais ainda ler.
    Só a capa que não gostei muito mas acho que mesmo da história.

    bjs
    Fernanda Y.
    Pacote Literário

    ResponderExcluir
  6. Livros baseado em fatos reais, é uma boa, o leitor pode ter um aprendizado e tanto com a história. E como há aquele ditado: "há males que vem para o bem", a vida de Alex ter virado de ponta a cabeça, é um sinal que ele deveria dar mais atenção e conhecer mais o seu filho. E que bom, que um jogo conseguiu fazer com que eles criassem laços. Adorei ao livro, com certeza vou procurar ler.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  7. Oi. Esse foi um livro que me deixou muito curiosa para ler. Fiquei pensando muito se solicitava a Editora, mas no final, acabei pedindo outro. Ainda quero ler, pretendo fazer isso nos próximos meses. Tenho certeza que vou amar.

    ResponderExcluir
  8. Que capa demais! Nunca tinha ouvido falar dessa obra... Não posso falar muito do que achei, pois você apenas falou da história e não passou sua opinião, mas mesmo assim quero muito ler.

    Parabéns.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  9. Que resenha bacana, adorei a capa e o tema, muito importante! Parabéns!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu fiquei bem curiosa em relação ao titulo do livro, e não sabia que se tratava de uma história de relacionamento entre pai e filho, mas lendo sua resenha, este livro parece ter uma história muito bonita e bem emocionante, sem dúvidas pretendo ler este livro.

    ResponderExcluir
  11. Oi Fabi,
    Primeiramente tenho que dizer que Rapazão mais lindo (presumo que seja um gato)
    e na sequência digo que tenho lido resenhas maravilhosas desse livro, todas assim como a sua elucidam uma história tão legal que sem dúvidas eu quero muito ler.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  12. Oii, gostei da sua resenha e não sabia qual era a história desse livro. E tenho que dizer que gostei muito da mesma. A história parece ter uma questão emocional muito forte né?? Estou curiosa em lê-lo.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Desde a primeira vez que vi algo sobre este livro achei interessante. Hoje confirmei todas as minhas expectativas. Primeiro tenho que dizer que sua resenha está muito linda. Gostei da objetividade do texto falou o necessário e ainda me deixou com uma grand e vontade de correr logo para ler o lvro e matar a curiosidade! Valeu mesmo pela dica!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Que gato mais lindo!
    Recebi este livro mês passado e preciso ler, creio que será uma leitura que vá me agradar apesar de sair da minha zona de conforto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Vendo pelo título não dava nada pelo livro, mas lendo sua resenha ele passa a fazer todo o sentido. A história deve ser muito emocionantes, e fiquei com muita vontade de conhecer, ainda mais por que tenho caso de autismo na família

    ResponderExcluir
  16. nossa, não sabia que era baseado em fatos reais ^^
    deve ser uma leitura intensa e tocante, ne?
    quem diria que Minecraft teria esse poder de unir pai e filho???

    bjs...

    ResponderExcluir
  17. Heyy Fabi, tudo bem xará?
    Eu não conhecia esse livro, e sinceramente não me chamou muito a atenção. Sua resenha apesar de bem escrita e muito chamativa também não me convenceu. Acredito que é o estilo do livro mesmo que não me agrada. Fico feliz que você tenha curtido a leitura. No aguardo das suas próximas dicas. beijos

    ResponderExcluir
  18. Oie, eu também li este livro e foi uma agradável surpresa. Não entendo nada de videogame e ver como o jogo ajudou o pai a compreender o universo do filho foi algo tão delicado que não teve como não se apaixonar por ele. Feliz 2017! Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Nunca imaginei que Minecraft pudesse servir para melhorar um relacionamento desse jeito! Espero que também tenha ajudado com o comportamento do garoto. Deve ser uma história interessante, principalmente por se basear em fatos reais, mas sinceramente não é meu tipo de leitura.

    ResponderExcluir
  20. Eu já tinha visto a capa do livro antes mas não sabia do que se tratava e é realmente interessante. Gostei da resenha e fiquei super curioso para ler a obra.
    Beijo. Feliz 2017!

    ResponderExcluir
  21. Um dos meus colaboradores resenhou esse livro no blog e achou maravilhosa a leitura. Ainda não tive a oportunidade de fazer a leitura, mas está na lista de livros que eu quero conhecer.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Já tinha visto outras resenhas sobre esse livro e estou cada vez mais curiosa para lê-lo. É legal saber que uma história tão bonita quanto essa é baseada em fatos reais. Que bom que começou o ano com tudo!

    Abraço,
    http://subscrevendome.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Adorei a capa do livro e o titulo também, ainda mais de se tratar de um assunto fascinante como o autismo, gosto muito de saber mais sobre a mente de pessoas que são assim, então com certeza leria o livro

    ResponderExcluir
  24. Helloo, tudo numa nice?!
    Ah, já tinha visto esse livor antes, mas não tinha lido resenha alguma. Adorei conhecer a estória e fiquei realmente curiosa. Já estudei sobre autistas e fiz até um artigo, e o assunto é bastante interessante, e acima de tudo, importante para conhecermos o mundo que crianças autistas vivem. Quero ler esse livro!!
    Beijin...

    ResponderExcluir
  25. oie, esse livro tem me despertado um forte interesse, mas eu ainda não havia acompanhado nenhuma resenha dele, e adorei conferir a sua e saber que você gostou tanto da história e que ela tem um final feliz. Adoro livros que se baseiam em histórias reais e esse é um dos principais motivos de esse livro me chamar tanta atenção.

    ResponderExcluir
  26. Oi, Fabi!

    Eu tenho certeza de que esse livro é lindo, mas não é pra mim, não.
    Eu não gosto de livros desse tipo, mexem demais comigo.
    Essa dica eu vou deixar passar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Oi, Fabi!
    Eu sinceramente ainda não havia parado para saber exatamente do que o livro se tratava-se, mas mesmo pelo título também não deduzi que envolvia Minecraft. Interessante isso de o jogo ter ajudado a unir mais pai e filho, ainda mais se é baseado na realidade do autor, e deve ser uma leitura bem familiar por isso. Não é bem o que me chama a atenção, então é uma dica que irei deixar passar, mas que bom que você gostou!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
  28. Fabi, tudo bem?

    Estou com esse livro aqui na minha lista, desde seu lançamento. Já estava curiosa só pela capa, agora depois de saber que é baseado numa história real, minha vontade de lê-lo aumentou.
    Adoro obras que falem sobre o espectro autista e sua repercussão na vida das pessoas. Costumam ser obras de muita sensibilidade, capazes de acrescentar muito à nossas vidas.

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  29. Tenho lido diversos elogios sobre essa trama. Deve ser uma leitura muito emocionante e reflexiva. Li poucas obras que tratassem sobre o autismo, então estou muito curiosa para ler. Achei a trama linda, recebi da editora e não vejo a hora de ler.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  30. Não conhecia esse livro e jamais imaginaria a sua tematica, saber que é inspirado em algo real agrega demais. Parece uma história comovente e com grandes lições que talvez até ajude pessoas em situações parecidas. Adorei a resenha :D

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  31. Olá,
    Esse livro já está na minha lista de desejados, mas não conhecia nada da história. Apenas gostei muito da capa e achei o titulo sugestivo. Agora sim, sei e não mudo minha opinião. Nunca li um livro com protagonista autista, e anseio por esta oportunidade, afinal, deve ser um livro amplo e bem definido.
    Adorei a dica e achei a resenha show.
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Apesar de já ter lido algumas resenhas desse livro, você me trouxe uma informação nova, que foi saber que é baseado em algo real. Agora mesmo que quero ler, sentir essa emoção e me sentir envolvido da maneira que você foi.

    ResponderExcluir
  33. Eu estou louca para ler esse livro e poder conferir o que tem chamado a atenção de muita gente. Achei muito linda a forma que o pai acha para se aproximar do filho. A prova que vídeo games podem servir para algo. Amei sua resenha e a emoção por trás dela. Beijos

    ResponderExcluir
  34. Oie
    eu amo leituras que retratam sobre doenças e espero com certeza ler esse em breve pois já o tenho aqui, gostei da resenha e só tenho visto muitos elogios então minhas expectativas estão muito grandes

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Olá, tudo bem? Encontro opiniões bem divididas sobre esse livro, por isso não sei o que esperar. Adorei a sua resenha e ela me deu uma expectativa alta, mas ainda não sei mesmo se quero lê-lo. Quem sabe futuramente?
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. Olá.

    Eu já li várias resenhas positivas sobre esse livro e estou muito ansiosa para poder conferir a leitura. A premissa é maravilhosa e amo histórias com finais felizes. Fico feliz que vc tenha gostado da leitura e espero ler em breve. Amei!

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  37. Olá,
    Eu recebi esse livro recentimente também e fiquei bastante curiosa. Ainda não tive como ler, mas já li várias sinopses dele e, nossa, parece ser incrível. Até mesmo para entendermos como é o comportamento de autistas.
    Um beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras