A Testemunha - Nora Roberts

30/12/2015

Fruto de uma inseminação artificial e criada por uma mãe fria e controladora, Elizabeth Fitch se deixa levar por uma noite. Depois de beber além da conta, ela se encanta por um homem galante e dono de um sedutor sotaque russo. Acompanhando a amiga Julie, segue rumo a uma linda mansão em Lake Shore Drive, ainda sem saber que o lugar alteraria para sempre sua vida. Doze anos mais tarde, no interior do Arkansas, uma nova moradora anda despertando a curiosidade da vizinhança. Abigail Lowery não é propriamente uma recém-chegada, mas continua sendo uma desconhecida: em um ano, sabe-se pouco, ou quase nada, sobre a moça. O mistério de Abigail Lowery e sua mente afiada, natureza secreta e filosofia de vida nada romântica intriga o chefe de polícia local, Brooks Gleason, tanto a nível pessoal quanto profissional. Mas enquanto suspeita que Abigail precisa de proteção contra algo, Gleason, acostumado a criminosos de segunda categoria, não faz ideia de que homens poderosos e perigosos o observam e mantêm sob sua mira. E Abigail Lowery, que construiu uma vida baseada em segurança e autocontrole, corre o risco de perder ambos.

Eu sou fã da Nora e, mesmo quando os livros são mais simples eu ainda me encanto e acho legal e válida a leitura. Então, quando a Bertrand anunciou o lançamento de A Testemunha fiquei super curiosa e querendo muito ler o livro.
"A menina, que um dia desejara companhia, agora percebia que a falta de solidão era mais sufocante do que as quatro paredes de seu quarto." (pág. 83)
A Testemunha é dividida em quatro partes. Na primeira parte, comecemos Elizabeth que, com sua vida totalmente controlada pela mãe, depois de ter suas férias canceladas resolve ser rebelde por um dia e não seguir com o programado. Elizabeth tem dezesseis anos e resolve ira ao shopping (coisa que não pode fazer) e é lá que ela encontra Julie - uma garota dois anos mais velha que com quem ela fez algumas aulas antes de ir para a Harvard.

Juntas, as duas fazem compras e Elizabeth se torna Liz (ao menos pelo final de semana). Liz é uma garota normal como todas as outras de sua idade, Liz tem pelo menos uma amiga (Julie), Liz vai sair a noite e ir para uma danceteria. E é lá que Liz toma seu primeiro Cosmopolitan, que Liz conhece um cara charmoso e interessante e que tem seu primeiro beijo. Também é nessa noite que Liz testemunha um assassinato e se torna uma grande testemunha contra a máfia russa - tendo assim o rumo da sua vida alterado para sempre.

Na segunda parte conhecemos Brooks, o delegado de uma pequena cidade, doze anos mais tarde dos acontecimentos da primeira parte. Ele está de volta em sua cidade natal e fica intrigado com a misteriosa Abigail, que parece que ninguém sabe nada a respeito. Como delegado, ele tem um ótimo motivo para descobrir quem é essa mulher, afinal e se ela for perigosa? 
"A senhora tem uma trava e três fechaduras pesadas na sua porta, grades nas janelas e um alarme melhor que o do meu banco. Não acho que tenha isso tudo só para evitar que seu cachorro fuja." (pág. 116)
A terceira parte é contada por Abigail e a última por Elizabeth. Desde a sinopse (e logo que Abigail surge) o leitor já sabe que ela e Elizabeth são a mesma pessoa. Ao mesmo tempo, parecem dois personagens diferentes - afinal, Abigail foi criação de Elizabeth que precisava de uma vida segura e controlada. Quando comecei a história, achei que ela seguiria um caminho, mas foi incrível ver a história seguindo o curso que Nora escolheu para contar. Pode parecer que eu contei demais do enredo, mas acreditem, tem tanta coisa acontecendo, tanto para saber que eu praticamente não contei nada que não desse para imaginar pela sinopse.

A Testemunha foi uma leitura gostosa, mas no fundo faltou alguma coisa. A personagem principal, Abigail é incrível e uma das mulheres mais inteligentes que já li em um livro. Brooks conquista com seu jeito paciente e que sabe quando insistir em algo - não tem como não desejar encontrar alguém como ele no mundo real. Mas eu queria saber mais sobre o que eu pensei que era para ser o caso principal - os bandidos perigosos que fazem com que Elizabeth se torne uma testemunha e que mude toda a sua vida. Chega um momento em que tem tanta coisa acontecendo que os 'mafiosos' ficaram em segundo plano, e para mim, já tinha um bom enredo para ser desenvolvido que não precisava de tantas voltas e acontecimentos paralelos e, de certa forma não relacionados.
"Todos aqueles anos, pensou ela. Seria ironia mais uma vez ser testemunha de um crime e mais uma vez estar sujeita a ameaças e intimidações?" (pág. 306)
Dito isso, preciso dizer que ao mesmo tempo, foi extremamente interessante e lindo de ler e acompanhar Abigail confiando em alguém que não ela mesma. Foi emocionante vê-la realmente começar a viver, a não planejar exatamente tudo e cada momento, a manter uma rotina mas também se tornar um pouco mais maleável e até sociável. E eu acho que talvez essa tenha sido a real intenção da Nora. Não contar uma história de investigação contra a máfia, mas como uma garota de dezesseis anos tem sua vida alterada da noite para o dia e precisa aprender a sobreviver sozinha. Como uma mulher de vinte e oito anos que precisa se sentir segura e capaz de se defender sozinha aprende que pode contar com ajuda, que alguém mais pode defendê-la e que isso não é obrigatoriamente uma sentença de morte. E isso fez com que o livro fosse encantador, romântico e lindo.

Infelizmente, nessa edição a Bertrand deu uma vacilada com a revisão. Os erros são muitos durante a leitura - desde palavras repetidas, dois tempos verbais na mesma frase e até palavras separadas inadequadamente. Em um livro com mais de 450 páginas é de se esperar que erros passem, mas tantos acabaram me deixando um tanto irritada e incomodada. Foi o tipo de coisa que só não tirou o brilho da história pois eu acho a Nora diva e adoro o jeito que ela escreve. Me deixou pensando que se eu já fiquei incomodada assim, imagina se eu não tivesse tão envolvida com os personagens? A Testemunha é um livro que eu indico para quem gosta da Nora, que gosta de suspense romântico e também para quem não está acostumado a ler o estilo e queira arriscar... Eu acredito que vale a pena conhecer essa bela história.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

19 comentários

  1. Oi Lica, adorei a resenha.
    Nunca li nada da autora, mas aqui em casa tem fã da Trilogia Primos O'Dwyer.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  2. Oee Lica

    Já li alguns livros da Nora Robert, e gostei deles. Quando comecei a ler essa resenha, pensei que se tratava de uma história de uma forma diferente do que me pareceu no final.

    Fiquei meio confusa em algumas partes, excesso de informação. Deu pra perceber que o livro tem muuuita coisa.

    Sinceramente, não sei que quero ler esse livro. Gosto dessas coisas de investigação, mas nem tanto assim.

    Parece bom, mas to meio preguiçosa haha

    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  3. Oi Lica.
    Eu adooooooro suspense/investigação, é meu gênero preferido (conclui), ainda não tive a oportunidade de ler nada da Nora, e acho que esse sera um bom começo, uma garota presa que por dia de "libertadade" muda sua vida por algo que viu e uma mae controladora? Já to dentro.

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Oi Lica, eu nunca li nada da Nora, acredita? Eu sempre vejo os livros dela serem tão melosos que fico sem vontade de ler. Esse eu vi alguma coisa diferente e adoro livros cheios de coisas acontecendo, então fiquei bem interessada nessa leitura. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Nunca li nada da autora, Apesar das críticas positivas à suas obras, nao tenho vontade de ler nada que a Nora!
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Lica, faz uma vida que não leio nada da Nora Roberts, mas sinto muita saudade.
    E apesar de você ter dito que falto algo na história fiquei encantada por essas mulheres e muito curiosa em saber mais da história.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Oii!!!

    Lica, já ouvi falar muito bem dessa autora e os livros que li tem tempo e sinceramente não recordo da escrita da mesma. Estarei vendo se esse ano de 2016 coloco ela na minha lista de leitura. Bjs e um ótimo 2016!

    ResponderExcluir
  8. Faz bastante tempo desde que li um livro da Nora, talvez eu deva voltar a ler por esse, né? Mas vou esperar sair uma nova edição, erros de revisão realmente me irritam quando estão em excesso.

    Bjs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Lica!!
    Ainda não li nada da Nora, meo deos, preciso mudar isso logo.
    Gostei da sinopse do livro e já fiquei curiosa com a história através da sua resenha. Que legal essa coisa da personagem precisar virar outra, até entende, mas tô aqui curiosa em como essa transição acontece. Uma pena que algumas coisas se perderam durante a leitura, mas já to querendo ler!!
    Beijos e Feliz ano Novo!!

    LuMartinho | Face | Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
  10. Oie

    Estou me tornando fã dessa mulher, li apenas um livro dela e já fiquei encantada com a sua escrita, já fiquei bem curiosa, mas não tanto, e sempre que vejo livros da Bertrand já imagino os preços hahahahha. O livro já está na minha lista de leituras hahaha. Amei a resenha.

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  11. Eu amo Nora Roberts, já li inúmeros livros dela, mas este ainda não conhecia, com certeza vai para minha lista de desejados. Adoro a escrita de Nora, mesmo que o livro seja simples, vale muito a leitura...[
    Bjin
    http://reinoliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Lica, que pena que os erros da editora atrapalhem muito a leitura, eu me interessei bastante no livro, é bem diferente do que estou acostumada a ler, e já que eu nunca li nada da Nora, eu daria uma chance ao livro para ver o que eu acho.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  13. Amiga eu tenho um livro dessa autora....Eu acho que é AS SETE IRMÃS alguma coisa assim...não lembro agora do nome. Eu ainda não li, mas pretendo ler assim que puder, porque esse ano quero me dedicar mais as minhas séries sabe? E outra coisa, eu adorei a sua resenha. O livro me parece ser muito bom, mas eu ainda não li nada da autora.

    Outra coisa que percebi é que você citou os erros do livro né?
    Isso de verdade é chato mesmo, mas isso as vezes a editora deixa passar despercebido e acontece. Agora o que eu realmente não curto é quando a leitura fica massante, porque eu fico com sono hahahahaha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/retrospectiva-2015-livros-e-outras.html

    ResponderExcluir
  14. Olá Lica...
    Nora Roberts é Nora Roberts né?
    Amooo essa autora...
    Não conhecia esse livro, mas gostei muito da história!!!
    Só tive a oportunidade de ler o Quarteto das Noivas e a série Os Primos Dwyer.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Já ouvi muitas pessoas falando muito bem dessa autora, mas não conheço nenhuma obra dela. Eu gostei muito de conhecer um pouco desse livro, mas não leria no momento!

    http://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita vontade de ler algum livro da Nora Roberts, infelizmente ainda não tive oportunidade. E aliás nem sei por qual começar.
    A premissa me lembrou de outros livros que li e gostei então me parece um que eu tentaria ler. Opa, mais um livro pra entrar na lista

    ResponderExcluir
  17. Oi Lica!
    Só li um livro da Nora até agora e foi apaixonante! Preciso de niva leituras dela e acho que vou acrescentar isso a minha meta kkkkkkk.
    Gistei muito da sua resenha e da obra em si, me senti empolgada pra ler só pelas suas palavras, acredito que seja um belo romance.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bom?
    Só li romances da Nora e tenho curiosidade de conhecer novas vertentes da autora. Bom, gostei da premissa porque a autora faz o leitor refletir sobre o papel exercido pela protagonista e o que ela teve que passar e superar. Uma trama instigante e que eu não conhecia.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Lica,
    Achei a sinopse bem confusa e não leria.
    Sua resenha no entanto esclareceu alguns pontos e pude ver que a história parece ser bem interessante.
    Não curto livros narrados sobre o ponto de vista de vários personagens , sempre me perco na história, ainda mais se for alguma que precisa de mais atenção no caso de um suspense.
    Pretendo ler algo da autora, mas não esse.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras