A Garota do Calendário: Abril - Audrey Carlan

04/10/2016

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.


Conhecemos a Mia e seus problema de dinheiro para salvar seu pai em Janeiro. Passamos por bons momentos ao lado de um artista francês em Fevereiro. Março nos trouxe um empresário e um lado mais amigo da Mia. E ao final, veio a promessa de ir para Boston - onde seu cliente é um famoso jogador dos Red Sox.

Mason é o astro do momento no beisebol, mas sua imagem não é lá muito boa com os patrocinadores. Sempre com uma mulher diferente e um comportamento de festas e bebidas, o plano é contratar Mia para ser sua namorada e mostrar que ele pode sossegar e vender a imagem de que ele pode ser um cara melhor e responsável. Acontece que logo que conhecemos o Mason vemos o quanto ele é um cara da farra, mulherengo e que não está acostumado a ouvir um não.
" Esse cara ia ser um desafio. Ele era presunçoso, sexy pra caramba, irritante, sexy pra caramba, absolutamente grosseiro, sexy pra caramba e imaturo. Esqueci alguma coisa? Ah, sim. Sexy pra caramba." (pág. 10)
Embora Mia o ache muito bonito (é claro que ele não seria menos que um deus grego, né?), ela decide que ele não vai encostar de verdade nela. Principalmente porque ela acha ele um tanto grosso e sem respeito com as mulheres. Além de só chamar ela de 'gata' e isso a irritar um pouco, Mia logo descobre que parece rolar alguma coisa entre Mason e Rachel - a executiva responsável pela imagem do jogador.

Eu gosto muito da narrativa da Audrey e estou amando acompanhar a jornada da Mia. Acontece que nesse mês eu fiquei um pouquinho irritada com duas coisas. A primeira - e não tão importante assim - é que a Mia fica muito irritada com algo que acontece entre ela e Wes. O que me incomodou é que por muito tempo no livro ela fica refletindo com ela mesma que ele não deveria estar com mais ninguém, sendo que ela resolveu que continuaria a jornada e já esteve com outra pessoa. Fica pior quando rola um reencontro dela com Alex.

" - Acho que eu não esperava que você fosse seguir em frente.
- O que te faz pensar que eu segui? O fato de estar transando com a Gina? Me diga que você e o francês não passaram o mês transando depois que você me deixou.
- Wes - tentei, mas ele me cortou.
- É verdade. Isso aqui não é diferente. Nós não estamos oficialmente juntos, mas você sabe que eu largo tudo e todas pra ficar com você. Só que por mais clichê que isso possa parecer... um homem também tem necessidades." (pág. 25)

Ok, foi ótimo rever o delicioso francês, mas eu esperava que a Mia já estivesse um pouco mais madura - e consciente de que se ela não quer um compromisso com Wes agora, se ela quer seguir a sua jornada e se divertir com os homens que aparecem, qual o problema de ele aproveitar também? Quer dizer, ela pode se divertir e ele tem que ficar na seca? Por favor né Mia!!!! Se isso incomoda tanto, que tal largar tudo e aceitar que ele pague sua dívida??? Mas isso é uma opinião minha, algo que nem é de fato um ponto negativo na história.
" E lá estava eu agora, fazendo o mesmo que ele. Me perdendo no corpo de outro homem, em sexo. Sexo muito bom, de fazer os dedos se curvarem. Sexo alucinante, mas que não era com a pessoa certa." (pág. 104)
O que me incomodou mesmo foi a promessa de ter um jogador de beisebol famoso no livro e não ser falar de beisebol. Poxa!!!! E logo com os Red Sox!!!! Para quem não sabe, eu virei fã do time por ele ser um dos times preferidos do Vishous (A Irmandade da Adaga Negra - J. R. Ward) e eu estava empolgada achando que entraria um pouquinho mais nesse mundo e que tivesse, pelo menos uma cena de um dos jogos. Mas temos apenas a Mia encontrando as namoradas/esposas de outros jogadores no espaço especial da arquibancada e os jogos em si são apenas comentados por cima (no estilo 'teve três jogos essa semana' ou 'o tempo adiou o jogo'.

Mas também teve coisas bem legais no livro. Uma delas é que a Mia ajuda a organizar um evento beneficente para mulheres com câncer de mama. É uma forma de homenagem para a mãe de Mason e um jeito de ele ajudar outras mulheres - além claro de fazer um bem danado para a sua imagem comercial. Achei legal esse detalhe na história, que foi um jeito de incluir um assunto importante sem o grande drama que ele carrega. O melhor de tudo? É que rola um leilão dos jogadores e foi divertido ver a mulherada louca por causa de caras lindos tirando a camisa!
" - Meu amor, eu não sou mulher para casar. Sou o tipo com quem se flerta e se transa. O Mason não vai se contentar com uma mulher como eu. Ele quer o mesmo que o pai dele tinha. Uma esposa, uma casa, crianças, o pacote todo. Não uma acompanhante com talento para servir mesas, que pode atuar e balançar o mundo de um homem no quarto. Essa última parte me deixa muito orgulhosa, mas não garantir o "homem da minha vida", só o "homem do momento"." (pág. 71-72)
Abril trás um lado da Mia mais parceira, que procura ajudar o Mason a ser o cara melhor que ele pode ser. No fundo ele tem uma máscara para se proteger que o fez ser mulherengo por muito tempo, mas existe um coração bom e apaixonado em seu peito. Temos um momento em família que faz com que a Mia pense em como a sua estrada até aqui foi realmente complicada e uma pequena garotinha que aparece pouco, mas que rouba a cena de tão fofa. E é divertido uma acompanhante tentando dar uma de cupido. E que venha Maio - com muito sol, praia e todas as maravilhas do Havaí.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Estou gostando bastante dessa série, nesse livro o que eu mais gostei foi a amizade que a Audrey construiu entre o Mason e a Mia. Não vejo a hora de ter a série completa em mãos. Sua resenha ficou ótima, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Ouvi falar dessa série recentemente e sua resenha permitiu um maior conhecimento sobre... Eu não gosto de série com muitos livros, tenho medo do autor (a) começa a se perder... Gostei da sua resenha, mas não entrou para minha wishlist!

    ResponderExcluir
  3. Estou amando essa série, louca para ver o desfecho, já li até agosto.

    ResponderExcluir
  4. Não tive oportunidade de ler ainda,mas quero muitooo.Tenho visto bastante comentários positivos sobre a série.Gostei da resenha e dos quotes,quero saber o que acontece com a Mia.

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha, de nenhum dos livros da série, então fica completamente perdida sem entender qual seria a proposta desse livro. Mas finalmente entendi! hahahaha... Mas não acho que eu vá ler a série, a protagonista parece ser aquelas extremamente mimizentas, que eu não suporto. Então eu acabaria arremessando o livro na parede e tomando prejuízo, hahaha.

    Bjs.

    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  6. OOOi!
    Esta é minha leitura do momento, e confesso que pela primeira vez me senti um pouco desanimada. Mas sabe, sua resenha me reanimou. Principalmente por saber que teremos uma pitada de Wes, mesmo que nessa situação. E sim, já sei que vou ficar com raiva nesse ponto também, aliaaas, ela o deixou. kkkkkk
    Vou ver se hoje mesmo finalizo a leitura.
    Óoootima resenha!
    Beijoos1

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Fico muito triste que alguns pontos tenham te incomodado, ainda mais pelo fato de o livro tratar de um astro do beisebol e praticamente não se falar quase nada sobre. Imagino que tenha ficado muito decepcionada. Quanto ao amadurecimento de Mia, também achei que ela seria um pouco mais madura em relação a toda situação.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu também estou gostando muito dessa série e estou acompanhando os volumes. Gostei que a Mia deu uma maneirada nisso de deitar com os seus clientes e realmente esteja criando um vínculo com algum deles. Mas não achei necessário comentar sobre Beisebol nesse livro porque não é o foco sabe? E talvez isso cansaria a leitura de quem não é fã como você.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Planejo começar o primeiro livro dessa série hoje, vamos ver se consigo...haha' isso se eu não desistir e acabar lendo outra coisa *-* De início, quando a editora começou a divulgar os primeiros livros, eu não fiquei curiosa para conhecer, pois deu para ver que eram eróticos e eu não gosto do gênero. Mas tenho visto tanta coisa boa a respeito não só dos livros, mas da Mia também (além do Wes), que estou doidinha para conferir. Vamos ver :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, ainda não conheço a série, mas tenho interesse em ler, pois pelo que as pessoas sempre falam, deve ser muito interessante e envolvente.
    Adorei a sua resenha, em breve vou ler o primeiro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Pelo visto Mia vai ter muito trabalho nesses meses, não tem como ficar curiosa para ler esse livro. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ola Lica lindona eu gostei do livro, a forma como a autora vem conduzindo a série vem me surpreendendo já estou em agosto e amando tudo. Cada livro Mia passa por algo que a faz crescer como pessoa, esse mesmo ela ajuda muito nosso lindo jogador. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras