Três Vezes Nós - Laura Barnett

23/12/2016

Uma jovem mulher com uma bicicleta quebrada após desviar de um cão. Um homem que ela poderia facilmente ter deixado passar, sem parar, levando consigo uma vida inteira, uma vida que poderia nunca ter sido dela.
Eva Edelstein está no segundo ano do curso de Inglês na Universidade de Cambridge. Ela namora David Katz, estudante e aspirante a ator. A vida de Eva parece bem encaminhada, quando, no campus da universidade, ela conhece acidentalmente Jim Taylor, estudante frustrado de direito.

Há três versões, três realidades diferentes para o futuro de Eva e Jim, dos anos 1950 até os dias atuais.
Se o nosso futuro é uma encruzilhada, gostaríamos de saber qual caminho seguir? E depois, ficaríamos felizes com a nossa escolha?
Três vidas. Três histórias. Três destinos... permeados com traições e ambições, mas também com amor e arte. 
Três vezes nós explora a ideia de que há momentos em nossas vidas que poderiam ter sido diferentes e como pequenos fatos ou decisões que tomamos podem determinar o rumo da nossa vida para sempre.



Muitas vezes o leitor não precisa de muitos critérios para colocar (ou não) um livro em sua lista de leituras. No caso de Três vezes Nós, bastou a capa para a minha vontade de querer ler o livro surgisse e por esse motivo, solicitei o livro pela parceria do blog com a editora.


Não sabia mais do que a frase da capa, que diz que algumas escolhas podem mudar a vida para sempre e logo que comecei o livro já fui me encantando com os detalhes da diagramação (que está simples, porém cheia de pequenos detalhes que fazem com que o livro fiquei muito lindo visualmente. Parabéns pelo capricho NC!). Aproveitando antes de partir para a resenha, no início do livro tem um aviso da autora e no final conta com algumas folhas para que o leitor faça suas anotações - algo que é tanto interessante como útil.


Depois de ficar empolgada com o visual do livro, comecei a leitura para descobrir o que a história teria para me contar e... bom, foi um tanto confuso já que eu não li a sinopse. Acontece que o título do livro não poderia ser mais apropriado. Temos os personagens em três caminhos de suas vidas, cada um deles seguindo para um rumo onde tudo pode estar diferente devido a uma pequena - ou uma grande - decisão.

Tudo começa em 1958, com o encontro acidental de Eva e Jim. Sabe quando a gente começa a pensar como poderia ser se tivesse tomado um caminho diferente? Se tivesse demorado um minuto a mais por qualquer motivo em um lugar ou se tivesse tomado uma decisão diferente? Naquela história do 'e se...' e suas múltiplas possibilidades? Aqui, temos três respostas para esse encontro entre Eva e Jim. Três versões que vão caminhando aos poucos, parecendo universos paralelos. 


O livro é dividido em três partes, mas não temos exatamente capítulos marcados. Cada 'novo capítulo' temos a indicação de que versão da história estamos, onde estamos e em que ano. A história tem seu início em 1958 e vem até os dias atuais (2014), e o acaso tem seu papel muito bem representado, mostrando como pequenas intervenções podem mudar todo o futuro.

Três vezes nós foi uma leitura que exigiu um pouco mais de mim, me dando um pouquinho de trabalho para ler. É que para mim, não funcionou a ideia da autora de intercalar as três versões da história. Temos os mesmos personagens, mas de uma certa forma são três histórias diferentes. Durante a leitura eu ficava me perguntando 'quem está com quem nessa versão?', 'é uma versão triste ou feliz', 'o personagem X é importante aqui ou só um coadjuvante sem muita importância?' e por aí vai...

Sendo assim, cheguei em um ponto da leitura em que tudo estava meio confuso para mim. Então, resolvi voltar ao início e ler cada uma das versões diretamente até o final. Li todas as partes da versão 1, depois as da 2 e depois a terceira. Embora dessa forma eu tenha conseguido ir até o final e me envolver mais com a história, esse foi o motivo de eu comentar que o livro me deu um pouco de trabalho, já que eu ia pulando as outras partes enquanto estava lendo uma das versões. Teria sido tão mais lindo se cada uma das partes do livro fosse sobre uma das versões...


Vale lembrar de que o que foi uma dificuldade para mim, pode não ser para você. E se você conseguir seguir a história da forma como o livro foi montado, com certeza você não terá o trabalho que eu tive para ler, mas não é só isso... Pode ser que assim, você não perceba os pontos negativos que eu percebi. Os personagens não chegam a ser cativantes - Jim não é um cara que fez eu ficar interessada nele, e mais, não consegui entender o fascínio de Eva com ele. Outro detalhe é que o livro acaba se tornando bem curto se você pensar que ele tem 380 páginas para três histórias que acontece numa linha do tempo de quase 60 anos (muitas coisas ficam colocadas apenas superficialmente, e talvez teria sido muito mais interessante se fosse algo mais aprofundado).

Três vezes nós trás uma ideia diferente, e isso faz com que o livro seja sim interessante e curioso de se ler. É uma ideia inteligente, e se você gosta de fazer anotações e marcações durante a leitura, pode ter uma boa experiência com a leitura do livro. Ao mesmo tempo, a forma como foi colocada pode fazer com que alguns leitores fiquem bem confusos e, com isso, desistam antes de chegar ao final.Não é um livro que deve ser escolhido apenas para passar o tempo, já que ele vai exigir no mínimo um pouco mais de atenção do leitor. Mas, poder pensar em como as histórias podem mudar por uma simples escolha ou por mero acaso é algo interessante - e mais, a autora mostra que nenhuma vida é perfeita e que temos que tentar encontrar o melhor em cada situação para, assim, encontrar a felicidade.


Laura Barnett pegou um conceito diferente, que mesmo não sendo original foi tratado com originalidade e por isso, merece alguns pontos. Outro ponto interessante é que, embora eu tenha achado a história confusa, quando li por partes, achei a narrativa bem envolvente e gostosa de seguir.
Três vezes Nós não é um livro para qualquer tipo de leitor, mas que vale a pena se você estiver procurando algo diferente ou querendo se desafiar e arriscar sair da zona de conforto. Afinal, nem tudo que é confuso é necessariamente ruim. Para mim, mesmo com a confusão e os pontos negativos, valeu a leitura.

E você? Já leu? 
Pensa em arriscar?
Não deixe de contar para a gente o que achou, vamos adorar saber a sua opinião :)

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

31 comentários

  1. Já tinha lido outas resenhas desse livro, e apesar da trama parecer um tanto quanto confuso, me parece que vale a pena da uma chance a leitura. Principalmente porque e uma narrativa diferenciada, e que nos da a oportunidade de uma leitura nova, que faz com que nos saímos da nossa zona de conforto. Quero sim, um dia ler esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Lica!
    Nossa! Fiquei até confusa só com a resenha, imagina lendo 3 versões diferentes de uma mesma história, deve ser bem complicado...
    “Desejo a você e à sua família um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!” (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Eu achei muito bonita a capa deste livro, e achei bem interessante a autora deixar folhas para que o leitor faça anotações.
    Não conhecia este livro, mas lendo um pouco mais sobre a história em sua resenha, achei bem diferente a história, pretendo ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Achei superinteressante a premissa do livro, em todas as resenhas que li eles citam que o enredo é um pouco confuso por isso com certeza eu lerei as versões separadas.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Três Vezes Nós trás uma idéia bem inovadora e um tanto quanto arriscada para a literatura, o fato de intercalar por capítulos as três histórias não achei que foi uma boa idéia da autora, e realmente da um pouco mais de trabalho para ler o livro. Acho essa capa nacional muito bela, e espero poder ler em breve o livro. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Ola
    A premissa me chamou a atenção desde que soube a respeito desse livro e ja li alguns comentários bem positivos também. Sobre as versões imagino que deve confundir e talvez seja um pouco complexo por conta disso né..
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Tenho visto resenhas muito positivas desse livro e fico curiosa com essas três possibilidades da vida dos protagonistas. Gostei muito da ambientação da obra também, acredito que iria me divertir com o casal. Uma pena a leitura ser um pouco confusa, mas se você ainda assim conseguiu apreciar, vou acabar dando uma chance logo para esse livro.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  8. Olá Lica, tudo bem?

    Infelizmente o enredo não me chamou atenção, mesmo o projeto gráfico sendo tão maravilhoso. E o fato de haver páginas para o leitor preencher... não gosto disso não, a menos que seja um livro inteiro com a proposta de interação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. A premissa desse livro me encantou por falar de escolhas e por ser um livro longitudinal. Pretendo ler ele bem no começo de 2017. Feliz ano novo!

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Eu li o livro e felizmente para mim não foi confuso, claro no inicio até eu me ambientar, mas depois peguei o jeito da coisa. É realmente um livro trabalhoso em alguns aspectos, mas que bom que no final de tudo você ainda conseguiu se conectar mais com os personagens. Parabéns pela resenha!

    bjs =)

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu já li algumas resenhas do livro, e acho a ideia dele super legal, e interessante. Às vezes, um simples detalhe pode mudar tudo, mas tem certo receio em lê a obra por causa dessas anotações e acabar me perdendo no meio disso tudo, e ter esse trabalho todo pra lê o livro como você kkk

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Eu achei bem complexo esse livro, me perdi várias vezes até conseguir pegar o fluxo da leitura. Mas é um bom livro sim, e pelo jeito da sua resenha também foi uma grande novidade, não esperava por isso.

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Li esse livro e, felizmente, não senti essa confusão que todos os leitores parecem ter sentido. Eu me envolvi tanto com a leitura que pegava muito fácil a versão e época que estava sendo narrada. A minha favorita é a Segunda, acho que foi nela que os personagens tiveram as melhores escolhas.
    Adorei conhecer suas impressões.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Oii Lica, tudo bom? Gostei muito da sua resenha, bem completa como sempre. Três Vezes Nós parece ser de uma leitura bem interessante. Que pena que foi uma leitura confusa para você. Eu tenho muita curiosidade com a obra e pretendo ler ano que vem. Espero gostar :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi.
    Não li o livro, mas já vi resenhas sobre ele.
    Achei a premissa interessante. Realmente um segundo, uma decisão, podem mudar tudo e é estranho pensar nisso.
    Pelo que você disse, eu acho que faria mais sentido contar uma versão de cada vez, ao invés de ir intercalando, já que são os mesmo personagens. Imagino que deve ter ficado bem confuso mesmo.
    Não é um livro que me desperta o interesse em ler agora. Mas vou anotar a dica para o futuro.

    ResponderExcluir
  16. Oieee
    Tudo bom?
    E a primeira resenha que leio do livro e sinceramente me frustrei um pouco pois a história me pareceu ser bem confusa, por isso irei deixar a dica passar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Eu soube bem curioso sobre este livro, para conhecer as três versões de vida dos mesmos personagens. Pena que isso te deixou um pouco confusa, mas acredito que aconteça isso com todo leitor que busca o livro. Anotei aqui a dica.

    ResponderExcluir
  18. Oi Lica,
    Menina, quanto trabalho você teve para conseguir se envolver nessa leitura. Eu não teria essa ideia, irá persistir na sequência do livro até o fim. O bom que já peguei essa dica caso me veja nessa mesma situação com vc. Gosto muito da capa desse livro, acho uma fofura.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Você não é a primeira pessoa que vejo comentar que ler esse livro foi um pouco confuso por causa da forma como a autora intervalos as três histórias. Se eu fosse ler os fazer como você e ler uma versão de cada vez para não me atrapalhar. Rsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Lembro de todo o "bafafá" nas redes um pouco antes do lançamento desse livro! Ele tem uma capa e sinopse instigantes mas só de ler a resenha fiquei confusa hahaha
    Antes de você falar qual foi sua solução, havia pensado nela. Achei uma premissa diferente do que já li e também faria do seu jeito, ler cada uma das versões de uma vez. Pena que ele não foi escrito assim :/

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  21. Eu tive as mesmas impressões que você. Infelizmente eu não tive paciência para parar a leitura e voltar desde o começo lendo versão por versão, pois quando me dei conta disso já tinha passado da metade do livro. Eu achei uma história interessante, mas mal organizada.

    Beijo

    ResponderExcluir
  22. Oiii!!
    Não conhecia o livro, e achei a ideia da autora interessante. Três histórias em um livro só, deve ser trabalhoso mesmo no começo para entender. Já li um livro mais ou menos assim e eu só fui me acostumar quase no final do livro. Vou acrescentar na minha lista, acho que vale a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    Desde que vi o lançamento da obra fiquei bem curiosa para fazer a leitura e conferir esses três caminhos distintos pelos quais os personagens seguem de acordo com determinados acontecimentos. Já li algumas resenhas e cheguei à conclusão de que quando fizer a leitura acabarei ficando um pouco confusa e perdida devido aos detalhes que fazem a diferença nessas três versões.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Esse livro está na minha lista há algum tempo e, apesar de você ter achado um tanto confuso, ainda acredito que seja uma leitura válida para mim. A ideia é realmente interessante e concordo com você, se tivesse sido montado de outro jeito seria muito melhor. Com certeza vou ficar confusa, então vou pôr sua dica em prática.
    Gostei bastante da sua resenha.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Olá!!
    Já vi algumas resenhas sobre esse livro e algumas delas também ficaram meio confusas com essa leitura,ameei a capa e a diagramação mas a estória não me chamou atenção..não curto draminha e pelas resenhas que vi é só o que tem..então dessa vez passarei essa leitura :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/12/resenha-sombra-do-passado-sylvain.html#comment-form

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Esse é um livro que ainda não li, mas ele já está aqui e pretendo sim, me arriscar a ler ele esse ano. Espero que a leitura seja boa e que as versões do "e se..." me agradem.

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bem? Eu não li esse livro ainda mas já tinha lido umas resenhas antes e sinceramente? Achei bem interessante! Não sei se é pelo fato de eu sempre pensar em como seria determinada situação se eu tivesse feito determinada escolha, mas eu super me identifiquei com a premissa. Talvez ler algo de trás para frente gere confusão, vendo acho que é mais fácil, mas mesmo assim é uma leitura que eu faria de bom grado. Bjssss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Olá, não ouvi muito a respeito dessa obra, nem sei ao certo porquê. Gostei da forma como você abordou o enredo na resenha, fiquei com vontade de conferir.

    Abraços

    ResponderExcluir
  29. Olá!

    Vejo muitos leitores em uma relação de amor e ódio por esta obra.

    Três vezes nós eta na minha lista ha algum tempo e estou esperando a melhor hora para poder conferir.

    Adorei poder conferir sua opinião e fiquei feliz em saber que achou a obra interessante e curiosa de se ler.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  30. Confesso que livros assim me deixam um pouco perdida rrsrs
    Não tenho interesse em ler o livro, mas qm sabe mude de ideia no futuro...
    Sobre a capa, achei bem parecida com outros 2 livros da editora, mesmo tom de azul e desenhos
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  31. Fico um pouco desnorteada quando o enredo mexe com três visões. A premissa é muito bacana, sou honesta em dizer que me chama para ler esse livro é todo o drama, traição, e sentimentos afins.
    A capa é sem dúvidas, linda!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras