Twice as Hot #4 – No Limiar do Desejo

12/02/2013

Oi Pessoal…

Depois de ter devorado Luxúria e não caber em mim de curiosidade para conhecer mais sobre o Dante, eis que semana passada (o lançamento do livro estava programado para dia 05/02 e ele chegou aqui na minha cidade dia 06 – dia que comprei e devorei o livro), aqui estou eu para tentar contar o que achei do livro.

tah no limiar do desejo

O livro é sequência de Luxúria, mas as histórias são independentes. Se você quiser ler a resenha do primeiro volume, basta clicar aqui.

Sinopse

Kara Crawford é uma advogada que sabe como guardar um segredo, ainda mais depois de ter sido desprezada por um ex-namorado ao lhe ter revelado suas fantasias sexuais. Ela não esperava encontrar alguém que pudesse realizar seus desejos mais íntimos e extremos, até vivenciar uma das noites mais incríveis de sua vida ao lado de um homem que há muito admirava. O sexualmente dominante Dante de Matteo conhecia Kara dos tempos do colégio e jamais havia imaginado que as fantasias mais sombrias de uma mulher pudessem ser tão compatíveis com as suas. Mas nenhum dos dois acreditava que aquela paixão pudesse passar de uma noite. Quando Dante é contratado pelo escritório onde Kara trabalha, os dois são confrontados diariamente com as faíscas daquela química explosiva e não sabem como lidar com isso. À medida que o desejo intenso os aproxima, temores bem profundos ameaçam separá-los e eles precisam aprender a abraçar da mesma maneira o medo e o prazer do amor. Vão conseguir? No limiar do desejo é o segundo livro da trilogia de romance erótico, de Eve Berlin, iniciada com o sucesso Luxúria. Conheça a história de como Kara Crawford satisfaz todas as suas fantasias sexuais com o antigo colega de escola Dante de Matteo, com quem passa a trabalhar. Uma história cheia de erotismo, tensão e intensidade.

163370_394264407326255_802772302_n

É difícil falar de um livro quando se espera demais dele. Eu fui arrebatada por Alec e o pouco que aparece de Dante em Luxúria me fez ter uma impressão de que ele também me “pegaria de jeito”. O fato é que isso não rolou. Não como aconteceu com Alec. Não como eu esperava.

Não estou dizendo que o livro me decepcionou ou que não me agradou. Longe disso. Eu gostei do livro e a narrativa de Eve Berlin é cativante. O livro é altamente sensual e bastou algumas poucas horas para eu chegar ao final, e mesmo querendo mais, considero No Limiar do Desejo uma boa leitura.

“Ela olhou para cima e viu uma silhueta alta, um contorno escuro contra a luza saindo pelo vão da porta. Alto, cheio de músculos e gostoso pra caramba.
02 - Carlos Casagrande 2Dante.
O corpo inteiro estremeceu.” (pág. 11)

Eu não vou falar da história. A sinopse está acima para quem quiser saber um pouco mais do enredo antes da leitura e qualquer coisa que eu possa acrescentar não será nada mais que spoilers. Então, vou tentar falar um pouquinho do que achei de alguns aspectos do livro.

De modo geral e comparado com o primeiro livro, No limiar do desejo deixou um pouquinho a desejar. Quer dizer, as coisas ficaram parecendo fáceis demais, o que acabou fazendo a história parecer um tanto forçada. Na verdade, nesse volume muita coisa ficou previsível demais. Não que isso tenha sido uma coisa ruim, somente fez eu ficar esperando por mais, desejando por mais.

Desire's Edge

Em contra-partida, tenho que tirar o chapéu para a Eve Berlin e sua criatividade nas cenas quentes. Com cenas super sensuais e muito bem escritas, arrisco a dizer que foi o que salvou o livro para mim. Sim, eu curto romances eróticos e não tenho vergonha de dizer que adoro a parte das sacanagens…rs Foi muito interessante voltar a visitar o Pleasure Dome com outras ‘experiências’ acontecendo por lá. E vale comentar que o chuveiro não vai mais ter a mesma cara para mim. O que me lembra que a capa americana tem tudo a ver com Dante, já que ele tem uma ‘queda’ enorme por água... Só faltou a moça estar usando uma camisa social branca =)

“Mas ele me julgou tão duramente, tão de imediato. Digo, quando ele descobriu que eu queria apanhar, fazer algo diferente do mundo do sexo com que estava familiarizado, no qual se sentia a vontade, acho eu, acabou. Assim, sem mais nem menos. E levou um tempo até eu entender que minha reação ao rompimento não tinha tanto a ver com ele... Era uma reminiscência dos meus pais. De nunca estar a altura. E o fato de ele me deixar por esse motivo fez com que eu me sentisse suja, quando isso nunca me pareceu sujo. Nada ligado ao sexo já me pareceu intrinsecamente errado antes, desde que fosse feito entre dois adultos em comum acordo, entendeu?” (pág. 99)

Kara é uma mulher que faz de tudo para agradar os outros. Ela tem fantasias de submissa desde nova, mas quando abre o jogo pela primeira vez ela é julgada e abandonada pelo seu namorado. Além disso, ela ainda tem as constantes inseguranças de nunca estar a altura, vinda de pais que nunca tiveram tempo para serem pais. E assim como Dante ela não estava a procura de um relacionamento mais sério, se dizia com o coração fechado.

“Ele a observou dormindo, como fizera antes. Por que estava tão fascinado por aquela mulher?
Ela era maravilhosa. Ele adorava seu corpo firme e delgado, as pernas infinitamente longas. A curvatura perfeita da bunda. A pele aveludada e pálida. Amava seu longo e sedoso cabelo, da maneira como a luz o fazia parecer um entrelaçado de bronze.
Caramba, de repente ele tinha virado poeta.” (pág. 47)

Dante é um Dominante a um bom tempo, sabe o carlos-casagrande-2 cópiaque quer, o que gosta e como fazer as coisas serem interessantes e prazerosas para os dois lados. Arrisco a dizer que a pequena aparição dele em Luxúria me fez ter uma ideia de um Dante mais agressivo, mais forte, mais ‘hardcore’ e que nesse livro essa parte não foi tão desenvolvida. Volto a dizer que me encantei com Dante, mas em alguns momentos ficou mais suave do que eu gostaria. (Ok, pode ser que a errada aqui sou eu que  estava esperando um super dominador…rs)

A atração do casal vem de muito tempo e a química entre eles deixa qualquer leitora torcendo para encontrar um caso/lance/romance em seu caminho um pouco parecido com o dos dois. Kara não tem preocupação nenhuma em abrir totalmente mão do controle, mas ela também sabe inverter um pouco o jogo e ser mais atuante, o que faz com que Dante, mesmo não abandonando o papel de Dom, entre em território desconhecido.

Carlos-Casagrande4

“O rosto dele possuía uma expressão curiosa e demorou um tempo até Kara reconhecer se tratar de puro desejo. Mesmo com as roupas que vestia, ela sentia o calor proveniente dele, propagando-se feito um pequeno choque por causa de sua mão no braço dela.
Ela inspirou fundo, tonta com aquela sensação.
Isso não pode estar acontecendo.
Só que estava.
Era apenas química. Ela tinha uma queda pelo Dante há anos, e aqui estava ele, como num passe de mágica. Mais bonito do que nunca. E ele era legal. Inteligente. Fácil de falar. Era uma reação perfeitamente normal. Uma mulher teria de ser cega e completamente frígida para não reagir a Dante de Matteo.” (pág. 16)

Até ai, apesar de algumas faltas, tudo bem. O problema que tive com as personagens foi quando Kara começou a sentir algo mais e não acreditar que Dante poderia também estar sentindo esse algo mais.

“Ela não devia desejá-lo tanto. Certamente não deveria necessitar tanto dele. Mas assim o era. Tinha medo de ser mais do que os beijos exigentes, seu toque talentoso. O jeito como ele sabia do que ela precisava instintivamente. O sexo safado e fantástico. Mas Kara estava com medo de parar e analisar tudo, pois, se o fizesse, teria de encarar o fato de Dante de Matteo ser um homem pelo qual ela se apaixonaria.
Ela não pretendia se apaixonar mais. (...)
Entretanto, não significava que ela iria se apaixonar por ele. Kara não era esse tipo de garota. Nunca tinha sido nem seria agora.
Só não pare de ficar repetindo isso para si mesma.” (pág. 84)

Foi quando percebi que Dante realmente era aquele cara mais hardcore que eu esperava mas que se limitou a ficar no ‘mais leve’ porque “bastava ser ela”.

“Dante era incapaz de acreditar.
(...)
Nada o tinha feito se sentir melhor do que Kara. Nada. Ela era tudo o que ele conseguia pensar. O resumo dos seus desejos. E tudo era bom demais para ele avaliar por que esse tipo de pensamento nunca lhe ocorrera antes.
Kara.
Pela primeira vez, ele não queria mais nada - nem ninguém.” (pág. 135)

Não é que eu não goste de um lado mais romântico e de que o amor muda tudo e todo esse blábláblá, mas não houve muito tempo para isso ser desenvolvido, coisa que fica clara com o final cheio de angústia, sofrimento e resolvido de forma apressada, deixando uma sensação de “sério que acabou?”.

Eu fiquei contente quando soube por algumas resenhas no GoodReads que Alec e Dylan apareciam nesse livro. Foi bom rever os dois e acho que eles deveriam ter uma aparição um pouco maior. Quer dizer, a cena que os dois aparecem poderia ser um pouco mais longa e talvez fizesse uma maior diferença no andar da história. Bom, talvez não. Acho que esse sentimento vem só do meu carinho por esses dois personagens que me faz não cansar de desejar vê-los de novo e de novo….rs

“- Você tem gosto de mel, Kara. Eu juro - ele murmurou contra a carne desejosa.
Ele lambeu de novo. E novamente. A língua era macia, sedosa e quente. O movimento a queimava por dentro. De prazer. Com uma necessidade que ia crescendo, subindo mais e mais.”tumblr_mgyavfFkuk1qm7gexo1_500 (pág. 29)

Quanto a edição… Eu adorei a capa nacional. Achei muito linda e as folhas pretas iniciais, além dos detalhes no início de cada capítulo deram um charme a mais à edição. Encontrei alguns erros, mas nada que chegasse ao ponto de me deixar irritada. Só fiquei confusa com o porque da diferença na tradução entre os dois livros – achei esquisito ler subspace depois de ter lido um livro inteiro falando do subespaço. Claro que isso não chega a estragar a leitura e nem tira o brilho da edição, só estou tocando no assunto porque achei mesmo meio esquisito.

10576_499536123431532_656624810_n cópia

Resumindo… Mesmo querendo mais e achando que faltava alguma coisa é impossível dizer que não fui envolvida e seduzida pela história de Dante e Kara. Eve Berlin entrou na minha lista de escritoras preferidas (ainda mais que descobri que ela tem mais livros escritos como Eden Bradley e que eu já estou correndo atrás para ler). Gostei sim do livro, foi uma leitura leve e agradável que me renderam ótimas horas de lazer. Mesmo com o toque de BDSM, a coisa toda aqui é bem baunilha – talvez até um pouco mais do que em Luxúria - e vai agradar até quem curte histórias mais suaves. Com certeza eu recomendo para quem curte o gênero.

Beijinhos,

Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

32 comentários

  1. Eu estou lendo ele no momento... E estou adorando... Eu gostei de Alec, mas no meu intimo sentia que faltava algo... E do Dante eu estou gostando muito, bem mais do que gostei de Alec... Ele parece ter aquele lado que eu sentia falta no Alec... Gostei de sua resenha Lica. É bem aquilo... A literatura é um reflexo de nossa vida e de nosso eu. Logo gostamos mais naquilo que nos imaginamos mais... Eu pelo menos sou assim... Bom sempre conhecer diversas opiniões... Vamos ver até o fim do livro o que eu acho dele. Por enquanto estou amando.

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li Luxúria e na verdade nem sabia que teria "continuação". Me pareceu tipo a Bella Andre, que tem um livro para cada personagem? Será que tem muitos outros volumes? Vamos ver se consigo ler.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vc Gabi.... Eu adorei o Dante, de verdade! Mas Alec foi aquele "boom" sabe? Até pq ele chegou perto do meu ideal de mocinho perfeito....rs
    Vanilda... São 3 livros no total... Alec e Dylan em Luxúria. Nesse é Dante, amigo de Alec e no terceiro - sem previsão de lançamento por aqui - tras a história de Misha, amiga da Dylan....

    ResponderExcluir
  4. Não é o gênero literário que estou acostumada a ler, apesar de já ter lido num passado muito distante na adolescência aqueles romances de banca (não sei se chega a ser apenas semelhante ou mais avançado!)
    O fato é que não me inspira muito ler este gênero que está muito na moda hoje.

    ResponderExcluir
  5. Tenho Luxuria mas ainda não li. Dos livros da nova onda hot, só li 50 Tons e achei que poderia ser bemmmm melhor. Vou ler Luxuria já que as historias são independentes. Quem sabe essa trilogia não me agrade mais. bjkss

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda estou vendo as imagens!! Não consegui entender o que vc escreveu!! Depois eu volto e faço comentários pertinentes... vou continuar olhando as imagens!!

    Fui!!

    ResponderExcluir
  7. Olha, eu não tenho acompanhado essa onda hot da maneira adequada, por que a grana está curta. Ouvi algumas impressões sobre o primeiro da série, mas estou mais declinada a ler sobre o Dante. Sei que a proposta desses livros é o SEXO e as práticas que advém dele, mas para mim é preciso ter mais do que isso para a estória me convencer...

    ResponderExcluir
  8. Pô Lica sacanagem... fiquei 2 horas tentando ler a resenha mais sempre paro na imagem... estou enrolando para comprar essa série mais acho que não vou aguentar muito tempo!!! rs

    AMEI a resenha *___*

    ResponderExcluir
  9. Fiquei bem curiosa com o livro, não sabia que era a continuação de Luxúria, mas já que você disse que não foi isso tudo, então fico meio na dúvida..

    ResponderExcluir
  10. Letícia...
    O livro é muito bom, adorei mesmo! O caso é que eu estava esperando uma pegada mais pesada do Dante, assim como senti com o Alec e foi isso que me deixou um pouco desanimada. Não é que eu não gostei, eu gostei sim, mas ainda acho que o primeiro é mais minha cara.
    Ah, e vale muito a pena a leitura se você gosta do gênero.
    Ele está sendo vendido como continuação, mas as histórias são independentes - só fazem parte da mesma trilogia por estar no mesmo contexto/cidade e grupo de amigos.
    Dê uma chance ao livro. Acho que você não vai se arrepender!!!!

    ResponderExcluir
  11. Eu não tava interessada nessa trilogia, mas se no fudo tem uma história bacana para balancear não custa dar uma lida.
    Adorei a escolha de imagens.
    Bom,não tenho fricote em ler cenas ousadas, minha bronca é quando tenho de escrever. hahaha Quanto a dominação, não consigo entender esse desejo de dominar e ser dominado, mas cada um pensa de uma maneira.
    Essa capa é muito linda e adorei a sinopse. Outro ponto que gostei foi ser independente. =)

    ResponderExcluir
  12. Putz... pelo jeitão o livro te ganhou hein? É daqueles que se leva até para debaixo do chuveiro rs. Gosto de um livro "hot", de livros com pegada. Há que se levar em conta que a maneira de se administrar o enredo ou de se contar uma boa transa ou relacionamento faz toda a diferença. Não conheço nada da autora, mas está em minha alça de mira.

    ResponderExcluir
  13. Que resenha é essa.. fiquei mega curiosa pela cena do chuveiro e desesperada para ler esse livro,não li Luxúria,mas vou ler logo ele para ler No Limiar do Desejo logo em seguida....

    amei seu blog,sua resenha,os quotes... são de enlouquecer qualquer uma....

    Bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu provavelmente sou o tipo de pessoa que não curte modinhas... e esses livros por mais que pareçam legais algo neles me deixa meio com um pé atrás...

    O único hot que andei lendo é o da Anne Rice e fiquei satisfeita, mas esses que se passam no mundo real... não sei... realmente fico meio assim de ler hehehe (vai entender né?)

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li Luxúria, mas gostei do post Twice as Hot que você fez sobre o livro. Acho que vou gostar bastante desse livro, porque gosto mais dessa coisa "baunilha", não que eu não goste dessa pegada BDSM, eu gosto, mas uma coisa mais leve é mais meu gênero, acho que é por conta de eu ser uma fã de 50 tons, o que eu sei que nem se compara com esses livros, mas é meio difícil não comparar né.
    Quero muito ler esse livro, e espero me deliciar com ele!

    ResponderExcluir
  16. Irei comentar nessa resenha sobre um forte protesto, não li o livro, estou igual a cachorro na frente do açougue quando estava lendo essa resenha.

    Na minha atual situação irei gostar dos dois, apesar de Alec ter me dado muito cansaço fisico, kkkkkkk acho que Dante não irá ficar pra trás, então terei que ir para academia kkkk treinar um pouco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Eu tô numa fase hot e com certeza esse livro esta na minha lista no skoob.
    A capa é linda.
    Mesmo não sendo uma continuação de Luxúria, eu vou ler Luxúria antes deste livro. Gosto de seguir a mesma linha que a autora.

    ResponderExcluir
  18. Interessante saber que esse é mais 'suave'. Acredito que vou gostar mais desse do que de Luxúria, embora só lendo para saber, né?

    ResponderExcluir
  19. UAU!!!!
    Que delícia de postagem. Amei as imagens e a resenha. Parece que Dante não te seduziu tanto e mesmo assim vc se apaixonou por ele, quer coisa mais encantadora do que isso?
    Quero muito o livro!!!

    ResponderExcluir
  20. Eu também curti muito a capa nacional e os quotes que você selecionou. Acho que boa parte dos romances eróticos tem uma historia um tanto quanto previsivel mas nao deixam de ser legais ^^

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  21. Eu amei Luxúria, mas ainda não consegui ler No Limiar do Desejo.
    Foi muita maldade essa resenha cheia de imagens lindas e tão perfeitas citações.
    Fiquei babando e vou ter que ir atras do livro. Se já queria conhecer melhor o Dante, agora então...

    ResponderExcluir
  22. Mais uma série.
    Mais uma série de livros eróticos.
    Minha nossa, esta febre está muito, muito grave,hehehehe. Eu não tinha lido nenhuma das resenhas que encontrei por aí sobre esta série, mas achei as capas bem atrativas. Às vezes isso acaba me puxando e levando a ler algo que eu normalmente não leria ;-)
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
  23. Então acabei de ler Luxuria e não gostei do livro. Tem menos história ainda do que Cinquenta tons. Não gostei da maneira que a autora escreve, achei muito repetitiva as cenas de sexo.

    ResponderExcluir
  24. Também gosto de livros eróticos mas ainda não li luxúria, não imaginava que fosse tão bom. Vou colocar na meta de 2013. :)

    ResponderExcluir
  25. Nem sei se curto o gênero, pois ainda não li nada parecido. Uma pena que esse segundo volume da trilogia não tenha sido tão bom quanto o primeiro, mas pelo menos ele ainda continuou em um nível bem legal. Pretendo ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  26. A nova febre no mundo literário são os livros eróticos e claro em série...kkkk
    Ainda não li o livro. Uma amiga leu "Luxúria" e falou super empolgada sobre ele. Adorou!!!

    ResponderExcluir
  27. Depois dessa resenha... Dos quotes... Dessas imagens....
    Não tem como não querer o livro.
    Sabe quando você já dá por certo que vai se apaixonar pelo livro? Estou assim!
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Me apaixonei pela capa do livro. E mesmo que o livro não tenha empolgado tanto quanto o primeiro eu quero ele em minhas mãos o quanto antes.
    Adorei a escolha das imagens - estão ótimas, ficou até difícil se concentrar na resenha.
    Melhor ainda foi a escolha dos quotes. Perfeitos!

    ResponderExcluir
  29. Nossa, que livro hein! Essas citações estão ótimas!
    Ainda não li luxuria, infelizmente.

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Gente que resenha é essa???
    As editoras entraram na fase dos livros hots e está dificil saber o que é bom e o que é somente mais do mesmo.
    Ainda não li Luxuria, mas por essa resenha acho que vou gostar da série.
    Bom saber que um é um pouco mais suave do que o outro, mostra que a autora balanceou bem a série sem ficar tudo na mesma proporção o que pode agradar muitos tipos de leitores.
    Eu não me incomodo com cenas fortes e tal, mas prefiro um pouco mais do que isso. Parece que Dante é mais a minha cara... Será?

    ResponderExcluir
  32. beijos de lingua com pegadas quentes gif

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras