Não é só uma história de amor - Mariana Sampaio

19/12/2016

Heeey gente! Tudo bem por aí? 
Espero que o fim de ano de vocês esteja sendo abençoado! 
Para animar mais ainda, trouxe a resenha de um livro maravilhoso, o primeiro de uma autora nova, que tem tudo para bombar!


Quando Laura acordou naquela manhã de sexta-feira, tudo o que ela pensava era em curtir o fim de semana em Ubatuba. Mas o que ela estava prestes a descobrir é que a vida está sempre pronta para nos surpreender. Uma série de eventos inesperados começa a acontecer em cadeia após a revelação do grande segredo de sua mãe. Confusa e sem saber lidar com a informação, Laura inicia uma jornada que se divide entre fuga e o redescobrimento de si mesma. Como se não bastasse seu drama pessoal, seus caminhos sempre se cruzam com os de um misterioso rapaz, como se o destino quisesse lhe pregar uma peça. Não é só uma história de amor nos brinda com a trama de duas mulheres e um segredo em que o passado da mãe se choca com o presente da filha. O romance de estreia de Mariana Sampaio intercala pontos de vista que, ainda que estejam separados pelo tempo, mostrarão que mãe e filha não são tão diferentes assim.

Laura é uma mulher de 25 anos que trabalha na mesma emissora de televisão que seu melhor amigo Roberto (Beto). Acostumada com a vida que leva já aa algum tempo em São Paulo, ela vem pensando em viajar, se divertir mais, porém  há motivos para isso, não é mesmo? Errado. Num dia para ser como qualquer outro, aliás, era para ser mega especial, já que Beto iria estrear como o garoto do tempo, Laura ficou de passa na casa do amigo para irem juntos para o trabalho. Ela acordou atrasada, ele estava ansioso, mas Laura chegou a tempo na casa de Beto. Ele, meio inseguro, principalmente com o que as pessoas achariam dele e com medo de que notassem e repugnassem sua homoxessualidade, diz para a amiga que tem a sensação de algo vai dar errado. Ela como uma pessoa alto-astral diz:

   " - Mas o que é que pode dar errado? Você sempre foi tão caxias! Decorou as capitais de todos os estados no quinto ano!
  - Mais ou menos. Eu ainda confundo as capitais de Roraima e Rondônia.
  - Relaxa. Vai dar tudo certo. Vamos fazer nossa brincadeira?
  - Que brincadeira?
  - Eu ligo o rádio. Se estiver tocando uma música alegre, é porque tudo vai dar certo. Se for uma música triste é porque as coisas vão ser um desastre total - disse Laura ao mesmo tempo que ligava o rádio do carro. Na FM, tocava um sucesso de Renato Villaça, um cantor de rock das antigas. Laura cantarolou efusivamente uma letra que dizia que a vida era boa."

A partir desse momento exclusivo, tudo muda. Laura bate o carro. Nada grave. Porém ela se depara com um motorista ignorante. E que segundo ela até poderia ser bonito, se não fosse tão rude. A estreia de Beto também foi um fracasso, Zuleika, uma colega de trabalho, muda o texto que passava para Beto ler e ele acaba pagando de doido. Em compensação vira um dos vídeos mais vistos e compartilhados da internet. Laura vendo que sua previsão de que as coisas seriam boas, na verdade deu errado, pede demissão e encoraja Beto a fazer o mesmo para que eles possam viajar um pouco.


E assim eles fazem. Primeiro destino: Barcelona, na Espanha. E lá além de se divertir e tentar se encontrar, Laura consegue uma chance de se apresentar como DJ. Na tarde em que isso ocorreria ela estava na praia, com  Beto que agora era uma estrela do Youtube, quando viu um rapaz magro queimando, literalmente, no sol. Ela foi avisá-lo para o caso de ele ter dormido. Quando recebe uma resposta ignorante percebe que é Júnior. As coisas não poderiam ser mais engraçadas. Nesta mesma noite, ela se apresenta e todos adoram as mixagens dela, Júnior segue ela até lá e tenta conversar sem ser agressivo. E até se torna gente boa nesse caso. Os dois tem algumas coisas em comum e tem um papo bacana. Rola mais alguma coisa também. Isso é comprovado quando eles acabam passando a noite juntos. Porém quando ela acorda na manhã seguinte ele foi embora.  Confesso que até certo ponto achei a história um pouco mecânica, sem nenhum aprofundamento. A autora tem um roteiro incrível, início meio e fim bem elaborados, mas eu esperava por um clímax na história e ele não apareceu. De qualquer forma, não é um enredo ruim, é uma leitura calma, distrativa e muito gostosa.

Laura até tenta procurar, mas não consegue. Tirar ele da cabeça então, parece impossível. Ela e Beto partem para Amsterdã, a essa altura o trabalho de Laura já é um sucesso com direito a matéria de uma página inteira numa renomada revista. Quando ela toca pela segunda vez em Amsterdã, jura que viu Júnior em meio as pessoas. Mas não o encontra.

Percebendo que estava fugindo de um grande problema, que era seus pais, e talvez um novo pai, ela e Beto voltam por uma semana a Santa Rita do Pinhal, cidade natal dela. Estando lá é convidada a tocar na festa de casamento da filha do prefeito, Heleninha. Durante toda a história, é um pouco mesclada com partes onde a mãe de Laura conta algumas coisas que acabam explicando muitas outras. Acaba mostrando também que as duas são bem parecidas. Desde a dúvida sobre quem era o pai de Laura, eu torci para que fosse Pedro, o cara quem ela sempre achou que fosse seu pai. Quando vocês lerem vão entender o porquê. E garanto que vão ter que ler para saber quem é o pai. Hahaha.
Depois de tudo resolvido ela vai a cerimônia de casamento para ir de lá direto para a festa, onde iria tocar. Quando entra na igreja e vê quem é o noivo, ela quase morre. (outra coisa que vão ter que ler para saber).

O livro de estreia de Mariana Sampaio, me chamou atenção pela capa e pela sinopse. Eu esperava um pouco mais da leitura, talvez por estar acostumada a coisas mais elaboradas. Senti falta de um laço maior com as personagens, de um pouco mais de aprofundamento na história e nos detalhes, o que deu aquele ar de mecanismo que mencionei. Mas Mariana tem potencial para boas história, uma escrita maravilhosa e moderna que pede mais com certeza. Espero ter oportunidade de ler mais coisas dela.

E aí? O que acharam? Contem para nós aqui embaixo nos comentários!
Espero que vocês tenham gostado e que partilhem da leitura.
Até a próxima pessoal!
Beijos!

"As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos."- Clarice Lispector

Que tal conferir também...

9 comentários

  1. Ainda não conhecia esse lançamento, fico feliz em saber que mais uma autora tenha publicado um livro. Realmente quando um livro não tenha tanta profundidade e os acontecimentos vão surgindo de forma rápida e como se não nos apegássemos a história. A premissa do livro e muito boa, e por isso me chamou a atenção. No entanto fiquei com um pé atrás pelo fato de parecer um livro que não e tão envolvente.

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Gosto de romances e amigos gays...kkkkkk
    Agora é como falou, é uma história simples e até já imagino quem seja o noivo, mas vou ter que ler para confirmar, né?
    Espero que a autora tenha sucesso!
    “Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora nem a obra, mas essa pequena resenha que você fez me querer ler esse livro o mais rapido possivel. Laura me chamou a atenção, a achei corajosa e com atitudes firmes. E sim, gosto de livros que os acontecimentos surgem rapidos, então, com certeza vou ler este livro.

    ResponderExcluir
  4. É uma boa dica para aqueles que procuram por um livro tranquilo, para ser lido entre um livro e outro, a ideia da história é até muito boa, embora eu tenha achado o desenvolvimento um pouco morno, fiquei aguardando um "algo a mais" que não ocorre.

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esta autora e nem o livro, como você a capa do livros também me chamou a atenção e lendo sua resenha fiquei bem curiosa e interessada em ler este livro.

    ResponderExcluir
  6. Olá, a história me parece interessante, mas acho que eu também sentiria falta de um clímax, talvez eu o leia quando tiver oportunidade.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Desde o lançamento dessa obra que fiquei bem curiosa por causa do título e da sinopse.
    É a primeira resenha que leio da obra e ela me deixou intrigada para conferir a escrita da Mariana que você tanto elogiou. Uma pena que ficou faltando esse laço maior com a trama/personagens, mas também acho que a autora tem muito potencial.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Ainda não conhecia a autora, mas achei bem bacana o enredo que você nos conta. Adoro boas histórias, com reviravoltas e livros que tratam sobre amizade e e fiquei curiosa pelas cenas da "confusão" de Beto e da demissão dele e de Laura. Claro, o que me deixou mais curiosa é o segredo da família de Laura e, como você indica, vou procurar ler para saber, mesmo que você tenha sentido falta de um laço mais forte com os personagens. Quero tirar as minhas conclusões, pois pelo que você disse, vale a pena arriscar na leitura.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Não sei. Não tenho nada contra autores iniciantes, na verdade gosto muito de conhecer, mas parece que a autora quis "jogar" muitos mistérios, muita coisa de uma vez só pra ter história e no fim ficou uma coisa superficial, até sem sentido.
    Segredo da mãe, acidente, homossexualidade, destinos, desemprego, viagem!? Sei lá, parece coisa demais pra página de menos. Não leria, ao menos no momento.

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras