Resenha "Cinco Luas" de Ronaldo Cavalcante

09/03/2012

O mundo da leitura é fascinante. Todas as possibilidades são reais nele. O fascínio que eles provocam nos leitores é de proporções variadas. Te transportam para outros lugares, te ajudam na escrita, na imaginação, na criatividade. Os livros são amigos fiéis e incontestáveis.

Me perguntam porque eu começaria um post assim. Ainda mais tendo a responsabilidade de ser a primeira resenha de um Book Tour.

Bom, a resposta é simples. 

As histórias que temos acesso são fontes de inspiração e de memória. Não basta saber ler. É preciso ter experimentado a vida para viver uma história de um livro. O desafio é criar na mente um espaço onde as imagens descritas pelas palavras em um livro tomem forma, cor e vida. 

Pra cada individuo a experiencia é diferente. É relacionada com o número de coisas que já presenciou, viu, ouviu e leu. Pra cada um de nós a experiencia é diferente.

Analiso isso partindo das perguntas que minha filha faz. Quando ela me pede pra contar sobre o que estou lendo. Ela tem apenas quatro anos. As experiencias imagéticas dela são mais recentes e em menor número do que as minhas, além de não haver uma classificação exata sobre as coisas. Sua construção frasal ainda é simples, direta, prática. Pra contar a ela sobre uma história que estou lendo tenho que porcurar correspondências dentro daquilo que ela já conhece. Preciso aproximar o mundo do livro ao mundo dela.
É neste ponto que reconhecemos a magia da leitura.

Todas as memórias que você ativa quando lê uma história, pra imaginá-la, são só suas. O que escrevem para ativar essas lembranças é o que torna um livro interessante. E o que é magnífico pra mim, pode não ser pra você. Não vivemos as mesmas coisas! Nem mesmo irmãos gêmeos podem ter a mesma opinião sobre a vida. É único, como cada ser, por mais parecidos que sejam.

Imagens.

Referências.

Este livro me fez lembrar claramente de muita coisa. Um intrincado nós de informações e fontes de referencia a cada linha fazendo as conexões mais absurdas com tudo que já estava em mim pra história criar vida.

Fazia muito tempo que eu não lia algo que me fizesse viajar tanto dentro de minhas memórias (desde o 'Amor de Redenção') e este livro me deixou apaixonada por igual. Com linguagem simples e direta, o autor cria sua identidade na escrita, que é leve e fluente.

Amo filmes. A resposta da memória é automática, mais simples, você pensa 'eu já vi isso em algum lugar'. No livro não. Você vai acompanhando a história, criando o mundo em seu pensamento e depois disso se pergunta 'onde eu já vi isso?' 

Este livro foi maravilhoso pra mim. Como eu disse, o que é bom pra uma pessoa pode não ser pra outra. Ele o foi pra mim não pela história contada mais por tudo que eu resgatei em minha mente pra recriar meu filme particular. Criei o meu mundo pra esta história. Coloquei nele muitas coisas que talvez o próprio autor nem venha a saber o porque.

Encontrei no mundo do Cinco Luas (na minha cabeça) amigos conhecidos... Coisas estranhas, conexões esquisitas, mas que fizeram todo o sentido para mim. Usei Resident Evil, Eu Sou a Lenda, Avatar, HellBoy, Capitão Planeta, X Men, Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco, O Dia em que a Terra Parou, Yugi-oh, MiB, O Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, Caverna do Dragão e muitos outros que fazem parte de mim. E a cada descoberta do tipo 'caraca, isso me lembra tal coisa' eu ia querendo ler mais. 

Até que o livro acabou.

Oras, Gi, (vocês devem estar se perguntando) você não falou nada sobre o livro! 
Eu digo, não é do meu feitio. Sou contra essa coisa de contar a história. Eu só peço pra me contarem quando eu tenho certeza que nunca lerei o livro ou verei o filme. Ai eu procuro informações. O que todos precisam saber é das impressões. Isso eu fiz! Ninguém mandou o livro vir parar em minhas mãos primeiro... [;)

Posso falar algumas coisinhas. Que não entreguem. Cinco Luas. Cinco Problemas. Cinco pessoas especiais. Cinco poderes. Cinco interesses. Uma ameaça maior. Um pacto. Uma solução. Milhões de detalhes, Milhões de paixões, milhões de possibilidades e um final surpreendente!

É isso! Minha tarefa é deixar o olhar atento ao lerem este livro. É despertar o interesse. É mostrar que pra uma pessoa no mundo que seja, a relação que tive com a história. Agradeço mais uma vez a Lica que me proporcionou essa delícia. Geralmente ela tenta acertar, mas ela acerta em cheio quando nem sabe...

O livro:
Sinopse: "O terror e o desespero se espalham quando uma onda de abortos em todo o mundo acontece sem precedentes. Durante seis meses nenhuma criança nasce viva em todo o planeta. Descobre-se então que uma espécie de doença está afetando todo o globo tornando todas as mulheres estéreis. Esse fato é apenas o estopim do que os povos que se autointitulam soberanos chamam de Extinção. Uma peste destruidora e aparentemente sem cura que ataca de maneira misteriosa determinando se os povos merecem permanecer entre os melhores ou devem perecer e ceder suas terras e recursos aos soberanos intocados pela terrível doença. A Terra começa a ser invadida por seres maravilhosos e hostis, viajantes de lugares distantes em bases colossais, seres imunes a Extinção. Povos escolhidos pela criação para permanecer e conquistar. É uma questão de tempo até todos no planeta morrerem sem sucessores ou serem simplesmente assassinados se assim decidirem os soberanos."


É isso!
Espero que tenham gostado. Avisamos que o livro vai viajar para o Ilusões Noturnas.

Pedimos a todos que tiverem interesse em participar do BT deste livro entre em contato com a gente no Facebook!

Até mais.



Que tal conferir também...

8 comentários

  1. Preciso dizer que fiquei emocionado? hehe
    Adorei sua resenha crítica, Gisele. Realmente foi bem diferente das outras e confesso que fiquei um pouco com medo no começo, tudo soava não ir bem... não sei... quase apavorei. haha
    Mas fiquei radiante (mega ultra hiper blastus feliz ^^) em saber que conseguiu imaginar tudo o que tento descrever em Cinco Luas com suas referências de vida.
    E porque radiante? Simplesmente porque é fantasia, e não é nada fácil deixar claro para algúem como funciona sua imaginação ou como você vê as coisas. E é aí que as referências de vida ajudam e muito nas visualizações.
    Antes mesmo de Cinco Luas o que seria de Senhor Dos Anéis para mim sem a caverna do Dragão como você citou? e por aí vai...
    Concordo com tudo o que vc disse, quem escreve só o faz porque já leu muito, viu muitos filmes, e já viajou muito em cima de outras obras. Fico satisfeito, sentimento de missão cumprida, ao saber que com tantas "referências" ainda consegui fazer algo meu, interessante, cativante, emocionante e inovador. Que SEMPRE foi meu propósito, claro.

    Meu muito obrigado, minha linda.
    Um grande abraço constritor de Balor, Guardiã.

    ResponderExcluir
  2. Legal, gostei da resenha, ja tinha vontade de ler o Cinco Luas, e agora fiquei louca de vontade!! Gostei tb do seu comentario Ronaldo ;-)
    bjs
    Nara

    ResponderExcluir
  3. Querido "Tio" Ronaldo, Estou lendo a trilogia do Stieg Larsson - são volumes grandes. Ainda não tive o prazer de ler o seu Cinco Luas, mas, pelos comentários acho que também vou adorar a sua obra literária. Bjs da sua fã Angelina.

    ResponderExcluir
  4. Esses livros nacionais vem cada vez mais me surpreendendo, muito legal isso. Antes eu não dava nada pelos livros do Brasil, porém ao ler os livros do selo Novos Talentos da Literatura Brasileira eu mudei esse conceito. O melhor livro que eu já li é brasileiro e dessa editora, e eu gostei de todos os outros. Desde quando eu vi esse livro no site da editora eu já achei muito interessante, mas agora que li a sua resenha fiquei com muita vontade de ler e de conhecer a estória escrita pelo autor.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Quando esse livro vai vir para mim hein? Fiquei SUPER curiosa ... Gi sempre deixando aquele suspense no ar ...

    ResponderExcluir
  6. hmmm parece ser muito interessante esse livro... consigo encontrar ele aqui em Blu?? ou então aceito empréstimos Gi... hehehehe

    ResponderExcluir
  7. Hahahaha Adorei a resenha Gi!!! Quero que ele chegue por aqui logo!! Já comecei com caraminholas na cabeça!!! Adorei!

    ResponderExcluir
  8. Gi... Você sempre fazendo a gente ficar morrendo pelo livro, né? E isso sem contar praticamente nada do que acontece!!!
    Vou acompanhar o BookTour, com toda certeza.
    E já estou colocando o livro na minha lista de desejados.
    Aceito presentes!!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras