Lentes Mágicas #44: O Noivo da minha melhor Amiga

22/03/2012

Olá Saelnautas!

Boa quinta feira a todos!

Hoje minha indicação não partiu de mim... Foi uma indicação de uma amiga que agora compartilho com vocês!


O NOIVO DA MINHA MELHOR AMIGA

Original: Something Borrowed

Elenco: Kate Hudson, Ginnifer Goodwin, Colin Egglesfield, Ashley Williams, Steve Howey, Peyton List, John Krasinski.

Direção: Luke Greenfield

Gênero: Comédia Romântica

Duração: 103 min.

Distribuidora: Playarte Pictures

Estreia: 13 de Maio de 2011

Sinopse: "Rachel, uma advogada muito certinha, está prestes a completar 30 anos. Na comemoração, ela acaba bebendo demais e vai para a cama com Dex, amigo de faculdade e também noivo da sua melhor amiga Darcy. Sentindo-se péssima com a situação, as coisas parecem piorar a cada momento, pois Rachel será madrinha do casamento e vai ter que lidar com os preparativos da festa, seus sentimentos por Dex e ainda, a sua amizade cultivada desde a infância com a noiva traída."


Seria a amizade entre amigas mais frágil do que a que existe entre homens? Para discutir novamente o tema, mais um filme que coloca em xeque a fidelidade que as mulheres têm com suas amigas quando um homem entra na equação. No caso, as "BFFs" são Rachel e Darcy, que testam sua amizade.

As duas se conhecem há mais tempo do que suas memórias mais antigas e passaram os melhores momentos de suas vidas juntas. Foi Rachel, por exemplo, que apresentou Darcy ao seu noivo...

Rachel é a nerd que parece nunca ter feito nada de errado em sua vida. Darcy é a loira que adora ser o centro das atenções. Depois de algumas doses a mais, Darcy está naquele estágio em que a parede começa a girar, e na hora de ir embora deixa para trás a sua bolsa novinha (e caríssima). Dex volta para procurá-la e resolve sair para tomar uma cerveja com a aniversariante. Então começa a coisa toda.

A história não é lá das melhores, mas as piadas são boas (quando vistas na linguagem original, detestei a dublagem deste filme... conseguiu ser pior do que Batman o cavalheiro das trevas!)

No começo, você pode até achar que o diretor vai carregar o filme de flashbacks, mas este subterfúgio some quando os amigos vão aproveitar o verão em Hamptons, balneário de luxo perto de Nova York. Começa então a parte cômica do filme, principalmente com o mal aproveitado John Krasinski no papel do melhor amigo de Rachel...

O clímax dos desentendimentos vai acontecer em uma noite chuvosa ao som de "Fake Plastic Tree", do Radiohead (pelo menos a música é boa...). E se ainda havia qualquer dúvida de como tudo isso acabaria, a viagem de Rachel a Londres trata de minar a esperança por um final diferente.

O único traço de genialidade do filme fica no seu título original. Something Borrowed (alguma coisa emprestada) faz alusão a uma superstição estadunidense de que a noiva precisa usar algo emprestado de sua madrinha para ter sorte. Aqui, obviamente, o objeto emprestado foi o noivo... dai então a sacada do nome em português... mas isso não é graças aos cineastas, é pelo livro em qual se baseia... Something Borrowed de Emily Giffin... que é bem melhor que a versão cinema...



Sem muito o que acrescentar como arte cinematográfica e com uma das atrizes que eu mais odeio nas telonas eu deixo a vocês os comentários finais. Só digo uma coisinha: haja refri pra engolir tudo aquilo... se preparem...

Abraços


Fonte: Cinepop

Que tal conferir também...

7 comentários

  1. Gostei da sinopse e da resenha! Vou querer assistir. Não são todos filmes deste tipo que curto, mas um ou outro sempre me atrai e acabo querendo ver! Vou providenciar!

    ResponderExcluir
  2. Filme bem sessão da tarde, não é???
    O que me deixou aqui questionando é qual das duas é a atriz que você mais odeia e mais, o porque de tanto odio... hehehehe

    ResponderExcluir
  3. O enredo não é lá essas coisas, mas numa tarde chuvosa sem ter muito o que fazer e regada à muita pipoca e refri, acho que vai, né?

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  4. Hummmm me parece que o filme é bem sessão da tarde....rs
    Será que é isso mesmo? Bom, nunca deve se comparar um filme com um livro porque o ultimo sempre vence, não é?
    Mesmo assim, colocando ele na lista!!!!
    Adoro filmes agua com açucar para ver em dias de chuva....

    ResponderExcluir
  5. Sabe que eu acho que a história que a Emily escreveu combina muito mais com o filme?
    Quer dizer, me parece que a coisa toda funciona melhor nas telas do que nas páginas...
    Não li o livro, nem assisti o filme (já estão na lista os dois), mas pelo que li do livro e do filme, acho que o filme acaba sendo melhor do ponto de vista da história da traição...
    Bom, vou assistir e ler para ver se é isso mesmo ;)

    ResponderExcluir
  6. Eu não curto a Kate muito não... Sei lá, todo mundo elogia tanto ela e eu a acho tão sem sal...
    Bom, não vou dizer que não vou assistir o filme, porque querendo ou não esses filmes agua com açucar são tudo de bom nos momentos de TPM, mas não faço lá muita questão...rs

    ResponderExcluir
  7. Li a pouco tempo o segundo livro que conta a história de Darcy, e adorei, agora estou querendo ler este.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras