A Rosa da Meia-Noite - Lucinda Riley

01/02/2015

Atravessando quatro gerações, A Rosa da Meia-Noite percorre desde os reluzentes palácios dos marajás da Índia até as imponentes mansões da Inglaterra, seguindo a trajetória extraordinária de Anahita Chavan, de 1911 até os dias de hoje. No apogeu do Império Britânico, a pequena Anahita, de 11 anos, de origem nobre e família humilde, aproxima-se da geniosa Princesa Indira, com quem estabelece um laço de afeto que nunca mais se romperia. Anahita acompanha sua amiga em uma viagem à Inglaterra pouco tempo antes da eclosão da Primeira Guerra Mundial. Ela conhece, então, o jovem Donald Astbury, herdeiro de uma deslumbrante propriedade, e sua ardilosa mãe. Oitenta anos depois, Rebecca Bradley é uma jovem atriz norte-americana que tem o mundo a seus pés. Quando a turbulenta relação com seu namorado, igualmente rico e famoso, toma um rumo inesperado, ela fica feliz por saber que o seu próximo papel uma aristocrata dos anos 1920 irá levá-la para muito longe dos holofotes: a isolada região de Dartmoor, na Inglaterra. As filmagens começam rapidamente, e a locação é a agora decadente Astbury Hall. Descendente de Anahita, Ari Malik chega ao País sem aviso prévio, a fim de mergulhar na história do passado de sua família. Algo que ele descobre junto com Rebecca começa a trazer à tona segredos obscuros que assombram a dinastia Astbury.

Olá pessoal, tudo certo? Não é de hoje que conheço Lucinda. Já falei dos livros dela aqui no blog e mais uma vez eu e ela tivemos um encontro mágico. Não há outra palavra para definir Lucinda se não a supremacia. Eu amo como essa autora consegue nos fazer viajar no tempo e espaço de forma tão fenomenal, e eu, claro, já virei fã de carteirinha. 

A história do livro se inicia com a comemoração do aniversário de Anahita, uma indiana de uma casta baixa que acaba se tornando a melhor amiga da tinhosa princesa Indira. Seu pai, sempre lhe falou que sua vida teria um grande ponto de virada, e quando isso acontece, ela sabe exatamente o que está havendo. Ela vai morar com a princesa Indira e com sorte e muita boa vontade, tem acesso aos estudos, o que faz sua inteligência nata se tornar ainda mais brilhante. Anahita também aprendeu sobre as terapias alternativas de cura, uma coisa muito comum nos povos indianos. 

O livro vai transcorrendo de acordo com as lembranças, e antes de sua morte , logo após completar 100 anos, ela pede a um bisneto que leia seus antigos diários e que descubra o que aconteceu a um de seus filhos, Moh, o qual foi dado como morto há muitos anos atrás, mas que Anahita sempre soube que estava vivo, graças aos seus dons sensitivos e muito especiais. 

Acontece que na misteriosa mansão de Astbury, local onde tudo aconteceu no passado, há uma série de atores gravando um filme, e nisso, o bisneto Ari acaba por bisbilhotar mais do que deveria, o que incomoda bastante a dinastia do local. Porém, advirto vocês: o que será que aquela enorme casa esconde? Quais segredos ela está querendo nos contar? Vocês terão de descobrir lendo o livro. 


O que mais gosto da narrativa de Lucinda é a pesquisa histórica que ela faz. Eu realmente me senti na Índia e na Inglaterra por muitas vezes, o que já é marca registrada dessa escritora. Trata-se de um livro de um volume bastante considerável, com mais de 500 páginas, mas devido a ser tão bem escrito, tenho certeza que você leitor irá ler num instante. É sim uma história cheia de romance, mistério e com muito mais ingredientes que farão o leitor se apaixonar desde a primeira página.

Até mais leitores! 

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

26 comentários

  1. Confesso que nunca li nenhum livro da autora mas sempre quis ler. Pela sua resenha sei que vou gostar. Adoro livros que me faz viajar no tempo, como seu eu tivesse dentro do livro sabe? Agora com essa informação que ele tem mais de 500 páginas já quero kkkk. Tenho uma queda por livros grandes. Amei sua resenha bjs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2015/02/resenha-dont-make-me-beautiful-nao-me.html

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Eu quero ler esse livro ha muito tempo, mas sempre tem um ou outro que toma o lugar dele, mas depois da sua resenha, não vou mais deixá-lo para trás!
    Beijos

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada dessa autora, mas depois dessa resenha, já sei que preciso ler algo dela. Gosto muito de livros que nos fazem mudar de época e tempo. E que bom que o livro é grande, porque os pequenos sempre me deixam com vontade de mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato Cecília. ... esse é o terceiro livro que leio dela!

      Excluir
  4. Eu juro que nem imaginava, pelo titulo, que o enredo era esse. Adorei. Nao li nada de Lucinda, mas só pelas resenhas, ja vi que é maravilhosa e que sempre faz uma boa pesquisa nos locais que ocorre a historia.

    ResponderExcluir
  5. Sempre vejo as pessoas elogiando o trabalho da Lucinda e eu nunca li nada da autora, espero mudar isso. A resenha me deixou super curiosa para viajar pela Inglaterra e a India, ainda mais curiosa para saber todos os segredos que a casa esconde e o paradeiro do filho de Anahita. Ja está na minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bom?
    Adorei a resenha, o livro parece ser legal, mas confesso que não me sinto muito empolgada em ler ele, mas não li nada da autora, e as pessoas falam bem, pretendo dar uma chance ao livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. Não li nenhum livro dessa autora, mas minha amiga já, ela gostou :)
    Fiquei interessada para saber o que ela fala sobre a Índia e a Inglaterra, gosto de livros que viajam assim.
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de romance e mistério com pesquisas históricas! Esse deve ser muito bom!!!

    ResponderExcluir
  9. Fabi!
    O melhor livro que li o ano passado foi esse aí.
    Adoro viajar pelos lugares descritos pela Lucinda, sinto os cheiros, curo os sabores, conheço as pessoas e lugares... literalmente viajo junto, além de acompanhar as personagens em suas passagens pelo tempo, até que ela interliga os anos de diferenças.
    Bom demais!!
    Uma semana tranquila, carregada de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já vi vários elogios sobre as obras da autora, mas infelizmente não senti vontade de ler nenhum de seus livros. Tenho a impressão de que sua escrita é um pouco monótona, não sei. Pode ser que um dia eu leia e mude de opinião, mas por ora, eu passo a leitura.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a autora, mas pela sua resenha, vejo que é um dos livros que eu já quero ler. Adoro histórias que perpassam lugares e época diferentes e se é na Índia, me fascina ainda mais. Bjs
    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Tenho livros da Lucinda, mas ainda não li.
    A escrita dela e história parecem ser muito boas.
    Gosto de histórias de época, então deve ser uma leitura ótima.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Fabi!
    Bela resenha, me senti meio confusa na sinopse, mas sua resenha me esclareceu os fatos e me deixou até curiosa pela obra, acredito que ela entrará na minha lista infinita de leituras futuras kkkkkk

    Beijokas

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Uau amei a resenha. a trama chamou minha atenção.

    Vanessa
    Blog Closet de Livros

    ResponderExcluir
  15. Mais um livro para a minha lista infinita.
    Ainda mais agora depois de ler sua resenha. Eu estava meio na dúvida, mas fiquei encantada com a forma que você falou do livro, da história. Quero ler!

    ResponderExcluir
  16. Bom, não conheço o estilo de escrita da autora, pois ainda não li nada dela. Tenho que dizer que já tinha visto esse livro e pela capa - linda, por sinal - imaginei uma história diferente, quer dizer, de um gênero diferente desse. Afinal, historias de época não são muito a minha praia, mas me surpreendi realmente por ter sentido muita vontade de conhecer mais essa livro e a autora. Então, talvez esse vá direto para minha lista de leitura desse ano.

    ResponderExcluir
  17. Eu sou louca pra ler esse livro da autora. Adoro todos os livros dela, e provavelmente vou amar esse também. Sem contar que fiquei super curiosa pra saber o que aconteceu com Moh e o que a mansão esconde *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Eu sou maniaca por livros como esse , em breve pretendo ler!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Não conheço nenhum livro da autora... no início tive vontade de ler este livro mas depois perdi o interesse e eu amo romances mas passo esse livro rs

    ResponderExcluir
  20. Que capa linda!
    Sim, já vi outras resenhas de livros da Lucinda aqui e como sempre só choveram elogios. Os livros dela parecem ser belíssimos e contar belas histórias, não tive a chance de ler ainda, não estão nas minhas listinhas de desejados, mas um dia ainda lerei.

    ResponderExcluir
  21. Adoro livros que me faz viajar no tempo, como seu eu tivesse dentro do livro sabe? Já quero esse livro!

    Beijos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras