Primeiro e Único - Emily Giffin

16/11/2015



Primeiro e Único

Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.
Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.
A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.

****

Olá novamente, povo leitor! As leituras desse mês estão à todo vapor e hoje vim trazer mais uma resenha pra vocês. Todos sabem que Emily Giffin é uma autora de bastante prestígio e aclamada pela crítica pelos seus milhões de livros vendidos, e claro, eu fui com toda sede ao pote (no caso, livro) de Primeiro e Único.

Acho que este foi o meu erro, já de início eu percebi que o livro seria pura enrolação, e foi assim até o final, fora que eu já sabia o que aconteceria no fim, Emily foi previsível demais nessa trama. Bom, que tal irmos à história propriamente dita?

Shea é uma mulher de 33 anos que pode ser definida por duas palavras: futebol americano. Sim, meus queridos, ela é apaixonada por esse esporte e a vida dela gira em torno disso. Seu trabalho há mais de dez anos como jornalista esportiva do time Walkers a faz ter uma vida confortável, sem que ela mude muito de estratégias. 

Em sua vida, ela conta com pais separados, sua melhor amiga Lucy e ainda mais: o treinador Carr, pai de Lucy, a qual ela nutre uma paixonite desde a adolescência, e não, isso não é um spoiler porque desde o princípio do livro a autora já deixa isso bem claro. Mas como nem tudo na vida são flores, muitas coisas acontecem na vida de Shea.

Mudar-se de cidade nunca passou pela cabeça dela, até ela receber uma proposta importante para escrever para um importante jornal do Texas sobre esportes, porém, de forma imparcial, sem ser tendenciosa pelo seu time do coração. Mudanças são necessárias, então, ela aceita a proposta e exerce com bastante louvor sua função.


E tem mais: ela começa um relacionamento complicado com Ryan, um gostosão do futebol americano desejado por muitas mulheres, porém, até que ponto vale você jogar com uma pessoa quando o quesito é amor? E quando o nosso coração se disfarça para encobrir uma verdadeira paixão? Eis que o livro fala de todas essas reviravoltas que a vida de Shea tem, tantas quanto um jogo de futebol americano.

Eu fiquei muito incomodada com os termos de futebol americano, com a história do futebol americano, com os lances, as táticas e técnicas, enfim, que ocupam pelo menos 70% da narrativa. Ficou chato e me senti enrolada do início ao fim. Sei que o intuito da Emily foi inovar, mas pra mim, não rolou, foi mal!

No mais, capa e diagramação bem feitas, como de praxe da Novo Conceito. 
Por hoje, encerro por aqui. Até breve!

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

22 comentários

  1. Oi Fabi! Ai, é tão ruim quando lemos um livro assim, né? Antes eu costumava abandonar quando me sentia enrolada pela leitura, rs. Mas hoje em dia eu "me forço" a insistir, a ir até o final... nem que seja pra depois eu ter essa mesma opinião que você teve: "não rolou".

    Ótimo dia!
    beijos

    http://www.euleitora.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fabi,

    É uma pena quando vamos com tanta expectativa e o livro se torna previsível e cheio de enrolação... Não sou muito de romancese para ser sincera nunca li nada dessa autora. Esse livro realmente não é pra mim, mas futuramente talvez eu dê uma chance aos outros trabalhos de Giffin.
    Abraço,
    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Fabi.
    Diferente de você, eu gostei muito do livro. E mesmo sabendo no que ia dar, em nenhum monto me desinteressei da história. Quanto aos termos do futebol americano, quando terminou o livro eu já estava té torcendo para que o time fosse campeão hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. OI,

    Ah que chato quando nos sentimos incomodadas por alguma coisa na leitura....eu também me irritaria com remos relacionados ao futebol e com a estória assim como tu descreveu...não esperava!!!

    em todo caso, tua resenha está ótima e bem esclarecedora....

    bjs

    Eu Pratico Livroterapia


    ResponderExcluir
  5. Ola lindona a capa e a sinopse em si já não me chamaram atenção, lendo sua resenhas e vendo esse excesso de termos sobre futebol , confesso que desisti mesmo da leitura. Dessa vez vou deixar a dica passar, muitas vezes vamos com tantas expectativas em um livor e nos decepcionamos mas acontece né. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Olha eu ainda nao li esse livro, mas uma das minhas colaboradoras gostou bastante e achou bem diferente a trama. Espero poder ler assim que tiver um tempo, pois é tanta coisa pra fazer que nem tenho tempo. Todos os livros da Emily são muito bem comentados, mas até hoje não li nada dela e quero conhecer sua escrita. Espero gostar bastante =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-segredos.html

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Quando eu comecei a ler esse livro fiquei um pouco desanimada, a história me pareceu meio parada. Só que conforme fui avançando, fui me apaixonando pelos personagens. Fiquei com um pé atrás sobre o relacionamento de Shea e treinador. Mas depois dei a maior força e torci por eles até o final. Esse foi mais um livro da Emily que eu me apaixonei.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oláá
    Poxa, que pena que para você não foi dessa vez, eu curto bastante a autora e estou curiosa por esse, algumas pessoas falam bem e outras nem tanto, espero ler em breve e gostar haha ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Aconteceu exatamente o mesmo comigo em relação a Emily Giffin, só que com o livro Uma Prova de Amor, todo mundo falava super bem dela, super prestigiada, fui esperando O Livro, e foi bem enrolado. A leitura dela é lenta, torna a história bem parada, mas dá para entender todo o prestigio dela, os personagens são muito bem construídos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oiie, sabe ainda não li nenhum livro da autora, mas lendo a sua resenha, vejo que que não iria gostar tanto assim do livro, essa história de muita coisa de jogo, não dá certo pra mim,

    Beijos

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Amo livros que tem reviravoltas na trama, com certeza lerei este. Sua resenha está ótima! Lindo blog!
    Beijinhos

    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Li um livro da autora há muito tempo atrás, que foi Questões do Coração, e gostei! Mas, nunca me interessei por ler outras obras dela, não sei porque. Acredito que por ter gostado tanto do que li.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Puxa, essa é uma das minhas próximas leituras, e fiquei arrasada por você ter achado previsível e por ter sentido que houve enrolação durante o livro todo. E o pior é que acredito que vou morrer de tédio com todo esse espaço que o futebol americano ganhou na trama. Não sou fã de esporte nenhum, muito menos de um sobre o qual não sei e não tenho vontade de saber nada. Só espero que eu consiga chegar ao fim da leitura, minha expectativa atual se resume a isso.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Olá Fabi tudo bem?
    Já ouvi falar muito dos livros da autora, Mas confesso que eu ainda não fui seduzida por nenhum. Esse com certeza seria um que passaria batido por mim. Gostei muito da sua resenha muito sincera, Pena não ter gostado muito do livro fica pra próxima beijo.

    Giuliana

    ResponderExcluir
  15. Oi,

    Temos tantas boas opções de livro que quando lemos uma resenha que diz que a história não é boa desistimos na hora. Foi o que aconteceu comigo lendo a sua resenha.
    Obrigada por ser sincera e impedir que caiamos nestas ciladas.
    Beijos

    Juci Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi!!

    Poxa, acho que nunca li uma resenha positiva para esse livro, o que é uma pena já que a autora é bem consagrada.
    Eu gostei da sua sinceridade! Eu não leria a obra pq nunca vejo elogios e sua resenha acabou fechando isso também!
    Parabéns pela sinceridade!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Fabi =)

    Também achei esse livro muito arrastado, bem diferente dos outros livros da Emily! Me incomodei demais, como você, com toda atenção dada ao futebol americano, ficou chato e pesado na história. Lutei pra terminar esse livro rs

    Beijos!

    Every Little Book

    ResponderExcluir
  18. Oi,
    nunca li nenhum livro da autora e confesso que não sinto tanto interesse. Li em outras resenhas que o mesmo ponto que vc destacou é o que tem incomodados os leitores, o fato de tudo ter ficado no quesito do futebol. Uma pena, não estava na lista e pelo visto nem vai entrar.

    Beijos, Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  19. Olá.
    Tudo bom?
    Eu li esse livro e minha expectativa estava super alta por ser uma autora conceituada, mas me decepcionou demais com o livro e sinceramente não sei como.publicaram algo assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Da Emily eu li Laços Inseparáveis e sim, ela enrola demais. Por isso passo bem longe desse livro. Todos que leram reclamaram dessa enrolação e desses excessivos detalhes sobre o esporte.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Fabi, sua linda, tudo bem
    Eu adoro livros de competições, se fosse um livro sobre os integrantes de um time, a história de superação deles, acho que eu iria adorar, mas pelo visto não é. E já li em uma resenha sobre o relacionamento dela com esse treinador. Não sei se iria gostar por esse detalhe e por tudo o que falou acabei ficando um pouco desanimada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Nas primeiras resenhas que vi desse livro, tinha até gostado, até a parte que vc citou, que o livro é 70% futebol americano, assim não da né :(
    Uma pena porque o tema é realmente muito interessante e reflexivo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras