Os números do amor I: Nove regras a ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean

05/09/2016

Olá pessoal? Tudo bem com vocês?
Como romance nunca é demais, eis aqui a resenha de um, para te instigar a lê-lo, porque sem sombra de dúvida, este livro merece ser lido. 

"A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente."

1. Beijar alguém... Apaixonadamente
2. Fumar charuto e beber uísque
3. Montar de pernas abertas
4. Esgrimir
5. Assistir a um duelo
6. Disparar uma pistola
7. Jogar (em um clube para cavalheiros)
8. Dançar todas as danças de um baile
9.Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.

O livro, é o primeiro de uma trilogia (Os números do amor) de Sarah MacLean, e se trata de um romance de época, um dos mais diferentes que já li. Callie, não é considerada bonita para os padrões preconceituosas da Londres daquela época, e depois de dez anos se passarem desde que debutou, apenas homens interessados em seu dote a haviam pedido em casamento. Mas, claro, ela é romântica e jamais aceitaria isso, sem falar que ela sempre foi apaixonada pelo Marquês de Ralston, Gabriel, ela o imagina todas as vezes que lê um romance. A única e breve conversa que tiveram, foi em seu baile de debutante há dez anos quando ela se sentia rejeitada em um vestido cor de damasco, e ele, como bom cavalheiro (e boêmio)a fez se sentir melhor em minutos para em seguida desaparecer no labirinto.

O Marquês em um dia que era para ser como qualquer outro, descobre que tem uma irmã, ilegítima, por parte de sua mãe, que há anos abandonara ele e seu gêmeo, juntos a seu pai. A notícia de uma nova integrante desta família, que veio morar com eles pode virar a vida de Gabriel de cabeça para baixo, pois sua reputação não é das melhores, com se não bastasse o escândalo de uma meia-irmã ilegítima. Ele então decidi acabar com sua vida de libertinagem, e pensa em alguém que possa apadrinhar sua irmã na sociedade. Uma dama. Com uma reputação imaculada.
 E é justamente neste meio tempo, que lady Calpúrnia  se sente desafiada, depois de ser chamada de passiva, a imaginar coisas que ela faria caso quisesse arriscar sua reputação sem se preocupar. Ela faz uma lista com nove itens, e o que mais me surpreendeu, é que ela não só escreve, como no mesmo dia (tarde da noite) sai sozinha para começar a cumprir.

 Eu poderia dizer o que ela fez primeiro e como fez (aliás,  é com imenso esforço que não falo) porque sem dúvidas ela me surpreendeu e eu gostaria que surpreendesse vocês também. Gabriel e Callie se envolvem tão facilmente, como se se encaixassem, e o mais incrível, é que justo os dois, acabam não se dando conta do que está acontecendo tão rápido quanto as outras pessoas. Talvez porque ela não dançasse em bailes há anos, e ele porque nem mesmo comparecia a eles.

"Ele a levou para o centro do salão para sua primeira valsa. Enquanto a guiava, Callie notou a mãe do outro lado do aposento com uma sorridente Mariana, observando-os. A condessa-viúva parecia completamente atônita."

O que parece impossível aos olhos da mocinha, acaba acontecendo e sem que ela perceba, ela e Gabriel, todos veem, mas os dois não. Todos os itens da lista de Callie são escandalosos para a época, e sempre que ela vai cumprir um deles, o Marquês está lá, mesmo sem saber de nada. E um dia, ele a faz prometer que o deixara ajuda-la nos próximos itens, o que acaba se tornando uma aventura maior do que ela mesma esperava. Ver o amor crescendo entre eles, sendo construído de forma tão simples e fluída, verdadeira  faz valer cada minuto do livro. Ralston tem magoas com sua mãe, e por causa dela, ele odeia o amor, e não acredita nele.
Mas, nada mais justo do que ele ter a oportunidade de ver que na verdade, o amor é lindo, e muito diferente do que sua mãe fez. 

"- Achei que me permitir amá-la me transformaria no papai. Achei que ela me tornaria fraco. Como ele.
 -Você está longe de ser igual ao papai, Gabriel.
 - Vejo isso agora. Ela me mostrou.- Ele fez uma pausa, perdido na lembrança dos grandes olhos castanhos de Callie, a boca larga e sorridente. - Meu Deus, ela me fez tão maior do que eu era."

Durante o desenrolar da história, devo dizer que callie ficou responsável pela apresentação da irmã do marquês a sociedade. Não me pergunte como, pois é uma loooonga história. As duas se identificam uma com a outra quase que de imediato e transformam sua relação em uma linda amizade. Mariana, a irmã mais nova de Callie, já esta noiva, mas ao contrário de várias irmãs mais novas dos livros e filmes, Mari é um amor, é amiga e companheira de Callie, e ela acaba ajudando  com Juliana, a irmã do marquês, as três tornam-se ótimas amigas, o que acaba introduzindo mais facilmente Juliana nas festas e bailes.

O desenvolvimento da história é lindo, Gabriel é impossível de ser odiado apesar de ser considerado um mulherengo, não dá pra odiar ele, até porque, com a chegada da irmã ele resolve mudar sua reputação e não haveria momento melhor para ele e Callie se encontrarem,  
Já o  gêmeo de Gabriel, Nick, também é apaixonante,(lembrando que o segundo livro conta a história dele e o terceiro a de Juliana),Nicholas é totalmente contrário ao irmão, é impecável se tratando de reputação, é um perfeito cavalheiro. Eu não vejo a hora de ler as continuações s2.


E aí gente? O que acharam?
Conta pra gente se vocês já leram ou se está na lista.
Beijos pessoal!!!
Até a próxima!

"As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos."- Clarice Lispector

Que tal conferir também...

13 comentários

  1. Amei a dica, que livro lindo, a capa é maravilhosa.♥
    Te seguindo como Art of life and books, segue o meu blog.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  2. NOssa amei a resenha...comcerteza já está anotado na minha listra....<3
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa amei a resenha, parabéns! Amo romances de época e esse com certeza me conquistou! Já estou apaixonada pelo casal e espero me divertir bastante com o livro, adorei as nove regras e estou ansiosa para ver como ela irá quebrar cada uma! A capa do livro está linda, parabéns a editora Arqueiro pelo trabalho! Embora eu prefira volumes únicos, não abro mão de ler essa trilogia. Entrou na minha lista de desejados, beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha visto a capa desse livro por algumas livrarias que passei, mas nunca olhei pra ele duas vezes (mesmo a capa sendo linda). Não sou muito de ler romances de época, mas ao ler essa resenha, admito que fiquei bem curiosa. Acho que da proxima vez que eu for numa livraria e ver essa belezura por lá, ele não me escapa kkkkkkk Adorei! Fiquei curiosa até mesmo para ler os outros (dez e onze). Ah essa minha lista de desejados que nunca diminui kkkkkkk

    Beijos 💋

    ResponderExcluir
  5. Amo romances de época e este mais um que está na minha lista!
    E agora depois da resenha lida, está pulando a ordem dos livros, rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha é ótima, além de expor detalhes da história deu também a sua opinião de forma muito tranquila. Eu não tenho lido romances de época, e nem sei se já li algum, mas quero muito começar, e seria ótimo começar por esse, principalmente porque você disse que ele é diferente de outros que já leu. O casal parece que tem muita química e eu adoraria ler isso, mesmo que os livros "solos" tenham me agradado mais.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ana!
    Adoro romances de época e quando vem com um amor que é construído aos poucos e ainda regenera um mulherengo incorrigível, deve ser bom demais de ler.
    Muito boa resenha!
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Amo romances de épocas! Já li a série completa e é difícil definir qual é o meu favorito.

    ResponderExcluir
  9. Já quero ler esse livro faz tempo, sempre que leio uma resenha fico com vontade, mas a falta de dinheiro pra comprar o livro e de tempo pra ler é maior rsrs Adorei a resenha, me deixou super ansiosa pela leitura. Quero muito ver como a Callie e o Gabriel ficam juntos.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Gosto muito de romances de época, sempre tão encantadores e cativantes. Ainda não li essa trilogia, mas já está na lista. E lendo sua ótima resenha, mais curiosa e motivada fiquei! Obrigada pela dica. beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Sou fã de romance de época, é meu gênero literário favorito, então esse livro está na lista de desejados desde quando vi o lançamento (acabei de acrescentar também o segundo livro publicado). Sou fã da Sarah Maclean, amei demais a forma como ela escreve. Como adoro essas protagonistas que fogem totalmente das regras impostas pela sociedade já sei que vou gostar da Callie, estou curiosa pra conferir as aventuras dela, bem como acompanhar seu crescimento pessoal. Esse Gabriel parece ser mais um daqueles libertinos irresistíveis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Aaaahhh que gostinho de preciso ler logo. Amei a resenha, e eu amo romances de época esse tem tudo para me agradar, estou super curiosa para saber no que vai dar a Callei tentando cumprir as coisa da listinha dela.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  13. Gente do céu eu já li esse livro e ameei *--* Já estou com o segundo livro e vou ler logo logo! Me diverti com esse casal haha e suspirei tbm! Eu amo um romance de época <3
    Adorei os trechos que tu selecionou, mt amorzinho.
    Beijos
    persuasaoliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras