Você é o Próximo - Gregg Hurwitz

21/05/2014

Olá galera do Sael!

Hoje a parceria é com a Arqueiro e o livro é de matar! ;)

Sinopse: "Mike Wingate, abandonado pelo pai aos quatro anos tendo crescido em um orfanato está finalmente vivendo a vida que sempre sonhou. Está casado, com uma filha de oito anos de idade, e sua empresa de construção está prestes a terminar um conjunto habitacional de sucesso que vai garantir um futuro sólido para todos eles. Mas algo de seu passado, um passado que ele não gosta nem de lembrar, volta trazendo terror para ele e sua família. Pessoas obscuras começam a ameaçar Mike, e quando ele se queixa, a polícia parece mais interessada no passado tenebroso de Mike do que em protegê-lo. Agora, Mike, sua esposa Annabel e sua filha Kat, de repente se veem atacados por todos os lados. Mike então recorre a Shep, um homem perigoso, mas o único amigo verdadeiro de Mike desde os dias de orfanato. Juntos eles vão fazer o que for preciso para proteger a família de Mike contra os homens que estão por trás do aterrorizante aviso: 'você é o próximo'."

O que dizer sobre o livro do Gregg? Que a história é assustadoramente linda. Não no termo de terror, mas a gente se assusta por amar uma história assim.
É difícil escrever sobre um livro quando ele te agarra, sacode, pisa, amassa e te joga de volta pra realidade com a sensação de dever cumprido: 'chegamos ao fim mesmo que com dificuldades'.

Este livro trata de corrupção. De limites. De escolhas. Fala de até onde está disposto a ir pelo prestígio, pelo reconhecimento. Fala sobre o que está disposto a abrir mão pra que supere todas as expectativas da sua vida. Sobre com o que jogamos alto quando não tem nada a perder. Estas questões não são nem o começo... E por falar em começo, você tem que perseverar. Este não é um livro 'fácil' de ler. Nele você encontra algo parecido com o filme 'Furry Vengeance'. Sem as partes bonitas e sem as piadas de efeito, que no começo não agrada. Passe do capítulo 15 e tudo será melhor!

Ele tem um enredo bem formado, com uma fluência mais pesada, como um suspense carregado de drama. Personagens de traços simples e diretos. Já as ações... bem, estas podem te surpreender e te fazer pensar "porque ele não fez tal coisa do que aquilo? Que burro!" Estou sendo simplória, eu sei, mas este livro me fez sentir assim...

Devo avisar também que ele é um livro para o público masculino. Ele não trata de dilemas 'femininos'. Não estou falando de futilidades, pois disso eu também não curto, estou falando de dilemas morais. Para eu não dar nenhum spoiler, vou usar um exemplo aleatório: Pense num casal. São adultos, trabalham mas não tem posses, querem muito ficar juntos. Para ela: "não importa não termos onde morar. Juntos poderemos superar qualquer dificuldade." Para ele: "não importa o que ela diga, vou fazer de tudo para dar um lar seguro e estabilidade para minha amada." Entenderam meu ponto de vista? Onde quero chegar com a 'temática' masculina? Este livro é escrito por um homem, sobre um homem, para homens. Mas não quer dizer que não possamos ler. É perfeito para mulheres também. O que eu digo é que eles vão gostar mais... Devemos nos arriscar na literatura, não é? Acho que devemos arriscar sempre!

Eu adorei. Recomendo. Quero mais um do Gregg!! E logo, por favor!


Que tal conferir também...

6 comentários

  1. Adorei sua resenha, mas parece não fazer muito meu tipo de leitura. Mas curti a dica para presente para o namorado :)

    ResponderExcluir
  2. UAU! Acho que é bem meu tipo de livro. Adorei a dica e fiquei bem curiosa com a sua resenha. Vou ler e volto para contar o que achei.

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ler mas deixei ele de lado. Depois de alguns comentários seus estou pensando em pegar ele novamente e ver se com outros olhos chego ao final. Bela resenha.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas antes mesmo de ler sua resenha, olhei a capa do livro e pensei: "Nossa que capa incrível", não sei porque pensei isso, é uma capa simples mas chamou minha atenção, o título também, faz bem aquele efeito do filme O Chamado quando o telefone toca, sei lá, meio aterrorizante, imagino se acontecesse comigo na vida real: VOCÊ É A PRÓXIMA!, enfim, estou divagando, não é um estilo de livro que estou acostumada a ler, mas com certeza daria uma chance a ele!

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Vim parar aqui pelo post da retrospectiva 2014 e sua resenha me fez ficar interessada pelo livro! Parece ser muito bom, além do mais eu adorei a capa :)
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  6. Eu comecei a ler esse livro essa semana, estou na pagina 30 e estou amando a forma que esta fluindo a leitura. O livro tem a dose certa de suspense que me prende e faz sempre querer mais, uma historia bem construída (até onde eu vi) e isso que me pegou de jeito. Espero não me decepcionar no fim dele. Adorei o seu blog e já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras