A Garota sem Passado - Michael Kardos

26/10/2016

 
Num domingo de setembro de 1991, Ramsey Miller deu uma festa em casa para os vizinhos. Depois, assassinou a esposa e a filha de 3 anos. Todo mundo na pacata cidade de Silver Bay conhece a história. 
Só que todos estão errados. A menina escapou. Sob o nome falso de Melanie Denison, ela passou os últimos quinze anos escondida com os tios numa cidadezinha remota. Nunca pôde viajar, ir a uma festa na escola ou ter internet em casa, porque Ramsey jamais foi encontrado e poderia ir atrás dela a qualquer momento. 
Mas, apesar das rígidas regras de segurança impostas pelos tios, Melanie se envolve com um jovem professor da escola local e engravida. Ela decide que seu filho não terá a mesma vida clandestina que ela e, para isso, volta a Silver Bay para fazer o que nem os investigadores locais, nem a polícia federal, nem o FBI conseguiram: encontrar seu pai antes que ele a encontre.


Eram as verdades que transformavam as pessoas em aberrações. (...)
Ele tinha plena convicção de que, a partir do momento em que uma pessoa tomava para si uma verdade qualquer, passava a chamá-la de sua e tentava viver a partir dela, essa pessoa se tornava uma aberração, e a verdade, uma inverdade.
Sherwood Anderson, Winesburg, Ohio
(antes do início do livro)
A ideia do livro é simples... Em um belo domingo de setembro, um cara resolve dar uma festa para todos os vizinhos e logo depois, assassina a esposa e a filha de 3 anos. Ele foge e o caso fica sem solução. Acontece que o que ninguém sabe é que a menina não morreu. Depois de 15 anos escondida, vivendo em uma pacata cidade sob os rígidos cuidados dos tios e sem poder nem usar a internet já que seu pai pode estar à sua procura, a garota acaba se envolvendo com um jovem professor local e engravida. Ela não quer uma vida clandestina para o filho, então decide que precisa encontrar seu pai antes que ele a encontre.

Como eu disse, a ideia é simples. E, apesar de eu não curtir muito essa vibe de uma pessoa conseguir fazer o que a polícia, os jornais e o FBI não conseguiu por 15 anos, Melanie tem uma chance já que se tudo for como realmente parece ser, ela é a isca perfeita. Foi esse pequeno detalhe que me fez ter a maior vontade de ler o livro, mas infelizmente nem sempre encontramos ótimos livros em nosso caminho.

Eu assisto muita série policial, então, sempre que começo uma leitura desse estilo tenho em mente que nem todos os personagens são o que parecem ser. Já é hábito, e dito isso, foi um tanto difícil seguir com a leitura sem querer analisar tudo. E aí é que está o grande problema... Acontece muita coisa sem sentido e tem muita enrolação no livro. Foram muitos os momentos em que me peguei pensando quando é que aquele detalhe faria alguma sentido para simplesmente não ter sentido nenhum.

"Gostaria de informar que de agora em diante pretendo viver assim: deixando as coisas seguirem seu curso. O problema é que tenho uma vida inteira de prática em estar equivocado. Não sei se a esta altura do campeonato ainda há tempo para mudar." (pág. 296)

Por outro lado, é interessante que alguns motivos não fiquem exatamente claros e fiquei feliz em acertar uma ou outra coisa referente a alguns personagens e/ou situações - mas não cheguei a ficar muito surpreendida com o final e a resolução do livro. Eu esperava mais, eu queria algo que impactasse mais, que me deixasse um tanto mais animada. Talvez por causa das minhas expectativas, talvez pelo fato de eu assistir muitas séries no estilo e querer algo tão cativante quanto, talvez foram os muitos elogios que li pela internet. Não sei ao certo qual dos motivos ou se foram todos eles juntos, mas o que eu senti de maneira geral é que o livro não foi mais do que um ok e eu estava esperando encontrar um grande livro.

A Garota sem Passado é um livro que tem uma premissa simples, com uma história que se desenrola sem maiores problemas ou grandes surpresas mas que no mínimo vai te fazer querer saber se você está certo nas conclusões que tira durante a leitura. Não foi um livro ótimo, mas ele também não é um livro ruim. A escrita de Michael Kardos é leve, fluída e de fácil compreensão - e por esse motivo eu fui até o final da leitura. Dividido em três partes e intercalando a história entre o passado (pela narrativa do pai) e o presente (pela narrativa da filha) ainda contamos com algumas entradas no blog de um jornalista que não deixou o caso de lado, mesmo depois de tanto tempo. Isso faz com que o livro se torne interessante. É aquele tipo de livro para quem quer começar no estilo ou ler algo mais tranquilo sem ficar com aquela pressa de chegar ao fim.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

27 comentários

  1. Olá
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que mesmo com sua resenha positiva, ainda não me senti atraído a lê lo. Não gosto muito desse estilo meio policial, meio thriller, por mais forte que a personagem possa parecer.

    Abraços
    David
    Território Geek Nerd

    ResponderExcluir
  2. Acho que sempre que pegamos um livro assim, esperamos muito mais dele do que realmente é. Li algumas resenhas bem negativas sobre ele e me desanimei um pouco da leitura. Acho que a sua resenha foi a mais imparcial até o momento e ainda assim não me vejo tentada a ler. Fico feliz que tenha gostado da leitura.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Eu ainda não li esse livro, porque não é meu estilo. Não sei se seria uma leitura simples e uma história simples, pelo menos para mim. Viver escondida não deve ter sido nada fácil e também não concordo da pessoa querer se vingar com as próprias mãos.
    Parabéns pela resenha
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro Aline, li bem rápido e gostei da história e da forma que os personagens de desenvolvem. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ooi! Nunca li esse livro, mas confesso que achei a ideia interessante. Não é do meu gênero favorito ou que eu leia com mais frequência, mas acho que poderia dar uma chance. Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oii Lica, tudo bem?
    Menina eu fiquei bastante curiosidade em realizar a leitura desse livro lindo, cheio de mistérios ele parece esconder, dica super anotada.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu ainda não tinha lido o livro, mas fiquei bem interessada nessa premissa. Sempre via a capa mas até então não tinha procurado para ler. Fiquei curiosa paa conferir essa história.
    Bjks!
    histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Não sou de ler livros do gênero e acho que por ser um livro com uma premissa simples e leitura fluida é um bom livro para mim que não tenho muitas experiencia com livros do gênero. Gosto de livros com divisões e isso já me deixa mais animada e curiosa.
    Amei a resenha.

    ResponderExcluir
  9. Oie

    Eu adoro o gênero e como assisto muita série também, acabo sendo meio exigente rs.
    Já tinha visto outra resenha desse livro e não foi positiva, agora com a sua, mesmo sendo mais imparcial, acho que vou deixar passar essa leitura. Fiquei com receio.
    Parabéns pela resenha!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Geralmente quando leio um livro assim e começo a tecer um milhão de conclusões sobre o desfecho, sempre aposto da direção errada. Então, de um jeito ou de outro, o livro irá me surpreender. Dica anotada.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu amo livros como esse e já li vários desse gênero. E como não poderia deixar de acontecer, eu adivinhei o final desse livro logo no início também. Mas mesmo adivinhando os finais dos livros, eu ainda gosto deles, hahahaha... sei lá porque. Quando se lê muitos livros desse gênero a gente acaba sempre adivinhando os finais e pegando detalhes óbvios, mas que segunda a minha amiga, não são nem um pouco óbvios na realidade. Acho que nós já somos quase profissionais, não é?

    Bjs.

    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  12. Quando esse livro foi lançado, pensei em solicitar pela parceria mas refleti bem e percebi que ele não me apresentava nada de inovador e preferir não correr o risco. Percebo em sua resenha que eu não estava errada e que acredito que sentiria o mesmo que vc já que também gosto de séries de investigação. Enfim parabéns por terminar a leitura e por resenhar tão bem aqui.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir
  13. OLá!
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro e a premissa me pareceu até interessante, mas enquanto lia sua resenha fui percebendo que os pontos negativos que você citou realmente atrapalhariam minha leitura, como a menina ser capaz de resolver o caso em tão pouco tempo assim. Vou deixar essa dica de lado por enquanto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá amore,
    Parece se tratar de um livro bem instigante e com uma história intensa... curiosa pra ler já.
    Parabéns pela resenha!
    Adoro policial, e sua resenha despertou ainda mais minha curiosidade!
    Beijokas
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Lica!
    Li esse livro assim que foi lançado e gostei da história.
    Sempre gostei muito de thrillers e, apesar de não ter sido o melhor que li na vida, foi bem bacana de acompanhar. A história, certas partes, é bem confusa, mas achei bacana o rumo que o autor deu à trama. Não imaginava que aquele fosse o final. Hahahaha Já tinha feito mil teorias da conspiração e perceber que tudo que imaginei não era, nem de perto, o que havia acontecido foi muito legal (adoro ser surpreendida).
    Enfim, é um livro bom, com uma narrativa bem simples e gostoso de ler. Foi meu primeiro contato com a escrita do autor e fiquei curiosa para ler outros livros dele.
    Adorei a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Sou péssima em analisar personagens e descobrir suas verdadeiras atitudes. Tenho e não tenho vontade de ler esse livro, sabe? Essa questão de a obra ser enrolada e coisas sem noção acontecerem é péssimo.
    Apesar disso, achei legal você ter concluído a leitura por conta da escrita do autor.
    Vou deixar a dica passar de vez.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oie Aline! Confesso que quando eu li a sinopse aqui fiquei bem empolgada para ler o livro, tem um tema que eu gosto muito, mas sou exatamente como você e assisto series e filmes policiais demais da conta, então também tenho esse mesmo problema de analisar demais os personagens, e mesmo não devendo, fico um pouco decepcionada quando o livro não me surpreende pelo menos um pouco. Não fiquei com pressa de colocar o livro na minha lista de leitura, mas e uma dica interessante. Beijos e ate a próxima :*

    ResponderExcluir
  18. Gostei da premissa da Garota Sem Passado. Imagina ficar anos escondida do pai... mas aqui, por que ele não foi preso após matar a família toda? Acho que vou ter que ler para tirar minha próprias conclusões. Gostei da dica e da resenha! Abraços

    ResponderExcluir
  19. Oie!
    Não conhecia esse livro, assim como você eu assisto muitos seriados policiais e por conta disso gosto muito de livros nesse estilo.
    A sua dica está devidamente anotada.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem? Acho que essa è a primeira resenha que leio sobre esse livro com críticas não tão positivas . assim. Eu morro de curiosidade de saber mais sobre esse enredo e qual foi o motivo do pai fazer o que fez. Esse livro está na minha lista de leituras já há um bom tempo e pretendo mudar isso em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Olá...
    Eu não sei o que acontece comigo mas quando o livro é intitulado por: A garota (alguma coisa) ou o O menino (alguma coisa) eu acabo ficando interessado de cara, e com o livro A garota sem passado não seria diferente, assim que vi que iria ser publicado já bateu aquela vontade de ler, porém o que me impede um pouco é a grande quantidade de livros que tenho para ler, e passarei um bom tempo para poder comprar livros, o que não me impede de ganhar presentes rsrsr

    ResponderExcluir
  22. Como não costumo ler livros desse tipo acho que gostaria dele, como você disse, ele parece ser leve- na medida do possivel. E acho que gostaria, mesmo você dizendo que ele enrolou um pouco, afinal, a história parece ser bem envolvente mesmo. Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer no final, será que ela encontra o pai? Enfim, dica anotada.

    beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi, Lica
    Todos praticamente que leram esse livro dizem que esperavam algo a mais. Realmente quando leio um policial não espero confiar muito nos personagens todos.
    Mas apesar de não ter sido surpreendente, ainda bem que não foi de todo ruim.

    ResponderExcluir
  24. A sua primeira linha da resenha me fez rir HAHA Não gosto desses livros que sempre esperamos algo a mais e ele não tem. Nos deixa frustado e isso é ruim. Confesso que não é meu tipo habitual de leitura, por isso deixa a dica passar.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Esse livro está na minha lista desde o lançamento e essa é a primeira resenha um pouco negativa rs' e muito sincera.. é muito ruim quando o livro não te surpreende como você esperava.. ainda mais sendo livros policiais que eu adoro.. vou dar mais um tempo e depois resolvo se pego para ler!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oie
    Tudo bem?
    Então eu também gosto muito de romances policias apesar de fazer a leitura sempre livre de julgamentos procuro focar só naquela historia a gente sempre acaba lembrando cou relacionando a outra.
    Simples ou não eu gostei do enredo parece ser bem bacana e sua resenha aguçou minha curiosidade.
    Amei a resenha
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  27. Ola Lica lindona amei a premissa do livro, pena que há enrolação na escrita e isso deve me incomodar um pouco, mas fiquei muito curiosa com a volta da menina a sua cidade após tanto tempo, querendo viver uma vida sem mentiras ou medo. Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras