Da série pena que acabou: Mental

28/01/2013

Oi pessoal…

Esse mês de janeiro foi o mês de tirar a poeira de algumas colunas aqui no blog e não poderia ser diferente com essa, então estou aqui para falar de uma série que assisti a um tempinho atrás e que adorei…

mental_02

A trama é sobre o Dr. Jack Gallagher (Chris Vance), um jovem psiquiatra brilhante que acaba de assumir a diretoria da área de saúde mental (psiquiatria) de um hospital em Los Angeles e que tem métodos nada ortodoxos para tratar os seus pacientes, como também pouco respeito pelas regras estabelecidas.

Os seus métodos heterodoxos são no entanto inovadores e muito eficazes, levando não só os pacientes como os médicos a depositar a sua confiança em Jack, o que faz que as regras quebradas passem um pouco despercebidas.

Quando eu assisti o primeiro episódio da série, a primeira reação que tive foi de que não poderia perder nenhum outro episódio já que a série prometia trazer muita polêmica.

Para quem não viu a série (ou que quer se lembrar…) a série inicia com um paciente que luta contra policiais no hall do hospital. Seria normal se não fosse o caso do paciente estar completamente nu. Para tentar se conectar com o paciente, o Dr Jack resolve que a melhor maneira seria ficando nu também e é isso que ele faz. Imaginam um médico ficando nu para acalmar seu paciente? Então… Foi aí que a série me pegou.

O mais interessante da série é que ela se baseia nos problemas da mente humana e em toda complexidade que o cérebro. A cada episódio um novo paciente com uma crise diferente. As crises são um mistério ou até mesmo um diagnóstico errado de outros médicos.

E o mais legal é ver um pouco dos dois lados… Ao mesmo tempo que temos Jack com todos os seus tratamentos e ideias “fora da caixa”, temos os outros médicos não acreditando que isso é possível e querendo seguir a cartilha e continuar com os tratamentos mais convencionais possíveis.

A série foi ao ar no verão de 2009 (nos EUA) e logo depois começou a ser exibida em 35 países (inclusive no Brasil). Um fato curioso é que a série foi toda gravada em Bogotá, na Colômbia, embora não tenha nenhum ator colombiano no elenco fixo.

Eu acredito que para mim a série foi impactante pelo fato de eu adorar séries médicas – e ainda não me conformo com o fim de House. Por falar em House, muitas das críticas negativas com a série vem da comparação das duas. Gente, a única coisa que elas tem em comum é um médico sem medo de não seguir as regras e por isso tratar melhor (e salvar) seus pacientes.

mental-fox

O caso é que eu me encantei com a série e esse pode ser o motivo de ter ficado com ela gravada na memória e ficar com aquele sentimento de quero mais. Infelizmente (para mim) a série contou com somente uma temporada de 13 episódios.

Tem um vídeo (em espanhol) que é muito legal e resume um pouco a série, mas a incorporação foi desativada, então se alguém quiser ver é só clicar aqui e assistir no YouTube mesmo ;)

Quem conheceu a série me diz o que achou, ok?

Beijinhos

Lica

Fontes: 1; 2; 3

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

17 comentários

  1. Tá uma raivinha quando séries legais acabam na primeira temporada.
    Não conhecia essa série, sério.
    Caso de Freaks and Geeks, que tece apenas uma temporada :'(
    Ou Pushing Daisies que a ABC fez o favor de cancelar.. Baixa audiência foi culpa da emissora :'(

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar dessa serie. Não sou de ver mta TV, assisto apenas TWD e TVD,mas afff, deve dar um odio qdo a gente gosta de alguma e acaba asssim....como gosto mto de psicologia e dos misterios da mente, acho que iria adorar essa serie. Que pena!!Bjksss

    ResponderExcluir
  3. Legal essa divulgação, me interesso por séries médicas tb, apesar de sempre não conseguir seguir direito. Dá pra assistir online ou baixar, vou procurar.
    Especialmente por abordar conflitos psicológicos e pacientes psiquiátricos, gostei demais!
    Lembrei de 'A gifted man', que comecei a ver e gostei bastante, até que ficou monótono - ele é médico, mas o tema aqui é a aparição do espírito de sua esposa.

    ResponderExcluir
  4. Achei a serie bem interessante, porém não é o tipo de serie que gosto, prefiro series que tenham algo mais sobrenatural.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa série, mas me parece ser legal. Também gosto bastante de séries médicas. Acho que, inicialmente, fica quase impossível não fazer comparações com House (Pela sinopse já fiz a comparação). Vou tentar assistir pra sentir a vibe dela.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi muitos comentários bons sobre essa série, mas não costumo ver séries finalizadas, quem sabe algum dia kkk
    beeeijo!

    ResponderExcluir
  7. Menina não soube dessa série, mas tb deve ter sido por conta de evitar séries médicas. Mas era uma boa tirada uma pena que acabou sendo comparada com House, que já tinha uma boa estrada.
    Só me lembro de Moonlight. =( Ainda tenho trauma de séries novas da CBS, só vejo quando confirmam renovação.

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente não consigo acompanhar série, não dá tempo. Mas tem algumas que realmente parece que valem a pena, apesar de que séries médicas também não são meu gênero preferido.

    ResponderExcluir
  9. É muito ruim quando gostamos de uma série e ela é cancelada, principalmente quando só tece 13 episodios :-(
    Não cheguei a assistir essa, mas pelo que você falou parece ser impactante desde o primeiro episodio , deve ter sido muito ruim mesmo quando acabou!

    ResponderExcluir
  10. eu nunca vi essa serie
    eu adoro serie nesse estilo
    pena que a mesma nao foi pra frente

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa série, e apesar de parecer uma boa série, confesso que não faz o meu tipo.
    Tô mais pra CSI e Dexter.

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha visto essa série, e assim que comecei a ler e você disse que o médico tinha métodos nada ortodoxos, eu me lembrei logo de House, e você falou dele logo em seguida. Convenhamos que não tem como não comparar, mas acho que a série deve ser interessante, pena que só durou uma temporada, ainda bem que Dr. House foi mais além, deixando pra nós ai várias temporadas.

    ResponderExcluir
  13. Acho que nunca tinha ouvido falar dessa série antes.

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Nunca ouvi falar dessa série, mas adorei o exemplo do primeiro episódio =P
    Gostava de House até alguns eps da 1ª temporada. Depois achei entendiante e parei de ver. A verdade é que não curto médicos e tão pouco hospitais =P

    ResponderExcluir
  15. Adorei a sinopse da série, vou procurar para assistir.

    ResponderExcluir
  16. Muito bom o seriado, pena que acabou. Eu via o seriado com minha irmã. Eu na época estudava psicologia e ela nutrição. O seriado nos ajudou a ter um olhar multidisciplinar, uma visão holística: biopsicossocial-espiritual de como atender o paciente num todo e não numa visão reducionista como apresenta a crítica de Machado de Assis em o ALIENISTA (evitar o reducionismo objetivista positivista).

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras