As Coisas Que Você Sabe Sobre Mim – Clara Sánchez

26/12/2014

AS COISAS QUE VOCE SABE SOBRE MIMPatrícia é uma jovem modelo cuja vida parece marcada pelo sucesso. Em uma viagem de trabalho ela conhece a mística Viviana, sua vizinha de poltrona no avião, que lhe diz para ter cuidado porque alguém muito próximo deseja vê-la morta. Nada supersticiosa, ao voltar para casa, onde vive feliz com o marido pintor, Patrícia decide esquecer a recomendação infundada, até que uma série de acidentes começam a afetar seu trabalho e sua vida particular. A modelo decide procurar Viviana, a fim de encontrar uma explicação para o que vem acontecendo.
Um romance sutil e arrebatador que fala aos leitores sobre o preço do sucesso e como, em certas ocasiões, as pessoas mais próximas podem ser as mais perigosas.

image

As coisas que você sabe sobre mim entrou em minha lista de desejados primeiramente pelo título. Já disse que adoro títulos grandes e ele chamou muito minha atenção. Segundo, eu não curto muito capas com pessoas, é meio que implicância minha as vezes, mas essa capa... UAU... Eu achei ela muito linda. Então, era um pacote perfeito.

“Uma pessoa é muito mais do que pensa que é e sabe mais do que acha que sabe; mas é mais fácil fechar os olhos e seguir em frente sem olhar para os lados.” (pág. 16)

Acontece que após finalizar a leitura eu não sei dizer para vocês se eu gostei ou não do livro. Não estaria sendo sincera com vocês e nem comigo se escolhesse apenas uma opção, e As coisas que você sabe sobre mim está entre aqueles livros em que eu realmente não consigo decidir se foi bom ou ruim, está entre aqueles livro que eu não consigo dizer que sim e nem que não... Vou tentar explicar...

Por estar com muitas expectativas, além do que comentei acima, o livro ganhou o Prêmio Planeta 2013 e isso acabou fazendo com que a leitura não fluísse como gostaria no começo. Muitas expectativas sempre acabam atrapalhando, mas depois de alguns capítulos, peguei o ritmo e vale dizer que a diagramação está ótima e isso colaborou para agilizar um pouco a leitura...

"- O mal, enquanto não nos fere ou nos mata, não costuma dar as caras; do contrário, poderíamos lutar contra ele e até vencê-lo." (Pág. 53)

Patrícia me pareceu muito confusa e como o livro inteiro é narrado por ela e por seus pensamentos eu fiquei confusa diante de algumas partes. Isso somado ao fato de não entender direito se a história era para ter elementos místicos ou não me deixou em dúvidas com a personagem principal. Além do mais, a Patrícia não me convenceu e não me conquistou. Ela é só de ver o bem o tempo inteiro e de repente começa a se questionar e, sei lá... Faltou alguma coisa. Eu sei que nem sempre gosto das protagonistas, mas sempre parece ter alguém que me prende a leitura. Nesse livro foi somente uma certa curiosidade de saber para onde tudo iria e como a autora iria conduzir isso.

Um ponto que pode agradar o leitor é que durante a leitura surgiu em mim uma desconfiança e fiquei me perguntando se estava certa ou não. E se estivesse certa, quando Patrícia iria perceber e como lidaria com isso. Só que foi uma dúvida minha, uma suspeita que eu tive na tentativa de adivinhar o que vinha por ai e não algo que fica claro no texto e isso me agradou.

“Desafio qualquer um a me provar que a desesperança não é mil vezes mais forte que a felicidade.” (pág. 32)

Por outro lado, temos alguns pontos de reflexão durante a leitura. Vemos um outro lado do mundo profissional de modelos – que nem tudo são flores. Não que eu não soubesse, mas foi interessante ver as coisas acontecerem mais fora dos holofotes do que neles. Patrícia é modelo de passarela e fotográfica, e mesmo sendo linda, esse é um mundo cheio de competições e que você pode estar por cima uma hora e na outra simplesmente não estar mais.

Porém o verdadeiro ponto de reflexão é a confiança. Clara Sánchez faz a gente pensar se realmente ainda existem pessoas ingênuas ao ponto de não enxergar o mal. E não falo do mal como metáfora, mas de pessoas que querem e nos desejam o mal, que acabam nos prejudicando deliberadamente. E mais... As vezes essas pessoas não estão tão longe assim da gente e nem são nossos inimigos declarados.

“ – Se soubéssemos, se a cada momento soubéssemos quem quer se livrar de nós, a vida seria fácil demais, não acha?
Não, eu não achava. Não entendia por que a vida tinha que ser difícil para ser melhor. Curta, difícil e sem respostas." (pág. 110)

E esse foi o fator que me fez continuar lendo o livro. Porque é ficção, mas podemos nos colocar facilmente no lugar de Patrícia. Porque sim, existem pessoas que só veem o bem nos outros e existem pessoas ao nosso redor torcendo para a gente se dar mal, para a gente não conseguir seguir em frente. Porque sim, uma hora ou outra vai aparecer no seu caminho alguém que deseje o seu mal, o seu fracasso... E pode ser que essa pessoa seja muito mais próxima de você do que você imagina.

Deu para entender o motivo de eu não conseguir dizer sim ou não para esse livro? Faltou alguma coisa e ao mesmo tempo me fez pensar muito – e eu adoro livros que me fazem pensar e refletir sobre o que acontece ao meu redor. Por isso, só o que posso dizer no momento é que se você curte narrativas em primeira pessoa, gosta de um pouquinho de mistério e quer pensar em alguns pontos, dê uma chance ao livro. E depois vem me contar o que achou..licavargas

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. E no fim, o que vc sabe sobre o livro é que vc não sabe se gostou ou não. ....hihihi
    linda capa mesmo lica! Beijo

    ResponderExcluir
  2. Nunca tive essa sensação de saber se gostei ou não de um livro, mas entendo completamente o que você falou. Não existe livros perfeitos. Sempre haverá prós e contras em todos eles. Em alguns casos, os prós se sobressaem, e em outros, os contras. Nesse caso, acho que prós e contras empataram. O que importa é que você conseguiu extrair reflexões interessantes e isso vale a pena a leitura.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  3. Você conseguiu me deixar curiosa a respeito da história. Mesmo sabendo da sua opinião e do porque de você não saber se gostou ou não, vou aceitar a dica. Quero conferir isso que você menciona aqui. Quero dar uma chance a história.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lica, eu já tinha mesmo o interesse de dar uma chance ao livro, e depois desta sua resenha, onde minha curiosidade ficou maior, darei esta chance com certeza.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Oi,gosto MUITO de mistérios. E talvez se eu vier a ler o livro vou curtir.
    E também fiquei curiosa em ler o livro.
    Mas foi somente pelo mistério.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lica. Também não gosto de capa fotografa mas essa esta bem bonita... Acho que retrata bem essa coisa de moda que o livro trás. Afinal, se a protagonista é uma modelo a capa tem que condizer com isso (eu sou dessas que a capa deve nos contar um pouco da historia do livro e não apenas para vender ele).
    É uma pena que você não soube se decidir se gostou ou não do livro... Talvez não tinha sido o momento ideal para essa leitura.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  7. Eu tambem tenho algumas implicancias com capas. Com fotos nao curto nada. Quanto ao nome do livro, nao me ligo nada, rsss.MAs nunquinha fiquei na duvida se gostei ou nao de um livro, acho que para isso, tem que ter um certo grau de maturidade em leitura que nao tenho. NAo consigo ser como vc qeu enxerga o lado bom e o ruim e consegue equilibrar. Eu simplesmente amo ou odeio :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katia....
      eu era muito assim. ... ou amava ou odiava.... ainda tem alguns livros que tiram isso de mim, mas estou aprendendo a equilibrar as coisas :)

      Excluir
  8. Ah, fiquei bem interessada na história.
    Eu curto muito misticismo e coisas sobrenaturais e, juntando isso ao mistério, acho que fica quase perfeito. Afinal, são os dois temas literários que mais me cativam.

    ResponderExcluir
  9. Nossa, fiquei muito interessada neste livro! O título chama muito para a leitura e a capa está realmente linda.
    Fiquei muito curiosa, tenho passado por uma fase de começar a aceitar que existem pessoas realmente más (sou do tipo que sempre compreende todo mundo!!), então bateu bem com o meu momento da vida. Vou ler com certeza, adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivi.... se vc é desse tipo vai se identificar muito com a personagem principal e curtir ainda mais a leitura e o crescimento dela :)

      Excluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras