Uma Loja em Paris – Maxim Huerta

31/10/2015

Uma loja em ParisNum dia qualquer, quando andava sem rumo pelas ruas de Madri, Teresa, uma órfã rica que vive sob o rígido controle de sua tia Brígida, se vê impelida a entrar em um antiquário, atraída por uma tabuleta de uma antiga loja parisiense de tecidos. De volta ao seu apartamento, após fixar a tabuleta em seu escritório — que compra sem saber muito o porquê —, a jovem é atormentada por uma série de sensações, percepções e visões que, ao que tudo indica, fazem referência à dona da tal loja, Alice Humbert, que viveu na Paris dos anos 1920. Quem terá sido essa mulher e por que a sua história agora lhe bate à porta de uma maneira tão intensa, Teresa se pergunta. Sem perder tempo, ela parte em busca das respostas na mágica, romântica e colorida capital francesa, para onde se muda. Inspirado pelos “anos loucos” vividos na Paris de Hemingway, Modigliani, Coco Chanel e Paul Poiret, o jornalista espanhol Màxim Huerta apresenta uma história de amor que resistiu ao tempo e transpassou décadas até atingir em cheio o coração de Teresa.

Com uma capa linda e com Paris no título seria impossível o livro de Maxim Huerta não entrar na minha lista. Desde o lançamento a vontade e curiosidade de ler era enorme e de certa forma foi essa curiosidade que me fez ir até o final. É que o começo é um tanto lento e cansativo...

“– Seja paciente – repetiu, com a testa franzida ao aspirar a fumaça. – Tudo se resume a isso.”

Na verdade acho que o meu problema com o livro foi devido ao estilo. A história mistura em sua narração o presente com o passado histórico e confesso para vocês que esse não é o meu estilo favorito. Dito isso, vale dizer que a mistura entre realidade e fantasia junto com o interesse que Alice despertou em mim fizeram valer a leitura.

Teresa é uma garota que depois da morte da sua mãe, foi morar com a tia. Sua vida é monótona e seu único momento de um pouco de liberdade são as aulas de pintura que tem duas vezes por semana. Um dia, após uma dessas aulas ela acaba entrando em uma loja de antiguidades e mesmo sem saber direito o motivo, leva para casa uma tabuleta de uma antiga loja de tecidos em Paris.

“Você precisa aprender a ver. As pessoas não sabem ver, andam pela rua e cruzam umas com as outras, correndo os olhos por semáforos, mesas, pisos mal-encaixados...”

Depois de pendurar a placa em seu escritório, Teresa começa a ter sensações e uma certa atração com a placa faz com que ela queira descobrir tudo sobre a tal loja e principalmente sobre sua dona, Alice Humbert. Assim, ela se muda para Paris e chegando lá começa a descobrir mais e mais sobre a vida de Alice, e foi nesse momento em que a história realmente começou a acontecer para mim.

Acho super positivo arriscar e sair um pouco da zona de conforto, e foi exatamente isso que fiz com Uma Loja em Paris. Para mim foi uma leitura diferente e que de certo modo me ganhou, me deixando feliz em ter colocado o livro na lista de leituras e ter ido até o final. É o livro ideal para quem curte romance com toque histórico (muitos lugares citados na obra existem), isso tudo misturado a segredos em uma história realmente bonita.licavargas

 

    

 

promo uma loja em paris - result

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Olá!
    fiquei surpresa e super interessada.
    Acho que ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas romance com toques históricos faz totalmente meu estilo e vai para a fila interminável de livros desejados imediatamente.
    Sua dica foi ótima.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Esse livro é bem diferente dos que eu costumo ler, mas por ser muito curiosa esse livro me chamou atenção, agora quero saber qual é a história da Alice! haha
    beijos

    eraumavezumaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Lica!

    Eu vi esse livro por ai, mas acho que a capa não me atraiu muito, e eu sou uma das poucas que não tem paixão por Paris... De qualquer forma, achei interessante tudo que colocou, mas ainda tenho dúvidas se leria esse livro...

    Bjus!
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  4. Oi Lica, sua linda, tudo bem
    Não conhecia, mas realmente como resistir a um livro que tenha como cenário Paris e que os lugares citados realmente existam, impossível. Eu gosto quando passado e presente se misturam, isso não seria um problema para mim. Fiquei curiosa para saber porque ela precisou desvendar a vida da dona da loja, o que a levou até lá. Qual é o mistério. Dica mais do que anotada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Confeso que tenho uma relação de amor e odeio com livros que intercalam o passado e o presente porque nem sempre o autor acerta! Rsrs Como curto mt romance de época irei anotar a dica!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lica.

    A capa é muito linda. E confesso que não conhecia o livro e nem autora. Pela sinopse, talvez não seja um livro que compraria de imediato. Mas ao ler a resenha deu para saber um pouco mais da história e quem até não me arriscaria agora. haha. Obrigada pela dica. Quem sabe não uso no futuro.

    beijos

    http://www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee
    Nunca tive um verdadeiro interesse em ler essa obra e mesmo depois de sua resenha não leria. A capa é um pouco fraca, mas...

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  8. Que pena que o início foi tão lento e cansativo para você... adoro narrativas que misturam o presente e o passado. Amo mistura de realidade e fantasia também. Muito louco isso dela se mudar para Paris por causa da atração que uma placa exerce sobre ela. Fiquei bem curiosa para conhecer a história.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Oi Lica!
    Que livro interessante! Quando li a sinopse não imagina que a trama seria assim \o/
    Parabéns pela resenha, me deixou curiosa \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, quando esse livro foi lançado fiquei doida para lê-lo, pensei logo que seria um chick-lit, mas li algumas resenhas que como a sua disseram que o começo é parado demais. Mesmo que o final seja bacana, que tem uma pitada histórica e tem Paris no meio, não sei se me animaria por agora não, já estou numa vibe de não conseguir me prender fácil em um livro e se o pegasse com esse começo lento acho que o deixaria de lado.

    Gostei da resenha.

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Olha eu ainda não conhecia esse livro, mas eu achei bastante interessante a trama. Acho que vou colocar na minha lista de desejados e quem sabe eu compre pra mim ler, porque eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele sabe.
    E outra coisa, já que tu gostou desse livro me lembrou um que eu li e acho que vocÊ vai gostar...MUITO ALÉM DO TEMPO da Editora Jangada. Procura, porque esse livro é maravilhoso.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resumo-do-mes-outubro.html

    ResponderExcluir
  12. OI Lica!
    Eu adoro livros que misturam passado e presente, são os que mais me agradam, então não teria problema nenhum em lê-lo... Já o enredo, não sei se me agrada, acho que eu teria que dar uma chance pra ele e ver se iria gostar!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras