De volta pra casa - Karen White

19/05/2014

Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e... encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância. Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor.

A família é algo sagrado, certo? Errado! Ao menos para Cassie. Aos 35 anos, Cassie está noiva de um publicitário super bem sucedido. Além disso, ela trabalha com o noivo e também é uma publicitária de muito sucesso. A vida não poderia ser melhor para Cassie, até seu passado resolver aparecer como um pesadelo no meio da noite.

Acontece que o pai de Cassie está muito doente, e no leito de morte, o sonho dele é ver as duas filhas juntas novamente. Mas o problema mora justamente aí: há 15 anos, Cassie abandona sua cidade após assistir a cena de seu namorado trocando-a pela própria irmã. Dá pra entender o por quê da protagonista ter fugido de seu passado, não é mesmo?

O fato é que ela volta pra casa paterna e começa a viver novamente com sua família. ela tem vários sobrinhos, fruto do casamento de sua irmã com seu ex-namorado. É claro que cada vez que ela olha pra cada criança, ela sente-se machucada, ferida. Mas aos poucos, com todas as situações, o coração dela vai amolecendo e Cassie vai percebendo que talvez, o passado não mude, mas o presente sim.

Ela começa até a duvidar de seu amor por Andrew, e justamente quando está distante de seu noivo, é que percebe que ele talvez seja diferente daquilo que ela imaginava ser. E é aí que o relacionamento fica abalado, e é a hora de Cassie começar a se questionar o que realmente importa nessa vida.

Confesso que demorei a conseguir entrar na história. No começo, achei meio sem graça. Mas chega um momento da história em que dá uma reviravolta e o livro começa realmente a te prender. Me senti parte da história e me questionei sobre muitas coisas da minha própria vida. Sobre como eu me portaria ante a cada uma das situações.

Uma história linda, eu recomendo de verdade. Tocou profundamente meu coração. É aquele tipo de história que ao final, você se sente feliz por ter sido forte e terminado de ler, por que realmente, vale muito a pena.
Separei um trechinho bem lindo pra vocês:
" Cassie fechou os olhos. Coragem! Era a primeira vez que via o sofrimento da irmã daquela maneira. Mas isso a fez ver as coisas de modo mais claro. finalmente, ela reconheceu que nada daquilo era sobre ela ou sobre alguma necessidade, atrasada, de corrigir 15 anos de estupidez. era sobre a imensidão do amor materno e a coragem de se despedir ao invés de lutar contra os caprichos do universo. Cassie se dava conta agora, de que lutar contra isso teria sido o caminho mais fácil." (Pág 385)

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

3 comentários

  1. Oi Fabi! Como está?
    Eu tinha lido a sinopse desse livro em algum lugar e já havia gosta, agora com sua resenha fiquei ainda mais curiosa. Porém, depois que li "O segredo do meu marido" estou com o coração muito frágil para este tipo de livro, rs. Sério! Toda vez que ouço falar de traição meu coração dói. Isso que eu nunca fui traída (eu acho, pelo menos). Vou dar um tempo e quem sabe mais tarde eu leia! Adorei a resenha. Beijos <3

    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto esse livro antes, e nunca tinha parado pra ler a sinopse, porque já imaginava que seria um drama, e não é muito meu estilo, li sua resenha e achei legal, mas o livro continua a não entrar pra minha lista :(

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras