Ônix: Saga Lux #2 - Jennifer L. Armentrout

09/12/2016

 Estar conectada a ele é uma droga!
Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja... esquentando.
Algo pior do que os Arum ronda a cidade.
O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível!
Até que, de repente, tudo muda.
Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade.
Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.


Primeiro de tudo eu preciso dizer que nunca pensei ficar completamente apaixonada por um alienígena. Sim, eu curto sobrenatural, mas quando eu ouvi falar sobre a série, imaginei que ela iria puxar mais o lado da ficção científica e claro que fiquei mais do que contente em estar errada. Não tem como não se apaixonar pelo Daemon. E não sei como é que a Kat consegue ficar se fazendo de difícil... Segundo, preciso avisar que essa postagem não será exatamente uma resenha. Esse é mais um livro que me consumiu, que me encantou e que eu adorei. Então, deixo claro que o livro é muito mais do que eu irei comentar - principalmente porque eu tentei ao máximo fugir dos spoilers tanto de Ônix como de Obsidiana

Confesso que tenho um certo medo dos segundos livros de séries ou trilogias. Já falei em algumas resenhas por aqui que penso que existe uma certa maldição do segundo livro (que é quando o primeiro livro é muito bom, criando enormes expectativas para o segundo e este acaba sendo muito morno e decepcionando). Isso não aconteceu em Ônix, que, embora tenha alguns pontos que não me agradaram tanto, conseguiu ser mais empolgante, mais apaixonante e me deixar ainda mais desesperada pelo próximo.

"- Quer um cookie? - ofereceu ele, segurando diante de mim um daqueles com gotas de chocolate.
Enjoada ou não, não dava para recusar.
- Claro.
Com lábios repuxados num canto, ele se inclinou na minha direção até parar com a boca a centímetros da minha.
- Vem pegar." (pág. 12)
Uma coisa que não me agradou muito em Ônix é que ele meio que demorou um pouco para ganhar ritmo. Ele começa exatamente de onde parou Obsidiana, e diante de todas as consequências dos últimos acontecimentos do livro anterior, eu achava que ele fosse começar a todo vapor e ele é meio parado, como se a autora estivesse preparando o terreno para o que iria acontecer. Não chega a ser algo ruim, mas quebrou um pouco com as minhas expectativas e por isso eu enrolei um pouquinho para continuar a leitura. Além disso, acontecem algumas coisas que me irritam um pouco nos livros do gênero (aquela coisa de 'o cara mais gato do mundo não me quer porque eu sou só eu', 'ele só me quer por causa da sua mágica alienígena', 'olha tem um garoto novo e eu posso ser normal de novo' e coisas assim).

A vontade era de gritar com a Kat...  E por muitas vezes eu me peguei xingando coisas do tipo 'larga de ser boba que ele gosta de você', 'ser normal é muito sem graça' e 'ok que você quer um amor de verdade, mas você tem 16 anos e a vida toda pela frente, então agarra ele logo de uma vez'! E outra... Um garoto novo não te deixa desconfiada mas os possíveis sentimentos do Daemon sim? Ok, eu sei que o Daemon meio que não colabora, sei que ele é um verdadeiro babaca no primeiro livro mas como leitora você meio que deveria imaginar porque né?
" - Que pacotes são aqueles? Apenas livros?
Peguei a jarra de suco de laranja na geladeira. Quem não era apaixonado por livros jamais entenderia.
(...)
- Sei que não deve haver nenhum Arum nas redondezas no momento, mas cuidado nunca é demais e, nas atuais circunstâncias, seu rastro poderia atraí-los direto para cá. Por ora, isso é mais importante do que seus livros.
Na-na-ni-na-não, os livros eram mais importantes do que qualquer Arum." (pág. 14)
Apesar de a Kat muitas vezes ser meio sem noção (por falta de palavra melhor), eu gosto dela. Gosto mesmo... Ela adora chocolate, cookies, livros e tem um blog. Como não gostar de uma personagem assim? Ela tem seus momentos que me irritam, mas não chega a ser algo que me faz ficar na torcida de ir contra ela, sabe? Quer dizer, tem uns momentos nesse livro que a vontade é de matar ela, muito porque eu acho que para alguém que lê tanto, ela deveria ser um pouquinho mais esperta e estar um pouquinho mais ligada em algumas coisas. Mas, aí eu me lembro que ela é só uma adolescente e essa minha birra com ela passa. E mais, dá para notar que ela teve um crescimento de um livro para o outro, ou seja, ela aprendeu um pouquinho com tudo o que ela passou. No fundo, acho que tenho é ciúmes dela... Porque eu sou apaixonada pelo Daemon e sempre vou torcer para ele ter tudo o que ele quer...


Uau. Era difícil me manter à decisão de não ceder àquela ideia ridícula de ficarmos juntos com ele se mostrando tão... gentil, e me olhando como se eu fosse o último pedaço de chocolate do mundo inteiro." (pág. 17)

Agora... Lembra que eu falei que achei o início meio parado? Então...
Se existe uma parte parada no livro é somente o início. Porque depois que ele decola, ele não para mais. Tem um garoto novo que me deixou desconfiada logo de cara. Tudo bem que eu desconfiei dele pois como já disse, sou #TeamDaemon assumida. Tem muita ação e novos inimigos já que não é só dos Aruns que eles precisam se proteger. Tem a falta de comunicação básica desse tipo de livro, onde os personagens ficam enrolando para dizer as coisas - e eu não falo só do romance, que embora seja um dos pontos que eu mais gosto, não é o ponto principal do livro. Existem algumas coisas que poderiam ter facilitado a vida de todos os personagens se fossem faladas mais cedo ou mesmo se fossem apenas faladas...

O ritmo flui em uma rapidez que não tem como querer largar o livro e eu terminei querendo Opala agora mesmo. O livro tem vários clichês, mas eu já comentei que não me importo com eles quando a narrativa é interessante e nesse ponto Ônix é incrível. Jennifer escreveu um livro que é uma verdadeira montanha russa de emoções. Quando você pensa que nada mais pode acontecer, vem mais uma reviravolta e muitas coisas só são reveladas no último minuto possível. Em Obsidiana eu me incomodei que o Daemon demora um monte para contar quem - ou o que - ele é, mas nesse livro, o tempo entre as revelações só me deixou ainda mais curiosa, principalmente para saber se eu estava realmente certa ou não.

 
Mais uma vez a Valentina caprichou na edição, que segue o mesmo padrão do primeiro livro, com o mesmo tamanho, lombada combinando e páginas amarelas. Além de ter um brilhante no título que eu achei que deixou a capa ainda mais fofa. Adoro o fato da editora trabalhar com vários modelos de edição (por exemplo, alguns livros tem o tamanho menor, alguns tem folhas brancas) mas sempre seguir o mesmo padrão para os livros da mesma série. Pode ser mania minha, pode ser um tipo de TOC mas eu acho muito perfeito quando os livros da mesma série seguem o mesmo padrão, ficando assim lindos na estante. Obrigada Valentina por todo esse cuidado e capricho.

Aqui em casa, todo mundo quer um pedaço do Daemon... Até a Pandora!!!
O livro tem mistério, ação e suspense, tudo isso sem deixar de lado o romance - e mesmo que Daemon e Kat tenham seus momentos de gato e rato, de quero mais não quero, como eu disse tem muitas coisas acontecendo o que faz com que o romance não seja o único foco do livro e arrisco dizer que não é nem o foco principal. Ainda mais que algumas lágrimas podem surgir e não será por conta de algo no relacionamento do casal. 

Para quem gostou de Obsidiana, Ônix é leitura mais do que obrigatória já que a Saga Lux continua com tudo, deixando a impressão que ainda teremos muito mais ação e muitos outros acontecimentos por vir. Se você ainda não conhece os livros, mas curte uma história com pegada sobrenatural, corre ler Obsidiana para poder ler o segundo e sofrer comigo até o lançamento do terceiro. Opala ainda não tem data de lançamento confirmada, mas será ainda no primeiro semestre de 2017 e eu já estou aceitando de presente!!!

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

25 comentários

  1. Primeiramente: que cachorro mais fofo é esse ali?
    Segundo, achei curioso autora abordar alienígena, saiu bastante do clássico vampiros e me despertou curiosidade.
    Me parece que o segundo comprimiu muito bem sua missão. Não sou lá super mega fã de sobrenatural, mas se o livro em questão ser bom mesmo leio rapidinho!

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Como assim você se apaixonou por um alienígena?!?!?! Rsrs... Brincadeira :)
    Mas, enfim, essa série até parece ser legal, mas, não curto leituras sobrenaturais, então, não pretendo realizar a leitura... Acho que essa demora para o livro fluir me desanimou bastante também.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler essa série, porque adoro enredos sobrenaturais como você. Mas acho que vou me desencantar com a Kat. Odeio protagonistas que parecem indecisas ou que ficam hesitantes demais, sabe? Além disso, não gostei do seu comentário de que esse segundo volume parece ter demorado para ganhar ritmo. Hmmmm. Será que vou curtir e me envolver com essa série? Bem, vou pagar o preço para ver (rs).

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  4. Se tem algum amigo ai, por favor me da esse livro de presente por favor kkkk
    Sou super curiosa para ler a trilogia, todo mundo fala super bem!!! Adorei a resenha e fiquei com invejinha kkkk não sério não aguento mais minhas amigas sacaneando que fui a unica a não ler.

    ResponderExcluir
  5. Oláq!
    Ainda não li Obsidiana, mas estou muito curiosa para ler, pois a temática me agrada.
    É uma pena que a leitura tenha demorado um pouco para engatar, mas é muito bom que ele decola e voa longeee. Gostei de saber que o livro mistura tudo isso e parece ter dado bem certo.
    Anotei a dica e espero ler muito em breve, apesar de achar que vou esperar lançar tudo para não ficar nessa agonia.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá, já ouvi falar muito sobre essa série, mas ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos livros. Adorei sua resenha, parabéns.

    Fiquei interessada em ler.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá
    sempre ouço falar da série com muitos elogios mas não é algo que me interessa no momento, estou fugindo de séries principalmente fantasiosas, mesmo assim, bela dica

    Beijos[
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá já ouvi falar dessa série desde quando ela era em ingles . Na verdade eu gosto muito dessa autora mas o fato de ter um toque sobrenatural me afastou. Porém quando você disse que nunds gostou tanto do sobrenatural me animou mais um pouco. Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie! Eu já tinha lido algumas resenhas de Obsidiana e não tinha curtido muito, mas diante da sua resenha fiquei muito ansiosa para conhecer a série e, mesmo não curtindo muito o primeiro, acho que vale a pena aturá-lo para chegar no segundo livro, hahah. >< Lendo seus comentários, imagino que alguns aspectos do livro também irão me irritar um pouco - eu odeio personagem songamonga - mas mesmo assim estou curiosa pela história. Sobre a edição, eu achei incrível esse detalhe no título!

    Beijos,
    Fernanda Goulart
    Psiu, vem ler! | @psiuvemler

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lica!

    Nunca tinha ouvido falar da série. Se já ouvi, não me lembro ou descartei de imediato por ser uma obra fantasiosa. Não curto muito esse gênero, por isso passo a dica. Mas sua resenha está uma maravilha, tenho certeza que, para quem curte o gênero, a resenha só vai deixar mais ansioso.

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oiee, tudo bem? Amei a resenha!!! Eu também acreditava nessa maldição do segundo livro, pois váaarios que li foram mega decepcionantes, mas aí eu li um que me fez mudar um pouco essa ideia, o segundo da Trilogia Millennium! Quero muito ler essa saga, mas não sei quando conseguirei encaixar nas leituras :/ Espero gostar bastante também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Ganhei recentemente o primeiro volume dessa série e ouvi falar tão bem que mal posso esperar para lê-lo. Por isso, não me ative muito aos seus comentários, para não pegar muitos spoilers, já que se trata do segundo livro da série.
    Parabéns pela resenha!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  13. Oi querida, tudo bem?
    Nunca ouvi falar dessa série, mas admito que a salada de fantasia sobrenatural e sci-fi me deixou bem atraída, XD. Ainda melhor quando são mais livros embora meu bolso e minhas estantes quase chorem, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Alienígena? Fiquei interessada nessa história. Eu nunca tinha ouvido falar dessa série, gostaria de ler a resenha do primeiro livro, já que esse é o segundo. Eu tenho um certo medo com segundos livros também, mas por ler muitas séries, eu to um pouco acostumada, porque tem continuações ruins, mas em contra partida tem outras que são ainda melhores que o primeiro livro. Ainda bem que essa continuação te agradou, ainda que não seja melhor que o primeiro.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não sou muito fã de livros sobrenaturais e que esse nunca chamou a minha atenção. É bom ver que essa continuação está boa, embora tenha alguns pontos negativos. Eu também não curto essa coisa de "o cara mais maravilhoso do mundo não me quer porque eu sou eu", isso me irrita muito kkkkk E a Kat nao sei se seria uma personagem que eu gostaria. Enfim, fico feliz em ver que foi uma boa leitura pra você, mas eu dispenso.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Oie
    Ei, o fato de vc se apaixonar por um alienígena é bastante curioso. Dependendo da forma dele, valeria a pena. Rsr
    Não posso deixar de dizer: Que foto linda essa do cachorrinho!
    Sua resenha me despertou curiosidade, eu fiquei bem interessada.
    Amanda M.

    ResponderExcluir
  17. Oi Lica.

    Que bom que o segundo livro da trilogia deixou empolgada com a história. O fato da história abordar alienígena me deixou curiosa e quero muito conhecer essa história. Principalmente o segundo livro que conseguiu me conquistar pela capa. Dica anotada.

    Bjos
    Blog Histórias Existem Para serem Contadas

    ResponderExcluir
  18. Vejo que esse livro e tão bom quanto o primeiro. Tenho o livro Obsidiana, mas ainda não tive tempo de ler, e por isso resolvi esperar pelo lançamento do terceiro, para ler um atrás do outro. Pelo fato de não ter muita paciência de esperar a continuação. Vejo que os personagens segue cativando o leitor, e que a história esta ainda mais envolvente.

    ResponderExcluir
  19. Lica!
    Desde o lançamento de Obsidiana tenho a maior vontade de ler essa série porque adoro ficção com ets e ainda tem um romance lindo entre os protagonista o que me atrai ainda mais para a leitura.
    “Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Curti muito a sua resenha e fiquei curiosa para ler essa coleção. Sem contar que a capa é bastante instigante e bonita. Amei as fotos, sua cachorrinha é linda *--*

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá! Infelizmente dessa vez o livro não despertou meu interesse e não gostei muito da capa, por isso irei pular a dica, mas parabéns pela resenha está muito bacana, quem sabe um dia eu não mude de ideia.

    ResponderExcluir
  22. Desde que vi o lançamentos do primeiro livro da Saga Lux, me interessei e achei bem diferente a história, só ainda não li pois não tenho o livro, lendo sua resenha sobre Onix, fiquei mais ansiosa ainda para ler os livros desta saga.

    ResponderExcluir
  23. Não sabia nada sobre Obsidiana e muito menos que havia um segundo livro kkkkk enfim, não sou muito chegada a livros sobrenaturais, portanto apesar de o segundo livro não ter sido amaldiçoado (como diz você), acho que não leria esses livros.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oiee Lica ^^
    Não sei se eu também sofro da maldição do segundo livro, às vezes acontece com o terceiro...haha' quando é trilogia, sempre é com o terceiro *-*
    Ainda não li "Obsidiana", mas, menina, como eu vi gente favoritando esse livro! A curiosidade era tanta kkkk' mas eu decidi esperar os outros livros serem lançados primeiro, aí eu já leria tudo de uma vez e não ficaria sofrendo esperando continuação....haha' Saber que a saga continua forte como começou (omg) me deixou ainda mais animada. Ai ai ai *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras