[Dica] Você já conhece esses livros?

29/09/2016

Oi Pessoal, tudo bem?

Quem acompanha a gente por aqui ou em nossas redes sociais, sabe que a gente tem uma parceria com a Lilian Comunica - que é uma assessoria de imprensa e editorial.
Em vários casos, recebemos dicas de leitura de livros e compartilhamos as mesmas nas nossas redes sociais (vocês já seguem a gente pelo Twitter, Facebook e Instagram? Não? Como assim???) e em outras por aqui no blog com resenhas.

Então, hoje temos uma postagem com dica de quatro livros nacionais bem interessantes que achamos que seria legal dividir com vocês... 
Olhem só:

Quando o céu se apaga relata a história da autora maceioense Mirian Vidal, em uma luta eterna contra a doença, e a aceitação de que é possível sim, ser muito feliz e aproveitar o melhor da vida...
“Sou deformada. Eu estou aqui, e minha coluna, no Japão, e se você estiver lendo isso no Japão, tenha certeza de que minha coluna estará no Brasil. Meu corpo era meu inimigo. Minha doença iria me consumir até eu perder todos os movimentos. Não havia como corrigir a coluna, apenas esperar que ela evoluísse. A coluna era uma bomba acionada para apagar todos os meus órgãos.” (p. 18)
Baseando-se na própria história, a publicitária Mirian Vidal escreveu o livro Quando o céu se apaga, uma narrativa encantadora que demonstra o dia-a- dia de uma pessoa com escoliose, e a superação e aceitação da doença e do próprio corpo.
A autora revela nas páginas do livro os sentimentos que teve quando descobriu a doença, recebeu o diagnóstico de que não teria cura e não seria possível realizar a cirurgia de correção da coluna. E, no meio disso tudo, ela encanta os leitores com a mensagem sincera de otimismo pela vida.
A história gira em torno de uma personagem anônima, que não tem a identidade revelada até o final da obra. Logo no início, a jovem garota percebe que era diferente das outras crianças. Enquanto as amigas cresciam e desenvolviam figuras bonitas e femininas, a personagem nota que o próprio corpo permanece pequeno e amassado.


Conforme cresce, a heroína relata aos leitores todos os lados da escoliose, seja no pensamento e preocupações da família, na forma como ela se sente no próprio corpo doente e como as outras pessoas olham – com pena, desprezo ou nojo – para a personagem.
Afinal, ela precisa aceitar que cada dia é um desafio. Cada noite é uma superação e toda vida é valiosa. Por mais ínfimos que sejam os momentos, a vida é baseada em sentimentos, lembranças e sensações. Afinal, como a própria autora expõe na obra, “Eu viveria aquele dia. Eu enfrentaria muitas outras batalhas. Eu seria famosa por conta de todas aquelas guerras. Mas naquele instante. Eu esqueceria o passado. Eu esqueceria o futuro. Eu viveria o presente. Intensamente”.


Para sempre, para todo sempre, livro de estreia da paulista Amanda Borel, retrata um triângulo amoroso conflituoso e regado de mistério

Com uma escrita descomplicada, a autora Amanda Borel apresenta seu primeiro livro Para sempre, para todo sempre. Dialogando sobre traição, família e doença, Amanda produz um delicioso romance, com uma pitada de erotismo.
Na obra, a jovem empresária Giovanna Rebouças é dona de uma rede de bistrô famosa em São Paulo. Com uma vida pessoal comum, a personagem divide-se entre o trabalho e o marido Rafael. Entretanto, enquanto trabalhava em uma das lojas, Giovanna encontra Eric.
Eric é um bem sucedido empresário, dono de um negócio multinacional em expansão. Depois de uma breve conversa, Giovanna propõe a Eric uma noite, apenas uma noite, para que fiquem juntos. Porém, em meio a essa paixão intensa, poderia ele esquecer essa incrível mulher?
“— Eric, desculpa por tudo, não queria ter te colocado no meio disso tudo, nessa bagunça toda que virou minha vida. Você é bom, é atencioso, é perfeito para fazer uma mulher feliz.
— Pena que essa mulher não pode ser você, eu entendi — falei já afetado. Quando me virei para ir embora, Rafael estava entrando, e eu tenho certeza de que ele ouviu minha última frase, principalmente porque ele estava com a testa franzida, olhando para mim.”
Recheado de cenas quentes, Amanda proporciona ao leitor uma intriga que se estende por toda a narrativa, além de apresentar os pontos de vista dos dois personagens principais. Enquanto Giovanna esconde um segredo, Eric persiste em conquistar o coração dessa mulher, mesmo ela já sendo casada.


Riscos no Amor, da manauara Josy L. Dias, retrata as dificuldades de amar alguém em quem não se pode confiar. Poderia uma princesa de Nova York se apaixonar pelo maior cafajeste de todos os tempos? Riscos no Amor é o livro que vai responder a essa pergunta.

Escrito pela autora Josy L. Dias, o enredo baseia-se na alta sociedade nova-iorquina e em suas extravagâncias.
Na obra, a jovem arquiteta Elizabeth Ann Willams, uma mulher com fortes convicções sobre como se deve amar alguém, viaja à Cancún para o casamento da mãe com o famoso empreendedor irlandês Arthus Blinner III. Em meio às comemorações, ela conhece o filho mais novo do empresário, Brady Blinner.
Convicto mulherengo, Brady nunca teve sentimentos matrimoniais pelas mulheres. Isso até ele conhecer Elizabeth, que nega veemente a atração que sente por ele, intrigando e instigando o rapaz a querer conhecê-la ainda mais.
“Meu corpo estava em chamas e, só de sonhar com ele, eu estava a ponto de romper com tudo o que eu acreditava, para ir atrás do lobo, não do príncipe. Ele me fazia perder o juízo do certo e errado. Eu não podia mais pensar em ficar perto dele. Que semana seria essa? Onde eu fui me meter?.”
Em meio a tantos riscos, Liza será capaz de se deixar envolver por um homem incerto? Ou deixará de viver um grande amor para proteger o coração, as morais e a honra? Com uma escrita rápida, o romance Riscos no Amor proporciona ao leitor um vislumbre da elite norte-americana, de intrigas internacionais e, acima de tudo, de uma paixão avassaladora.

(PS A capa da imagem acima é uma nova edição. Imagem do instagram da editora)

Autora baiana e best-seller da Editora Pandorga, Tatiana Amaral, mostra que um romance pode acontecer até mesmo no banco do carona
Uma história de amor pode começar em diferentes lugares: bares; restaurantes ou até mesmo em uma festa. Mas você já imaginou encontrar a pessoa amada no banco do carona de um carro? Este é o ambiente do livro A Carona, lançamento da autora baiana e best-seller da Editora Pandorga, Tatiana Amaral.

Na história, Daniel é um jovem empresário que, depois de vivenciar muitos problemas em relacionamentos, está fugindo de um novo. Com uma personalidade efusiva e confusa, Gabriela é literalmente um problema em pessoa. Um dia chuvoso e uma carona tornam o encontro entre os dois, outrora inesperado, uma história de amor um tanto quanto inusitada.
“Apesar de absorto em seus pensamentos, notou uma figura andando pela estrada em meio à chuva. Surpreendeu-se. Como alguém poderia estar no meio daquele temporal, caminhando em direção ao nada? Antes que a ultrapassasse, a pessoa virou em direção ao carro, ficando no foco dos faróis, e fez sinal de carona. Daniel não acreditou. A mulher da lanchonete estava pedindo-lhe carona.”
Durante uma viagem em uma longa estrada até o Rio de Janeiro, Daniel e Gabriela protagonizam uma história que traz um clima divertido e enigmático, repleto de altos e baixos. A Carona está bem longe de ser um romance convencional e cliché.
A narrativa traz um equilíbrio agradável entre o amor e ódio, e mostra de forma criativa como os opostos se atraem. Tatiana pega o leitor de surpresa a cada página.
Depois de se envolver com esta história de amor, uma carona com certeza não será mais a mesma.

E ai, curtiu algum deles?
Qual não ficaria de fora da sua lista? Qual foi aquele que bateu a maior vontade de ler?
É claro que essa postagem tem um outro motivo, mas isso eu só vou contar para vocês amanhã...
Então, fiquem de olho!!!!

Beijinhos,

Criado em 2010, o Amores e Livros é um espaço feito para dividir os nossos amores pelos livros, filmes, séries e alguns outros vícios mais do que saudáveis! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Ameeeei. Principalmente A Carona, da Tatiana Amaral e Quando o céu se Apaga. Achei a temática das duas incríveis e diferentes. Esse da Tatiana já tinha visto, mas os outros eu desconhecia. Adorei as dicas! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ameii as dicas e o que com toda certeza entrou na minha lista de leituras foi "Quando o céu se apaga". Claro que a primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa e sim, esse livro eu leria apenas pela capa e o titulo, mas com a premissa me surpreendi ainda mais. Estou ansiosa para lê-lo, o livro parece ser bem emocionante e tocante, amo livros assim! Mas pretendo dar uma chance também a "Riscos no Amor", pois tenho uma queda com romances com um bom cafajeste hahhah. E não poderia deixar de destacar que cada vez mais os livro nacionais estão melhores, e os quatro acima eu simplesmente adorei! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros nacionais. Quando o céu se Apaga parece ser muito emocionante. Achei bacana o enredo do livro Riscos no amor, acho que é um daqueles romances "suspiradores". Adorei a capa do livro A Carona, já li outros livros da Tatiana Amaral e gosto muito da escrita desta autora. Dicas anotadas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O que eu mais me interessei foi Riscos no amor apesar de ser muito clichê adoro quando na história tem homem mulherengo que de repente se ver apaixonado por uma mulher que não o quer. A carona parece ser bom e Quando o céu se apaga tem uma capa maravilhosa mas não sei se leria já que é bem diferente dos livros que costumo ler

    ResponderExcluir
  5. Acho que ainda não li nenhum lanaçmento nacional, embora tenha alguns na minha estante. Gostei da proposta de todos esses, mas não fiquei curiosa o suficiente pra comprá-los o mais rapido possível. Estarei esperando por mais posts assim por aqui.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Ótima dicas! Fiquei interessada em ler Quando o céu se Apaga e A Carona. As premissas são muito interessantes e as capas bonitas. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Gosto demais de dicas de livros, principalmente de autores nacionais.
    E fiquei bem feliz em ver um livro de uma alagoana na lista, sendo divulgado.
    Morei 18 anos em Maceió e minha mãe e irmã vivem lá, por isso, vez por outra passo uma temporada ao lado delas.
    “A sabedoria só nos chega quando não precisamos mais dela.” (Che Guevara)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Gostei muito do post, eu não conhecia nenhum dos livros, mas irei pesquisar mais sobre eles, ainda mais que eu amo nacionais, gosto de dar chance as nossas leitoras.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Adorei as dicas de livros nacionais, como estou buscando ler mais autores nacionais sempre é bom ver mais indicações. Dos livros citados só conhecia A Carona, quero muito conhecer a escrita da Tatiana Amaral e gostei da sinopse, pretendo ler assim que tiver a oportunidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Quando o Céu se Apaga tem uma premissa legal e uma capa linda, gostaria de ler. Para Sempre, Para Todo Sempre e Riscos no Amor parecem ser livros até interessantes, seriam uma boa leitura pra passar o tempo. E A Carona também tem cara de ser legal, além da capa muito bonitinha, gosto de ler romances desse tipo.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito das dicas e quero ler pelo menos dois desses: A Carona e Quando o céu se apaga.

    ResponderExcluir
  12. Confesso que preciso melhorar meu conhecimento sobre livros nacionais, não conhecia nenhum :O!

    O livro que me chamou atenção pela capa, pelo tema é Quando o ceu se apaga, tem muito haver com meu gosto literário!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras