Destino Mortal – Suzanne Brockmann

26/02/2015

destino mortal

Dizer que Destino Mortal foi uma leitura fácil desde o início seria mentira. Então, o livro não começou como muitos, que me ganham logo de cara. Por que eu estou contando isso? Simples... Assim como Amante Sombrio, o livro demorou para me ganhar, mas quando me ganhou... Me deixou querendo ler todos os outros livros da autora e mais, querendo para ontem o próximo livro da série.

100_3673

Bom... A sinopse no skoob é extensa e incompleta, a do Goodreads é curta demais, então eu vou contar para vocês o que eu sabia da história antes de ler o livro... Eu sabia que era uma aventura, sabia que envolvia uma nova droga com capacidades de ‘super-poderes’ e sabia que a história envolveria sexo. E só. Vocês sabem que as vezes não precisa muito para eu querer um livro e na dúvida, quando vi que era uma aventura com um toque de sexo eu escolhi esse como meu próximo pedido para a Valentina. Mas como eu sei que nem todo mundo gosta de saber tão pouco, e como eu acho as sinopses atrapalhadas, vou contar um pouquinho mais para vocês...

“Quando uma porta se fecha, uma janela se abre. Se a janela também se fechar, é a hora de fazer um buraco na porra da parede.” (pág. 460)

Destino Mortal conta a história de um futuro não muito distante, onde já aconteceu uma segunda grande depressão nos EUA e está tudo meio que arruinado. Nada mais era como antes, as coisas não funcionam direito e todo esse blábláblá de futuro pós crise. Como se não bastasse isso, os cientistas descobriram que existem uma quantidade de pessoas capazes de, com um bom treinamento, aproveitar mais o uso do seu cérebro. As pessoas com essa capacidade são chamadas de Maiorais e elas contam com os mais diversos tipos de poderes, desde telecinese, cura espontânea, leitura de pensamentos entre outros. Acontece que nem todos podem ser maiorais, e seus níveis de integração são os mais variados. São poucos os que atingem 50%, menos ainda os que passam disso. Tem também uma nova droga no mercado... Destiny faz com que os usuários obtenham de forma rápida esses “poderes”. Acontece que essa droga vicia já no primeiro uso e como se não bastasse isso, o usuário pode “coringar”. (Gente, eu amei essa expressão e nem preciso explicar, né? Mas tipo, sabe o coringa do Heath Lead? Então... É nisso que os usuários podem se transformar).

gif coringa

O livro começa já com uma cena de ação, onde nos apresenta Mac, Diaz e o Dr. Bach em uma operação para capturar um ‘coringa’. Nesse início já somos apresentados a algumas habilidades do grupo e também aos efeitos da droga. O primeiro capítulo já te dá uma boa ideia do que vem pela frente e eu fiquei super empolgada com a trama. Acontece que no segundo capítulo tudo muda, e conhecemos Anna, que está atrás de sua irmã recém-sequestrada Nikka. Antes mesmo do final do capítulo, temos uma troca novamente e conhecemos Shane, um ex-Navy Seal que foi expulso e que está na lista negra, mas que acabou de receber um convite para participar de testes no Instituto Obermeyer. E foi aí que a coisa pareceu que não iria mais para a frente.

destino mortal citação

É que logo depois disso, vamos acompanhando vários pontos de vistas. É Mac, é Shane, é Diaz, é Bach, é Anna, é Elliot... Nesse momento foi aquela coisa em que eu pensei é muita gente para uma cabeça só acompanhar. E por isso acabei perdendo o ritmo da leitura e fiquei pensando será que vale a pena ler a próxima parte? Mas eu sou curiosa, e eu queria saber um pouco mais então segui em frente e dei mais uma chance para o livro me pegar, afinal não custaria nada – e, mesmo um pouco desanimada, eu realmente estava curiosa com algumas coisas.

cast 02Da esquerda para a direita: Dr. Elliot Zerkowski, Stephen Diaz, Dr. Joseph Bach,  Michelle “Mac” Mackenzie e Shane Laughlin.

E aí aconteceu a mágica!!!! As coisas começam a se unir, um ponto começa a se ligar no outro e eu comecei a querer mais e mais e mais e quando vi, tinha devorado as 500 páginas do livro. E o melhor da narrativa da Suzanne é que aquela coisa que eu estava achando que seria um defeito (muitos pontos de vistas), acaba se tornando a melhor das qualidades. Porque eu me encantei com Mac e Shane e queria saber mais deles. Porque eu me encantei com Elliot e Diaz e queria saber mais deles. Porque eu me encantei com o Dr. Bach e ainda quero saber mais dele...

cast 05  cast 06

Eu poderia falar de cada um dos personagens e o que me levou a gostar de cada um deles, mas a resenha ficaria enorme e seria complicado não soltar spoilers. Então não vou me alongar muito. As personagens principais conquistam de um jeito que é impossível não torcer por eles. É difícil não entender Mac e todos os seus motivos, mas ao mesmo tempo você tem vontade de dar umas empurradas nela para ver se ela entende. É tão fofo descobrir os sentimentos de Diaz com relação à Elliot, e mais fofo ver como o relacionamento deles vai caminhando. E o Dr. Bach... Nossa, eu queria tanto que tivesse um livro dois para me explicar como é que tudo ficou para ele... Porque sim, teve um final, mas eu não quero aceitar esse tipo de final. E sim, o livro pertence a uma série, porém só o primeiro e “O último desafio de Shane” (que é um conto de como Shane foi expulso dos Navy Seal, considerado o livro 0.5 e que a Valentina publicou no final desse volume) foram lançados. E no goodreads não tem nenhuma informação do próximo, então se alguém souber, me avisa.

cast 03 cast 04 

Destino Mortal conta muita ação, com cenas tensas e momentos em que você acha que tudo vai dar errado. Conta com aventura, com organizações clandestinas e laboratórios que são mais do que aparentam. Temos não um, mas dois romances e cenas bem quentes... É interessante ver como alguns conceitos vão mudando durante o livro e vamos vendo que não somente os Maiorais são especiais, além de discussões e levantamentos que fazem a gente pensar que a única coisa certa desse mundo é que sempre tem alguém querendo levar vantagem e que infelizmente, quanto mais pobre estiver o povo, mais corrupção terá.

destino mortal citação 2

Suzanne Brockmann pode ter demorado um pouquinho para me ganhar, mas ela conseguiu me fazer mudar de opinião e adorar Destino Mortal. Um livro com o toque certo tensão, emoção, aventura, sensualidade e adrenalina, que não deixa de trazer aquele romance capaz de enfrentar tudo e que te deixa com um certo vazio no final da última página por você ter que se despedir dos personagens. Com toda certeza seus próximos livros publicados por aqui estarão na minha estante. E com certeza você deve dar uma chance ao livro, aposto que assim como eu e a J. R. Ward, você vai se apaixonar pelo livro.licavargas

 

 

(Ps. As imagens do livro são minhas, e as demais foram retiradas do site da autora, onde ela mesma mostra como imaginou os personagens. O gif encontrei na internet. E a referência que eu faço a Ward no final da resenha está na contra-capa do livro. Eu esqueci de comentar na resenha, mas a única falha que encontrei no livro por parte da edição foram as folhas brancas – que todos sabem que eu não gosto, né?)

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

14 comentários

  1. Acho que não tem nada melhor do que você está perdendo o gosto por uma leitura e de repente você lê um capitulo e tudo começa a mudar, você não consegue mais soltar o livro até chegar as últimas páginas.
    Vi esse livro acho que nos lançamentos e me interessei por ele, mas desde lá essa é a primeira resenha dele que leio, gostei, mas não me deixou louca pra ler, se tiver uma chance irei ler sim!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha visto nada sobre esse livro. Fiquei confusa ao saber que vemos o ponto de vista de tantos personagens, mas também fiquei curiosa para saber como que isso funciona. Acho que vou dar uma chance a ele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oie Lica, acredita que nunca li nenhum livro desse gênero, que tenha ação, fiquei curiosa para ler esse livro, adoro cenas picantes, rsrsrsrs

    Beijos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu só conhecia o livro de nome, mas lendo sua resenha pude conhecê-lo melhor. Infelizmente não fiquei tão interessada na história, mas parece ser bem legal!

    Beijinhos,

    Bia - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
  5. Oiiie, adorei a resenha e adoro livros do gênero <3 To super curiosa para logo ler !
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Oi LICA!
    Nossa, adoro livros com diversos pontos de vista, principalmente se cada capítulo conta uma parte da história com a visão de um ou de outro, tipo GOT. Com certeza eu iria longe com esse livro e gostei da idéia dessa droga e desse país destruido.
    Adorei a sua resenha, só com ela já me deu vontade de ler esse livro, vou até marcar no skoob agora !*__*
    Beijos

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro! Ele está nos meus desejados já faz bastante tempo. Mesmo sabendo que o começo é meio difícil e que tem o ponto de vista de vários personagens (o que eu não gosto), eu ainda estou morrendo de vontade de ler ele. E espero muito que leia ele logo *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olha eu não tinha ouvido falar ainda desse livro, mas achei bastante interessante. Só que não sei se é meu gênero de leitura. Enfim...eu sou contra a julgar um livro sem antes ler, mas espero um dia ainda dar uma chance. Espero gostar pelo menos. Mas achei que você desenvolveu muito bem a história do livro e tenho que te dar os parabéns por isso viu?! Adorei as imagens e os personagens que você foi colocando. Muito capricho para uma postagem só =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-insignia.html

    ResponderExcluir
  9. Lica, eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas achei muito interessante e fiquei com vontade de ler.
    Assim que você começou a resenha com "sabia que era uma aventura, sabia que envolvia uma nova droga com capacidades de ‘super-poderes’ e sabia que a história envolveria sexo." eu já fiquei curiosa.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi oi, já tinha ouvido falar deste livro...
    "Há coisas que vem para o bem" você começou o livro não gostando muito e depois você passou a gostar, eu estou tendo o inverso :((( espero que mais pra frente as coisas mudem...

    Você desenvolveu muito bem a resenha, com os detalhes e cuidados, parabéns e continue assim linda!


    Beijoos
    jeehsts.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Ainda bem que sua leitura evoluiu e vc nao desistiu e pode aproveitar o quer o livro tinha de melhor. Eu ja sou de desisitir logo se nao me agrada e posso perder um livro com um enredo bom desse.
    ROmace, drogas, sexo, buscas, tem tudo pra ser um livro bom.

    ResponderExcluir
  12. É legal saber que o livro tem vários pontos de vista... mas eu não gostei disso rs
    O livro estava na minha meta pra esse ano mas agora perdi a vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  13. Lica!
    Livro com muitas personagens confundem mesmo e fico feliz em ver que a autora deu a volta por cima e tornou o livro interessante ao ligar todos.
    E com muitos de trechos de ação, o livro não deve ficar monótono, deve sim bem interessante de ler.
    Gostei!
    Tenha uma semana produtiva e cheia de luz e paz!!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu gostei da premissa do livro. Parece ser uma estória bem interessante, mesmo que essas partes divididas "a la Game of Thrones" ? tenha surgido no meio, vejo que você gostou do enredo e da escrita da autora, então, acho que vale a pena o investimento. Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras