Ame o que é seu – Emily Giffin

30/03/2012

ameoqueeseu3“Como amar de verdade a pessoa que está comigo, se não consigo esquecer alguém que ficou no passado?”.
O tema deste livro deixa aquela pulga atrás da orelha, te faz imaginar como seria a vida se tivéssemos feitos outras escolhas. Esta é uma história para quem algum dia já se perguntou isso.
Em Ame o que é seu o leitor encontrará a história de uma mulher (Ellen) dividida entre o amor real e aquele fatídico 'E, se'.
O casamento de Ellen e Andy não parece perfeito, ele é perfeito. São inegáveis a profundidade da devoção mútua e o quanto um espera o melhor do outro. Mas por obra do destino, certa tarde, Ellen revê Leo pela primeira vez em oito anos. Leo, aquele que partiu seu coração sem se explicar, aquele que ela não conseguiu esquecer. Quando o reaparecimento dele desperta sentimentos há muito adormecidos, Ellen se põe a questionar se sua vida atual é de fato como ela queria que fosse. O desenrolar da história é contagiante, pois a cada página acontecem novas cenas que é quase impossível abandonar a leitura, ou ... não se colocar em seu lugar.

Quando eu vi o livro pela primeira vez, confesso que não me encantei muito. Não sei porque mas achei que era livro de auto ajuda (e sei que eu não fui a única) e quis fugir disso…rs O pior é que além de eu já ir julgando pela capa eu nem li a sinopse. Então, vocês podem imaginar qual não foi a minha surpresa com Ame o que é seu, não é?

O livro não tem muito mistério, gira em torno de uma tão repetida pergunta: “e se?” E se eu tivesse tomado outro caminho? E se tivesse escolhido diferente? E se… Pergunta presente na cabeça de, no mínimo 9 entre 10 mulheres. E quem nunca pensou o que seria se pudesse voltar atrás e mudar as suas escolhas?
Eu li em uma resenha a seguinte pergunta “é justo alguém que você amou no passado reaparecer na sua vida e fazer você acreditar que não é feliz?” e fiquei com isso na cabeça durante a leitura. Acredito que qualquer um que tenha um fantasma no passado, uma hora ou outra ele irá voltar para “assombrar” sua vida. Afinal, é isso que os fantasmas fazem, não é?

Não vou falar sobre a história. Já tem a sinopse para dar um gostinho. Até porque, acho que cada pessoa que ler, sentirá o livro de uma maneira diferente. Eu mesmo tenho certeza de que se tivesse lido o livro em outro momento de minha vida, não teria a mesma reação, não teria o mesmo sentimento. Nesse momento de minha vida, durante a leitura encontrei algumas de minhas próprias perguntas no livro, e com isso, alguns momentos tive a vontade de que Ellen tivesse outras decisões (talvez para que eu aceitasse melhor as minhas próprias decisões, sei lá…).

O melhor da narrativa da Emily é que você se vê presa a tantas emoções, a tantos questionamentos próprios que é impossível sair da leitura indiferente aos personagens. Não tem como ler e não se identificar e amar Ellen ou então acontecer completamente o oposto e terminar por odiando ela e suas escolhas ou não escolhas. E se você der uma olhada em outras resenhas, você vai ver que Ame o que é seu é aquele tipo de livro que ou você ama ou você odeia, parecendo que não existe meio termo.
Beijinhos
Lica


Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

7 comentários

  1. Pois é, nunca li nada da Emily Giffin e confesso que esse livro em particular tbm não me chamou a atenção por soar meio como auto ajuda rsrsrs. Ainda quero ler alguma coisa dela pra conhecer como é o estilo e a escrita da autora, mas acho que não começaria por esse livro, não.

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  2. Ai que coisa... Essa mulher com certeza vai virar uma diva pra mim! Eu tenho meu fantasma, mas ele ainda não reapareceu na minha vida. Acho que a última vez que falei com meu fantasma foi quando comecei a namorar meu marido e ai meu fantasma achou que deveria sumir da minha vida... E hoje me pego pensando como seria minha vida se eu e ele tivessemos tomado outras decisões na época, isso a 11 anos atrás? Enfim, acho que temos não um mas talvez alguns fantasmas ao longo da vida... Quero esse livro! Quero todos dessa mulher!

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaaaaaaaaa....
    Agora eu quero ler esse livro para ontem!!!!
    Já coloquei ele como o primeiro da lista dos livros da Emily, acredito que não vai ter como gostar...
    E esses fantasmas??? Como podem só servirem para assombrar a gente, não é mesmo????
    Concordo com a Gabi... Emily está a um passo de se tornar uma diva para mim!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Acabo de decidir qual o livro da Emily será o primeiro da minha lista de leituras.
    Adorei a resenha e fiquei super na vontade de poder começar o livro agora mesmo...
    Quero muitoooooooooooo

    ResponderExcluir
  5. Você não foi a única que pensou que era livro de auto ajuda....
    Minha amiga também pensou e mais algumas blogueiras comentaram isso... acho que o problema ai foi a capa... Será que foi por isso que a Novo Conceito fez outra edição com capa nova????
    Pela sinopse do livro ele já estava na minha lista, sua resenha veio para confirmar que não errei em colocar ele nela =)

    ResponderExcluir
  6. Só uma coisa pra dizer: Amo-a!

    Ponto

    Bjks meninas

    ResponderExcluir
  7. aiii fico meio reciosa quanto a um autor novo. utimamente só leio os recomendados. comprei um que só por deus as vezes sinopse enganam...

    me recomendaram essa autora hj e a compararam com o estilo de Nicholas Sparks...
    isso é verdade??
    se vcs tiverem que me indicar um livro perfeito dela qual seria????

    abilenecc@gmail.com

    obg.. assinado viciadaaa em livro

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras