Lentes Mágicas #41: O Pequeno Nicolau

01/03/2012

Olá saelnautas! 

Muita coisa irá acontecer no blog e nosso L.M. continua com tudo!
Hoje, trago até vocês um filme cult não muito antigo, 'O Pequeno Nicolau'.

O PEQUENO NICOLAU

Original: Le petit Nicolas

Lançamento: 2010

Direção: Laurent Tirart

Elenco: Maxime Godart, Valérie Lemercier, Kad Merad, Sandrine Kiberlain

Gênero: Comédia, Família

Nacionalidade: Bélgica/França

Sinopse: "Nicolau (Maxime Godart) leva uma vida tranquila, sendo amado por seus pais e com diversos amigos, com os quais se diverte um bocado. Um dia ele surpreende uma conversa entre os pais, a qual faz com que acredite que sua mãe está grávida. Ele logo entra em pânico, pois acredita que assim que o bebê nascer ele não mais receberá atenção e será abandonado na floresta, assim como ocorre nas histórias do pequeno Poucet, de Perrault."

Um filme apaixonante. Simples, engraçado e real. Real no sentido de que leva você á infância, provavelmente década de 40, com seu contexto e história.
É um filme sobre as deliciosas confusões de crianças na descoberta e dúvidas sobre assuntos 'assustadores' para elas. Nele você pode ver a simplicidade do raciocínio de meninos fantasiando a vida com informações incompletas e confusas, que os fazem criar soluções das mais mirabolantes para deixar tudo que os preocupa de lado.

Imagine só, uma classe só de garotos, na maioria filhos únicos, cada um com suas características bem definidas: o estudioso, o glutão, o tímido, o desligado, o articulado, o astuto... Juntos, formam uma trupe de amigos inseparáveis e leais aos problemas um do outro. Mal entendidos (digo mal, mas para eles era tudo muito lógico) que geram um delicioso desenrolar da história com um final surpreendente. A professora dedicada porém exausta, o coordenador estranho e opressor, o diretor oportunista, o pai desengonçado porém honesto e bem intencionado, a mãe dominadora porém doce e meninos na flor da idade das descobertas mais escabrosas que se pode imaginar aos 8 anos. 

Personagens comuns, problemas comuns, situações incomuns, criadas, é claro, pela ingenuidade dos garotos. Tudo aquilo que conhecemos um pouco, pelo menos a galera da minha geração (1980 em diante) ainda conhecemos e desejamos pros nossos filhos. Alguns valores hoje tão esquecidos pelas crianças (e pelos pais) que recheiam nossa mente de boas lembranças e rendem boas risadas.

Para mim, um filme para ser visto por toda a família. Leve e divertido, ajuda a relembrar o que um dia esquecemos sobre amizade, perseverança, lealdade e sonhos. Sem falar que já chama atenção no inicio com os créditos como um livro de Pop-Up. Pra quem gosta de livros, já é um bom chamariz para acompanhar o filme...

Espero que tenham gostado da dica de hoje. Nos encontramos na quinta feira que vem com mais um filme.

Apreciem e comentem. Adoramos ter o retorno de nossas publicações!

Abraços.

Que tal conferir também...

3 comentários

  1. Nunca ouvi falar desse filme. Mesmo. Vamoos ver se um dia me anim a descobrir este filme. só a cara de sapecas dos meninos já aguça a curiosidade.

    ResponderExcluir
  2. Ai adorei! Adoro filmes do gênero!!! Nunca tinha ouvido falar e quero assistir! Adorei a indicação!

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido sobre esse filme. Adorei a indicação. até porque as vezes a gente vê o nome e por não conhecer não assisti.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras