Quando uma garota entra em um bar... - Helena S. Paige

10/03/2014


Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir... O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede. Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor... E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal! Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão. Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer!


Sou fã de sexy Sellers, embora não tenha lido muitos. Desde " 50 tons", parece que o mundo deu às mulheres a liberdade ler esse tipo de literatura sem nenhum pudor. Quando a Lica me deu nas mãos " Quando uma garota entra em um bar", fiquei toda animada para começar a ler, por que algo havia me chamado a atenção. Nesse livro, você decide o que acontecerá a seguir com a personagem principal, dessa forma, muitas podem ser as possibilidades desse livro.

Comecei a ler e acabei na mesma noite, naquela curiosidade de saber o que acontece no final, e grande é a surpresa quando você percebe que vários podem ser os finais.
Esse livro é escrito a seis mãos, ou seja, três autoras que decidiram escrever a narrativa juntas. o que deixou o livro excitante e bastante real.

Dá pra imaginar certinho tudo que a personagem principal passa, cada toque de seus companheiros. O legal é que no livro, ela enfrenta todo o tipo de situação, só que você que dá o rumo a história. Ela parece até uma escrava das palavras.

Eu adorei a estrutura. Nunca tinha lido um livro de tal proposta, mas me animei e darei mais oportunidades a esse estilo de livro.

No mais, posso afirmar que é uma narrativa bastante rápida e instigante. Não há nada além dos medos da personagem. Não é uma história enrolada, é apenas a saga de uma mulher que quer sair da "seca", mas de maneira casual. Super recomendo!


Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

4 comentários

  1. Me surpreendi com a resenha,porque logo que o livro foi lançado li algumas resenhas negativas sobre ele, e perdi toda minha curiosidade a respeito, mas gostei da sua resenha!
    P.S. Quando sai o resultado do top comentarista?

    ResponderExcluir
  2. Oi Fabi, eu gostei desta proposta meio interativa do livro. Ainda não li, mas fiquei bem curiosa. Acho o título também bem curioso...
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu também li rapidinho por conta da curiosidade. Já tinha lido um livro com esta estrutura, mas era infanto juvenil.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Já tentei ler livros Hots, mas eu não consigo me prender a leitura :(
    A Novo Conceito caprichou na capa do livro.
    Bjokas.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras