Diga aos lobos que estou em casa - Carol Rifka Brunt

01/10/2014

1987. Só existe uma pessoa no mundo inteiro que compreende June Elbus, de 14 anos. Essa pessoa é o seu tio, o renomado pintor Finn Weiss. Tímida na escola, vivendo uma relação distante com a irmã mais velha, June só se sente “ela mesma” na companhia de Finn; ele é seu padrinho, seu confidente e seu melhor amigo. Quando o tio morre precocemente de uma doença sobre a qual a mãe de June prefere não falar, o mundo da garota desaba. Porém, a morte de Finn traz uma surpresa para a vida de June – alguém que a ajudará a curar a sua dor e a reavaliar o que ela pensa saber sobre Finn, sobre sua família e sobre si mesma. No funeral, June observa um homem desconhecido que não tem coragem de se juntar aos familiares de Finn. Dias depois, ela recebe um pacote pelo correio. Dentro dele há um lindo bule que pertenceu a seu tio e um bilhete de Toby, o homem que apareceu no funeral, pedindo uma oportunidade para encontrá-la. À medida que os dois se aproximam, June descobre que não é a única que tem saudades de Finn. Se ela conseguir confiar realmente no inesperado novo amigo, ele poderá se tornar a pessoa mais importante do mundo para June. "Diga Aos Lobos Que Estou Em Casa" é uma história sensível que fala de amadurecimento, perda do amor e reencontro, um retrato inesquecível sobre a maneira como a compaixão pode nos reconstruir.

*****

Todos temos aquele amigo especial, sabem? Aquele em que você se sente bem quando ele está por perto, que te apoia a ser você mesmo, o tempo todo. Pois bem, para June, esse era Finn. Só há um problema: ele está morrendo. Finn é um artista plástico que viajou o mundo e que sempre partilhava tudo o que havia aprendido com sua afilhada June. Ela, uma garota de 14 anos que tem uma relação complicada com a irmã, com os poucos amigos e com seus próprios pais. 

Sempre muito apegada ao tio, as pessoas se perguntam se, na verdade, ela não está realmente apaixonada por ele. E daí, June vai descrevendo tão bem seus sentimentos, que o leitor realmente divaga nesta dúvida: será que o carinho dela pelo padrinho, é, somente, um carinho especial, ou há algo mais que nós não saibamos? É uma relação que não dá pra adjetivar, sem dúvidas.

Então, acontece o esperado, Finn morre por conta do agravamento da sua condição como aidético, e tudo o que une agora a família Weiss, é um retrato pintado pelo tio Finn, das duas irmãs, Greta e June. Desolada pelo fato de não ter mais seu porto seguro, ela começa a percorrer uma ladeira abaixo, tentando ficar o mais próximo de seu tio: analisando o quadro que ele pintara, recebendo alguns objetos por ele deixados, objetos esses, que lembram momentos vividos ao lado de seu amado tio.

Eis então que surge Toby, o tal " amigo especial de Finn", ou seja, o seu namorado. Até então, June não sabia da existência dele, mas aos poucos, ele vai se aproximando dela, a pedido de seu falecido amor. June percebe então, que Toby é a cola que faz todos permanecerem unidos, e que ele é a lembrança mais real que ela pode ter do seu tio. Aidético também, Toby tem de lidar com uma série de questões, que na época dos anos 80, eram muito delicadas. E aos poucos, nossa protagonista vai descobrindo que talvez, Finn só fosse aquele cara especial por conta de Toby, o que a deixa confusa.

O livro é simplesmente apaixonante, em suas reflexões, em sua narrativa e em seu enredo. Gostei muito do modo como a autora conduziu os fatos e principalmente, das frases de impacto que ela escolheu. É aquele tipo de livro que faz a gente pensar o que realmente vale a pena na vida. O livro é cheio de mistério, e sim, eu não consegui parar até chegar ao fim, e quando cheguei ao fim, fiquei tomada por um vazio que somente esses personagens poderiam preencher.

Um abraço pessoal! 

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

17 comentários

  1. Fabi, que surpresa mais que emocionante foi ler sua resenha e descobrir do que realmente se tratava esse livro. Nunca dei uma chance a ele, pq não gostei da capa (olha o preconceito..rsrsrs) e da premissa... Foi muito bom ver que o livro aborda uma história mais completa com personagens bem construidos que nos instigam a querer ler mais e mais do livro pra saber o desenrolar da trama. Parabéns pela excelente resenha e obrigada por mudar minah visão sobre o livro. Com certeza vai pra lista dos desejado.
    bjs e fique com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim aline... .bm fiquei meip assim qdi vi a capa... mas o livro é muito bom. .bju

      Excluir
  2. Sou mais uma das que não compraria o livro só pela capa e pelo titulo, rsss. Nunca imaginaria que fosse um livro tão bom, pelo que entendi, trata a questão do luto, de amizade, é isso ?
    Adoro esses livros que quando terminam, a gente fica olhando pro vazio e tentando aceitar determinadas coisas.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei surpresa porque pela sinopse eu não tinha me interessado tanto pelo livro mas eu adorei a resenha, parece ser um lindo livro de superação e amizade, quero saber da historia de June

    ResponderExcluir
  4. Eu imaginei que fosse uma boa pedida o livro, mas não assim...
    Frases de impacto e fazer pensar na vida? Gostei e estou querendo ler agora ainda mais :)

    ResponderExcluir
  5. Eu também não dava nada para esse livro, mas após a sua resenha Fabi, mudei de opinião, rsrsrsrs. Uma história comovente!!!

    ResponderExcluir
  6. Não é muito meu gênero, mas me surpreendi com a resenha, não achei que o livro fosse assim, apaixonante por vários motivos, espero ter a chance de ler, além de que tem um tema bem forte.

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser realmente interessante. Gostei da tua resenha e definitivamente irei ler este livro.
    Beijos

    http://closetsecretodoeddie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mais um livro que não lembro de ter chamado minha atenção e que agora depois de ler a resenha fiquei curiosa.
    Entrou para a lista!

    ResponderExcluir
  9. Eu não gostei da capa desse livro e isso fez com que eu nem ligasse muito para ele. Mas sua resenha me fez ficar surpresa, nunca que imagina ser um livro assim...

    ResponderExcluir
  10. Legal pessoal... acho muito interessante isso... também achei a capa super estranha, mas recomendo a leitura, digo que a mesma me surpreendeu positivamente!

    ResponderExcluir
  11. Como já ouvi dizer, os melhores romances se resumem em dois temas, amor e morte, pois ambos trazem novas descobertas, amadurecimento, e dor é claro. A capa realmente diz muito sobre o livro, que é o bule que ela recebeu da pessoa que ela tanto amava, mas que morreu, mas essa morte uniu ela a outra pessoa, deve ser legal ela se entender em tudo isso.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Fabi.

    Juro que via esse livro e nunca imaginei que ele era assim tão profundo. :O
    Fico imaginando June e sua perda. E como ela vai conseguir deixar alguém entrar em sua vida. Fiquei bem curiosa quando a direção que o livro toma e esse amadurecimento da garota. Parece ser uma leitura que te faz pensar bastante nesses relacionamentos familiares que nem sempre são ótimos. Deve ser uma leitura bem proveitosa.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Eu comprei o livro so esperando chegar rs,
    eu to bem ansiosa pela leitura dele, o livro parece ser bom. Eu gosto quando um livro me faz refletir sobre relacionamentos não so amorosos mas em familia, quero ler logo, espero que não demorem pra entregar meu livro rs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Tenho uma vontade enorme de ler esse livro, mas não sabia que o enredo é tão profundo e que fizesse refletir sobre relacionamentos.
    Só não entendi muito bem o que a capa e o título tem de relação com o enredo. Mas acho que isso só vou descobrir lendo. rs

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro

    ResponderExcluir
  15. Quando vi a capa e o título desse livro, imaginei uma trama completamente diferente do que é. Mesmo assim, gostei. Me parece que a autora trabalhou bem esse tema tão complexo, e soube envolver os leitores com esses conflitos profundos que as personagens estão passando. Quero ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras