O Desafio de Ferro: Magisterium I – Black & Clare

05/11/2015

desafio de ferroAmigos e inimigos. Perigo e Magia. Morte e Vida. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior… mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro.

Quando o livro foi lançado eu tive a certeza de que precisava dele na minha estante, afinal, era mais um livro da Cassandra Clare. Quem me conhece sabe o quanto fiquei encantada com Instrumentos Mortais e, mesmo que nesse ela tenha contado com a ajuda da Holly Black (ou será que foi o contrário?) ouvi falar muito bem da autora e esperava que fosse me apaixonar pela história de Callum.

A história começa um tempo atrás, no Massacre Gelado, quando o Inimigo da Morte trapaceia e muitos morrem, inclusive Sarah – a mãe de Callum. É no prólogo que conhecemos um pouquinho do vilão, da magia e do mundo do livro. Da caverna, saem vivos somente Alastair e seu filho Callum.

Doze anos depois, vemos que Callum não é exatamente um menino normal. Ele tem um problema na perna – que faz com que ele não caminhe direito e é bem rebelde, sempre se metendo em confusão. Mas está na hora do Desafio de Ferro e todas as crianças convocadas querem se dar bem e ter a chance de entrar no Magisterium. Não Callum. Ele sabe que os magos não se importam com os aprendizes, ele sabe que a magia é errada e ele sabe que é tudo fingimento para que no fim, todas as crianças selecionadas acabem mortas. Seu pai esteve no Magisterium e lhe contou isso. Assim como disse que era muito importante que ele falhasse no desafio.

“Vocês estão prestes a entrar nos corredores do Magisterium. Para alguns, será a realização de um sonho. Para outros, esperamos que seja o início de um. Para todos, digo que o Magisterium existe para sua própria segurança.” (pág. 82)

Bom, foi aí que começou o meu primeiro problema com o livro. Se era para o Callum falhar, não teria sido mais fácil o pai dele ter explicado as coisas um pouco melhor? Como Call não sabia exatamente muita coisa de magia, seu esforço de falhar no teste até daria dado certo pelas suas notas, mas ao mesmo tempo, suas ações fizeram com que um dos magos notasse que tinha muita magia dentro do garoto – e um garoto solto e sem controle sobre a sua magia é que é realmente perigoso. Alguém tinha alguma dúvida de que o Callum iria entrar no Magisterium?

Ok... Previsível demais e parecido demais com outras histórias... Mesmo assim, resolvi seguir em frente, achando que iria encontrar alguma coisa que realmente me ganhasse e me fizesse ficar torcendo pelo nosso improvável protagonista. Só que não é o que acontece. Temos páginas e mais páginas onde nada é falado claramente. É tudo tão ‘você precisa descobrir por si mesmo’ que eu fiquei pensando como é que a escola durou tanto tempo. O que ficou chato para mim é que praticamente todos os alunos tem uma noção do que é o Magisterium, do que é a magia e o que os mestres esperam deles. Mas o livro é narrado por Call e ele não sabe nada disso. E pouca coisa é contada diretamente para ele.

“Vocês moldarão a terra, o ar, a água e o fogo, fazendo com que se inclinem diante de sua vontade. Vocês estudarão nosso passado à medida que se tornam nosso futuro. Vocês descobrirão o que o seu eu comum jamais teria o privilégio de ver. Vocês aprenderão coisas sensacionais e farão outras coisas ainda mais incríveis. Bem-vindos ao Magisterium.” (pág. 84)

Depois de mais um pouco de enrolação, de vários dias separando grãos de areia, de Call aprontando coisas escondidas e ninguém percebendo – ou demorando demais para perceber – chegamos ao ponto alto do livro. Quem é o Inimigo da Morte e o porque Sarah usou seu último suspiro para deixar a mensagem que deixou na caverna. E, preciso confessar que é por causa desse motivo que me animei para ler o segundo livro – A Luva de Cobre.

O Desafio de Ferro é um livro introdutório, onde todo o novo mundo criado pelas autoras é apresentado. Não posso afirmar que é um novo mundo já que tem semelhanças com outras histórias, mas ele apresenta pontos interessantes e a narrativa é gostosa de ler.  Um ponto que gostei muito foi que as crianças tem em torno de doze anos e elas realmente parecem ter a idade descrita. Eu tive várias ressalvas com o livro, mas fui até o fim e já comecei o segundo – pois eu vou dar mais uma chance para as autoras e livros introdutórios sempre tendem a ter muita informação que só será necessária nos próximos volumes. De maneira geral, gostei do livro e acredito que quem é fã desse estilo de história (tipo Harry Potter) vai ficar realmente encantado com o livro. licavargas

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

21 comentários

  1. Oi Lica!
    Eu fiquei curiosa com o livro devido as autoras que escreveram, mas não é a primeira resenha que leio onde diz que o livro não é tudo isso...
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Amiga eu já li várias resenhas desse livro e agora lendo o seu só posso confirmar que o livro realmente me parece muito bom, mas eu ainda não o li. Sério, nem tive muito interesse quando ele foi lançado, mas mesmo assim espero ter a chance de fazer a leitura, porque dizem que ele é meio parecido com Harry Potter, seilá. Outra coisa também é que agora saiu o segundo pela outra editora e nem sei se vou comprar viu Mas mesmo espero ler esse livro logo para poder ver se vou gostar.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-perdao-mortal.html

    ResponderExcluir
  3. quero muito ler esse livro
    se quiser passar no meu blog ficarei muito feliz
    https://utopiasdegarotaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiiie
    Deve ser uma leitura bem legal para o pessoal que curte esse gênero, mas esse livro é o tipo que nunca leria haha não gosto nada mas parabéns pela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Lica,
    Vejo as resenhas desse livro e quase todas têm ressalvas.
    No geral, já quis ler esse livro, mas essa vontade sumiu, pois, conforme li Instrumentos Mortais, me decepcionei com a Cassandra. Infelizmente, não sei se pretendo e/ou quero ler :/
    Espero que o segundo livro te surpreenda.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Eu não curto muito os intrumentos da Cassandra, justamente por achar ela bem enrolona. Já deu para ver que esse livro tem um pouco disso. Talvez eu leia, quero dar algo assim de presente para o meu irmão que tem mais ou menos a idade do personagem, mas quero dar uma olhada antes... Vou dar uma chance.

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá! Essa é a primeira resenha que vejo desse livro, e te confesso que fico com um pé atrás. Eu comecei a ler Instrumentos Mortais, mas não gostei, não consegui passar do primeiro capítulo...Acho que por isso minha desconfiança. beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. eu ouvi falar muito pouco desse livro por isso não tinha uma opiniã formada se iria gostar do gênero mas amei os pontos que vc destaca na resenha e o livro me interessou muit.

    ResponderExcluir
  9. Oi Érica
    Adorei sua resenha, mas não é um tipo de livro que eu gostaria de ler.
    Mesmo assim anotei a dica para passar a meu priminho.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Oi Lica, sabe que eu nunca tive interesse em ler esse livro, mas com a sua resenha eu tenho a impressão que vou gostar dele. Então quem sabe um dia desses eu dou uma chance a ele, já que gosto muito de Harry Potter, então acredito que irei gostar!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  11. A verdade é que estou com esse livro na estante desde o lançamento, mas peguei birra da Cassandra na Bienal e até hoje não consegui ler... mas farei isso com o lançamento da continuação. Não gostei dessa enrolação e do fato de ser previsível demais e parecido com outras histórias, mas espero gostar da leitura. Saber que você já começou a ler o segundo livro me dá um certo ânimo.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Eu já peguei esse nas mãos várias vezes, mas sempre deixo pra depois. Sei lá, tenho medo de não gostar. Nunca li nada de nenhuma das duas, aí já viu, mas sou apaixonada por essa capa, acho o máximo. Adorei o que escreveu sobre ele, quem sabe perco o receio e me jogo na leitura.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    Li esse livro no começo desse ano, curti a historia, mas o Callun, realmente está sendo um péssimo protagonista, pelo menos as autoras poderiam alternar a narrativa dos capítulos nos próximos livros, espero poder ler o segundo volume logo. :D

    http://perdidoemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Também achei esse livro bem uma introdução mesmo (como já é notório nos primeiros livros de ambas as autoras, é sempre assim) mas adooorei! Amei as aventuras, que apesar de poucas foram muito bem descritas. E amei o enredo, mesmo tendo me lembrado HP e Percy Jackson em MUITOS momentos, hehehe. Quero muito ler Luva de Cobre tbm :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lica, tudo bem?

    A premissa da estória não me chamou a atenção. Se eu fosse ler seria apenas pela escrita da Cassandra Clare e porque nunca li nada da Holy Black, e vejo vários comentários em relação a autora.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi amada!
    Sou uma das fãs do tipo Harry Potter! ahahha
    Então acredito que ia me encantar com essa obra, parece uma leitura fácil e gostosa e pela resenha iria mesmo gostar! Bejos
    Paulinha

    ResponderExcluir
  17. Eu detesto esses livros em que todos sabem de tudo, menos o personagem principal. É muito irritante! ¬¬ Bem, mesmo assim quero ler essa série, pois tenho um fraco por literatura juvenil. hahaha
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Tudo bom?
    É a primeira resenha que leio desse livro, estava super empolgada lendo sua resenha, mas quando você disse que tem essa parte de enrolação na história, fiquei meia Cabreira, mas mesmo assim despertou minha curiosidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Todos os amigos meus que já leram o livro, gostaram muito da leitura, porem fico meio receosa em ler pois tem algumas partes que são enroladas e eu tenho um certo problema com isso.

    ResponderExcluir
  20. Oi Lica!

    Adorei sua sinceridade! Eu já li diversas resenhas desse livro, a maioria dizendo que não gostou tanto quanto esperava, mas na sua eu entendi bem os pontos "fracos". Eu não gosto desse gênero, não pretendo ler, mas fico curiosa com o próximo livro! Espero que resenhe para nós! rs

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  21. Oi Lica! ^^
    Já li muitas resenha positivas sobre O Desafio de Ferro, mas o fato de os personagens serem tão jovens não me chama a atenção para a história. Claro que eu sei que sendo um livro do selo #irado a história seria voltado para um público mais jovem, mas sabe quando tu realmente não consegue sentir curiosidade.
    Pelo que percebi durante a sua resenha a história demorou para conseguir te prender e disso que tenho medo....

    Beijos e até logo! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras