Na sua Pele (Homens Marcados #1) - Jay Crownover

20/10/2016

Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.


Na sua pele me chamou a atenção pela capa. Achei interessante e parecia ser algo legal. Mesmo assim, quando comecei a leitura não estava com grandes expectativas, e acredito que esse foi um super ponto para eu curtir o livro. Ao final da leitura, estava com aquela sensação de não saber se gostei tanto por não estar esperando gostar ou se gostei tanto por o livro ser muito bom.

" - Não sou namorada dele.
- Sério? Não era o que parecia.
- A gente se conhece há muito tempo, é complicado.
A garota me deu uma piscadinha e um sorriso malicioso.
- Ah, quando eles são bonitos desse jeito e têm esse ar de "vem comigo", sempre é complicado." (pág. 114)

Shaw sempre foi a garota certinha que fez tudo o que os pais queriam. Ela é rica, está estudando medicina e sempre seguiu as regras. Acontece que não é nada disso que ela quer. O que ela quer e sempre quis é Rule Archer. Rule é o típico bad boy. Alto, corpo perfeito, olhos penetrantes ele chama a atenção de todos por onde passa. Com relações que não duram mais que uma noite, os cabelos coloridos e a pele decorada com piercings e tatuagens, ele é um cara que não está muito preocupado para regras e nunca reparou naquela garota que não é nem de perto o seu tipo. Ou pelo menos era isso que todos imaginavam.

Acontece que Shaw e Rule se conhecem a muito tempo, desde o colégio. Só que agora, as coisas não são mais as mesmas. Shaw não tem uma vida tão perfeita em casa, onde seus pais tem planos para ela e querem que ela siga com eles. Ela não tem um relacionamento bom pois para seus pais, o mais importante é a aparência, o status e foi na família Archer que ela se encontrou e se sentiu parte de uma família de verdade. Rule sempre teve seu lado bad boy, mas depois de um grande acontecimento, veio junto a revolta e a sensação de que ele não tem um lugar a não ser o de culpado. Isso sempre fez com que ele olhasse para aquela garota toda certinha e soubesse que ela não era para o seu bico.

" - Rule, se isso der errado, vai dar muito, muito errado.
A voz dela era só um sussurro meio rouco no meu peito.
- É verdade. Mas se der certo, vai dar muito, muito certo." (pág. 129)

Só que agora, Shaw resolveu que vai quebrar algumas regras, pelo menos uma vez na vida ela vai tentar o que quer - mesmo que depois tudo mude para sempre. E é quando os dois se veem sem as barreiras que eles mesmos erguem como proteção que Rule começa a ver uma garota com muito mais do que ele pensava e inclusive que ela pudesse estar ao seu alcance. Então quando surge um encontro inesperado e os dois sentem na pele a força da atração de um pelo outro, como dizer que não?

A noite entre os dois muda tudo de vez e agora esse casal está com uma ardente paixão nas mãos. Acontece que nem sempre uma relação quente é o que se precisa para fazer com que um relacionamento dure. E o casal que ninguém imaginou que pudesse um dia ficar junto, tem muito mais a resolver do que apenas os problemas que cada um tem sozinho.

" - Porque eu sempre te quis, mesmo quando não queria querer, até quando isso partia meu coração em mil pedaços. Sempre quis você." (pág. 182)

Na sua pele é um livro New Adult que contém algumas cenas quentes, mas o livro não é apenas mais um erótico. Ele conta com um pouco mais do que isso, e a parte hot da história é um complemento a mais para quem curte o estilo. Mas no geral ele é um livro com uma história de amor, com um toque de drama familiar (abordando questões como luto, opção sexual e fazer o que os pais esperam), reviravoltas inesperadas e a prova de que os opostos se atraem - e podem dar certo!

Depois que terminei a leitura, vi algumas resenhas que reclamaram da tradução da editora para o livro. Segundo as resenhas, a tradução preferiu utilizar uma linguagem que ficou 'malandra' demais, cheio de gírias e expressões que não tem no original. Confesso que eu não me incomodei com isso. O Rule é tatuador e não me senti incomodada durante a leitura. Mas talvez isso seja porque meu irmão tem alguns amigos tatuadores e eu estou acostumada com o jeito deles falarem e suas expressões, então isso fez sentido para mim enquanto lia.

" - Só porque nunca encontrei uma mina que me fizesse ficar a fim de entrar numas de exclusividade não significa que não sei a diferença entre qualidade e quantidade." (pág. 17)

Narrado entre os dois personagens principais, Na sua pele é tudo o que eu poderia querer e esperar de um livro. Fiquei encantada com o jeito de Shaw, que até é toda certinha mas que quando precisa coloca qualquer um no seu devido lugar e quando quer uma coisa, sabe ir atrás em busca dos seus próprios sonhos. Rule é o bad boy um tanto atormentando por um sentimento de culpa e de que sempre vai estragar tudo, mas que procura fazer o seu melhor a cada momento e que, quando o assunto é Shaw não tem o que não faça por ela. Os dois não poderiam ser mais opostos um do outro e não poderiam ser mais perfeitos um para o outro. Na sua pele tem aquela coisa que te conquista, que não tem como não amar e te faz querer ler todos os livros da série, que conta com 6 livros - cada um com um casal diferente. Então podem aguardar que logo terá resenha dos outros por aqui...

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

30 comentários

  1. Olá, como vai? Eu tentei ler uma história sobre tatuadores mas não deu muito certo então eu desisti, mas com certeza esse livro acabou de entrar na minha lista! Eu também tenho algum problema com as traduções mas espero que nada me incomode ao ler.
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Realmente quase nunca ficamos satisfeitos com traduções, mas é isso ou ler original né. Eu também não me incomodo muito, mesmo não ficando super satisfeita. Quanto a este livro, já ouvi falar horrores dele, mas nunca li, tem uma premissa clichê que me agrada bastante! Sua resenha ficou ótima!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá
    que bom que a narração é feita pelos dois personagens, e com certeza já quero ler, especialmente porque esse é o tipo de livro que eu adoro. Amei a sinopse e a capa também está bonita, então ler suas impressões só me deixou mais motivada para querer conferir essa história o quanto antes. Melhor ainda por fazer parte de uma série, mas por casais diferentes, já quero <33
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?

    Amei a capa e o enredo da história , me parece ser dos tipos de livros que te fazem sentir junto com os personagens.

    Beijos:*
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie. Esse livro tenho faz um tempo mas nunca li porque pensei ser mais um livro clichê. Porém tenho uma amiga bem crítica com livros que leu e gostou então tô aguardando a vez dele para ler, após sua resenha me deixou mais curiosa ainda. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que bom que gostou do livro, eu sempre prefiro começar o livro livre de expectativas (o que nem sempre é fácil). Eu não conhecia essa série. Sobre a tradução, também acho ruim quando o tradutor quer dar a própria cara à estória a ponto de transformar o original (não sei se esse é o caso). Até acho aceitável em algumas coisas que não fariam sentido para nós, como acontece com muitas piadas. Adorei a resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Pela capa eu pensava justamente que esse era só mais um livro erótico como tantos que tem por aí, mas pelo visto estava completamente enganada. Adoro protagonistas que decidem se arriscar e fazer algo diferente do esperado, como a Shaw parece fazer e só por isso já fiquei com vontade de ler o livro que parece ter uma trama bastante cativante. Geralmente fico incomodada quando o livro possui gírias e palavrões demais, pois acho desnecessário mas pela sua descrição as gírias parecem fazer parte das características e trejeitos do Rule, então seria fácil de relevar.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Infelizmente o livro não tem uma trama que me fascina, então eu passo a dica por hoje, sobre gírias, eu também não costumo me incomodar, mas entendo algumas pessoas, gírias tendem a deixar os livros datados, porque elas mudam muito de acordo com o tempo, e também existe o caso de que, em países grandes como o nosso, o que eu falo aqui no interior de São Paulo, ser totalmente diferente do que se fala lá no Amazonas, e as vezes as pessoas podem ficar confusas, por isso eu prefiro que evitem.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    É muito bom quando pegamos um livro sem expectativa nenhuma e acabamos nos surpreendendo. Confesso que também amei amei a capa e fiquei curiosa por saber que apesar de ter cenas quentes, o livro também uma boa história acontecendo.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  10. Oiii Lica, tudo bem?
    Que coisa mais linda essa sua resenha, confesso que fiquei aqui apaixonada diante de tanto romance que me envolveria com toda certeza e achei um arraso essa capa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. A capa não me chamaria muito a atenção, apesar de adorar romance. mas gostei de conhecer os temas que a história traz, como o luto. Acho em cima deste plot, muita coisa pode ser desenvolvida.
    Amei a dica
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Li!
    Não conhecia esse livro, mas essa capa chama a atenção mesmo. Sobre o enredo, já gostei que tem badboy. Adoro. rs Adoro esses livros que vem com personagens com dramas por trás, gostei que a protagonista resolve viver a vida por ela e não o que os pais querem. Sobre a tradução, se esse é o jeito mais próximo a realidade, tem que deixar mesmo. Vai traduzir um livro e deixar a linguagem do personagem? Não faz sentido pra mim, o povo reclama por tudo também. kkk
    Gostei que são vários livros independentes, se fosse tudo de uma história só iria passar longe. Espero ter oportunidade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    O livro parece muito bom, por conta de ser uma história de dois opostos que se juntam. No começo da resenha pensei que seria mais um livro hot, como os outros, mas senti no final da resenha, que as cenas são usadas em si como complemento.
    E pela linguagem, se está de acordo com o personagem, não vejo problemas em relação a tradução ter muitas gírias.
    Adorei saber que são várias histórias, aparenta ser muito instigante.
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Acho que esse livro traz tudo o que podemos esperar de um livro de romance. Não tenho me sentido muito atraida por livros que tem erotico, mas confesso que pelos seus comentários positivos eu fiquei bem tentada a conhecer, embora eu também esteja correndo de livros que não sejam unicos hahaha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá flor! Amei sua resenha, me deu vontade de ler esse livro. Gosto desses tipo de romances, onde o casal é o oposto um do outro, dica anotada. Beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Simplesmente preciso ler essa obra por causa de Rule.
    Nunca li nada que tivesse um personagem tatuador e isso me intrigou bastante, sem contar que ele parece ser maravilhoso, já que é todo desenhado e portador de olhos azuis, assim como não tem o costume de seguir regras! Ai ai ai
    Quero muito conferir como ele e Shaw irão se conhecer e como a trama se desenrolará.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi.
    Eu estava dando um tempo de livros desse gênero. Mas percebi que a questão não é o gênero e sim selecionar melhor.
    Duas coisas na sua resenha que fizeram eu me interessar pelo livro: 1. a mocinha tem personalidade (ufa!) e 2. tem cenas hot mas ela não são o foco.
    Não me leve a mal, eu gosto de cenas hot, mas o livro tem que ter estória também.
    E claro: o cara tatuado. Quem não gosta?
    Entrou para a lista.
    :)

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Embora o livro seja totalmente clichê sobre o bady boy e a mocinha....embora esse não seja um gênero que eu leia com frequência ou goste muito eu quero ler esse livro única e exclusivamente por causa do Rule. Tatuagens! Tatuador. Aiai. E quero ver como a família da protagonista vai reagir ao saber desse relacionamento.
    Essas curiosidades despertaram meu interesse para a leitura.
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Oie Lica...
    Menina sabe que eu reparei que a gente tem um gosto muito semelhante? haha
    Eu to louca para ler esse livro, ele está na minha lista faz tempo e pretendo ler em breve
    Parabéns pela resenha, está muito bem escrita, viu?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Confesso que não conhecia esse livro e a premissa é um pouco clichê, essa coisa de bad boy e garoto linda que nunca foi reparada por ele, sabe? E eu não curto muito isso, mas pelos seus comentários parece ser uma boa hsitoria e que aborda bons temas, por isso vou marcar a dica para quem sabe um dia ler.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Fiquei um pouco em dúvida sobre o que achei do livro... Não curto cenas hot, mas como você disse que o livro é muito mais que isso, que o forte é a história de amor e também um toque de drama familiar, pensei em ler. Só que aí você disse que muita gente reclama da tradução, e logo em seguida veio um quote que me fez desconfiar que, apesar de isso não ter incomodado você, me incomodaria. Tenho que pensar sobre ler ou não... Rs...

    ResponderExcluir
  22. Ainda não li o livro, mas confesso que estranharia esse uso de gírias na tradução, por mais que o personagem possa ser um tatuador, o que é muito estereotipo, isso pode prejudicar o entendimento do leitor. Que bom que isso não aconteceu com você. A capa encanta mesmo, mas o enredo tem personagens com dramas pessoais, como o luto, e isso pode contar a favor do livro. Sobre o espaço erótico dedicado, já me faz ficar com um pé atrás.

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Não me dou muito bem com o gênero, pois a maioria dos livros que li não me agradou, mas fiquei curiosa com relação a esse. A protagonista parece ser do tipo que vai atrás de seus sonhos e isso me atrai muito.
    Também gostei da questão de a obra não ser apenas mais um livro erótico e abordar temas como dramas familiares.
    Vou anotar essa dica e espero gostar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  24. Olá,

    Desde que ganhei o marcador desse livro que não paro de pensar nessa história, há um pouco de clichê na premissa? Há! Mas eu, particularmente, não vejo problema nenhum nisso, na verdade até amo histórias com bad boys, e por isso estou louquinha de curiosidade sobre esse casal, para saber como se desenrolará essa história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade. A historia é cativante e com muitos temas a ser discutido. Gosto de livros com cenas quentes, mas que tenha conteúdo e pela sua resenha esse tem. Adoro personagens bad boys com mocinhas certinhas, pode parecer clichê, mas não ligo para isso.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  26. Olá, new adult é realmente um gênero que não me agrada, só li um livro do gênero e acho a maioria deles meio que repetitivos, sempre um casal com a mocinha e o bad boy e a parte hot, acho que não faria a leitura, só lerei o gênero quando ele trazer algo diferenciado

    ResponderExcluir
  27. Ahhhhh Rule, o primeiro livro no gênero new adult que li e me apaixonei (tanto pelo gênero quanto por ele...rs). Eu adoro o relacionamento de Rule e Shaw, já li esse livro mais de uma vez, não só ele, como toda a série. Meus preferidos são Rule, Jet e Nash. Rowdy também é legal, mas esses três, disputam o topo fácil. Como adoro um drama envolvendo a história, gostei mais do livro do Nash! Leia que não vai se arrepender! abraços

    ResponderExcluir
  28. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e apesar de ter achado a sua resenha ótima e bem esclarecedora quanto ao que vamos encontrar na obra, confesso que ainda não sei se o leria. Bom, acho que vou da mais uma pesquisada aqui e quem sabe eu o coloca na minha meta de leitura né?

    ResponderExcluir
  29. Ooi! Achei a ideia interessante, mas não leio mais livros NA, justamente por ter muitas cenas picantes, o que acaba deixando a leitura um pouco arrastada para mim. Mas, fico feliz que tenha gostado!
    Bjs e boas leituras.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras