Nua: O Caso Blackstone – Raine Miller

14/05/2014

Nua o Caso BlackstoneQuando o bem-sucedido empresário Ethan Blackstone compra um retrato de Brynne Bennett, ele quer possuir mais do que uma imagem emoldurada: ele a quer nua em sua cama.
Depois de uma experiência traumática, a modelo americana deixou tudo pra trás em busca de um recomeço. Está fazendo pós-graduação na Universidade de Londres e, para se sustentar, faz ensaios fotográficos de nus artísticos. Bem longe de casa, tenta colocar a vida nos eixos, mas a aproximação de Blackstone vai abalar o equilíbrio recém-conquistado.
Aos poucos a jovem vai se deixando seduzir, até que não consegue mais resistir ao charme do inglês. No início, é a natureza dominadora de Ethan que a atrai. O que ela não sabe é se o desejo que sentem irá despertar ou dissipar os demônios que carrega dentro de si. Ethan poderá apagar as cicatrizes de Brynne para que ela possa se entregar verdadeiramente a ele? Ou será que as sombras do passado de Ethan vão destruir a chance de serem felizes?
Nua, primeiro volume da série O Caso Blackstone, é a inesquecível história sobre o que acontece quando uma mulher com segredos dolorosos conhece um homem poderoso o suficiente para despi-la de todas as suas defesas, deixando-a perfeitamente nua diante dele.

Quando eu vi a divulgação de Nua – na época do lançamento em e-book eu não me empolguei muito. Eu curto ler em e-book, mas no celular não tem como e nem sempre consigo tempo para ler no computador mesmo, então deixei passar. Fiquei muito feliz em saber que a Suma publicaria no físico e claro que ele entrou na lista.

"- Brynne?
- Sim?
- Eu estou com o maior sorriso na cara agora.
- Eu também, Ethan." (pág. 68)

Nua não tem uma trama muito diferente dos romances eróticos publicados ultimamente... Tem segredos e traumas do passado gerando um pouco de mistério, tem um cara quente pra caramba que sabe o que quer e que acha que não tem problema esconder um ou dois detalhes, tem mocinha que não se acha a mais perfeita e não entende ao certo por que foi a escolhida, tem cenas super quentes de sexo... Sim, pode ter faltado um pouco de originalidade mas mesmo assim, me agradou muito.

3554f7c5e58149ae4bb5ad1be29fc6d1

Ethan é o tipo de cara com quem eu adoraria esbarrar um dia desses. Para ser sincera, adoraria bem mais do que esbarrar – se é que vocês me entendem. Foi impossível não pensar no David Gandy enquanto lia o livro e ele me pareceu tão perfeito para esse papel, me deixando ainda mais apaixonada. O cara é super sexy e tem toda aquela coisa de macho-alfa e de “você é minha” que fizeram o livro valer para mim. E ele é britânico, o que significa que tem aquele sotaque perfeito. Nada mais me interessava, eu só queria mais e mais cenas com Ethan.

“ – Brynne, estou te olhando assim porque não consigo tirar meus olhos de você. Quero sentir você. Entrar em você. Estou com tanta vontade de te comer, que mal consigo dirigir esse maldito carro. Quero gozar dentro de você e depois fazer de novo...” (pág. 77)

Eu não vou falar muito de Brynne. Eu não entendi direito qual foi a experiência traumática que ela teve (sério, ou só dá para ter uma noção e não ter certeza ou eu estava tão concentrada no Ethan que isso me passou batido), mas posso dizer que apesar de ter uma ou duas coisas que eu achei que ela poderia ter de diferente é impossível negar a química do casal. Uau!!! Os dois juntos pegam fogo!!!!

"- Qual é a verdade? - Estava começando a choramingar, completamente entregue à vontade dele.
- A verdade é - ele grunhiu, uma palavra a cada estocada forte: - Você. É. Minha.
Respirei fundo e dei um grito na última.
Ele acelerou de novo, metendo mais rápido.
- Diz!
- Eu sou sua!" (pág. 79)

A narrativa de Raine Miller me conquistou logo de cara. Devido ao prólogo eu devorei cada página querendo saber quando e como tudo viria a tona e quando veio... Nossa, cadê Entrega Total??? É garantido que assim que ele chegar na livraria virá para casa comigo. Podem até dizer que é um tanto que mais do mesmo, porém eu achei bem melhor do que alguns de ‘sucesso’ por ai. Eu realmente não me incomodo quando algumas histórias são parecidas se elas conseguem me prender. Nua me prendeu de tal forma que eu só fui pensar em semelhanças agora na hora de escrever a resenha. Então, fica a dica!Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

3 comentários

  1. Ultimamente eu tenho lido muitos livros nesse estilo, e isso cansa, mas eu não consigo resistir a um típico ricasso macho-alfa, sempre que leio uma sinopse, vejo uma ótima resenha, e recomendações sobre o livro, eu vou lá e do uma chance pra ele, e quer saber, poucas vezes eu me arrependo! Também concordo que se o livro te prende, não importa as comparações, isso já aconteceu muito comigo, e eu não consigo deixar de me prender ao livro. Não estava interessada em ler esse livro antes, mas agora quero muito. Viu? É disso que eu tava falando.

    ResponderExcluir
  2. Eu não tinha dado tanta atenção para o livro quando vi ele na livraria. Agora me arrependo.
    Se bem que se é de deixar querendo pelo próximo talvez seja melhor esperar todos serem lançados já que também eles são tão fininhos.

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei Nua e olha que nem estava esperando tanto do livro. Posso dizer que o segundo é tão bom quanto e não vejo a hora de ler o terceiro. Só tem uma coisa que não gosto muito na trilogia... Os livros poderiam ser um pouco maiores.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras