A Luva de Cobre: Magisterium II - Black & Holly

10/12/2015

Este é o segundo volume da série Magisterium, continuação de O Desafio de Ferro escrito por Holly Black e Cassandra Clare. Vocês podem conferir a resenha do primeiro livro aqui – e também podem conferir como foi o encontro de fãs que rolou em Florianópolis no mês passado. Se você não leu o primeiro livro, recomendo você não ler a sinopse do livro já que ela tem um grande spoiler do primeiro livro. Por esse motivo não coloquei ela na postagem – mas se você quiser pode ler ela no skoob. É claro que o livro é continuação, mas ler a resenha desse livro não fará você descobrir nada do primeiro volume e muito pouco desse segundo. 

 “Como que para deixar bem clara a questão, uma placa que flutuava no ar acima da cachoeira informava: CRIANÇAS, POR FAVOR, BRINQUEM COM FOGO.” (pág. 50) 

Após o final de O Desafio de Ferro fiquei imaginando como é que seria para Callum lidar com sua descoberta. O fato é que o ano acabou e ele não é um garoto normal de férias. De volta em casa, ele não tem uma boa comunicação com seu pai – já que os dois tem segredos a esconder – e tudo piora quando ele descobre os planos que seu pai esconde no porão de casa. 

Assim, Call foge de casa, decidido a voltar ao Magisterium. Só que é claro que não seria só isso. Com a volta do ano letivo na escola de magia, Call e seus amigos acabam descobrindo que o Alkahest (a tal luva de cobre do título) foi roubado e tudo aponta para seu pai. Então, além de lidar com sua descoberta, Callum agora tenta encontrar o Alkahest e garantir que seu pai não tem nada a ver com o roubo – e que nem está do lado do Inimigo da Morte. 

A Luva de Cobre veio para me mostrar que nem tudo o que a Cassandra Clare escrever vai ser incrível como foi Instrumentos Mortais. Sei que não deveria comparar, mas é o que acontece. E quando a gente se apaixona por uma série de um autor, sempre que ler algo dele, vai querer que seja pelo menos tão bom quanto, e para mim, Magisterium é uma série que não funcionou e que eu preciso pensar seriamente se irei ou não continuar a leitura. 

“Na medida em que as semanas passavam e as folhas nas árvores começavam a ficar amarelas, vermelhas e laranjas, como um fogo conjurado, ficava cada vez mais fácil para Call se esquecer de que tinha um segredo.” (pág. 102) 

Não posso dizer que a narrativa do livro não é interessante. A escrita é um tanto lenta, mas mesmo assim é gostosa de acompanhar e em nenhum momento dá para perceber que o livro tem duas autoras. Tanto que, mesmo não sendo completamente conquistada pela história eu ainda me encontrei curiosa e querendo saber o que iria acontecer a seguir com Callum e com seus amigos. Então, tenho a impressão que é apenas o estilo da história que não é para mim – ou então que precisava de um pouco mais de ação, não sei. 

O livro me fez pensar em algumas coisas, mas tem uma questão interessante sobre mentiras. Call mente para todo mundo durante o livro, mas quando Tamara conta uma mentira, ele é o primeiro a julgar a menina e ficar o tempo todo naquela coisa de ‘não vou te falar nada porque você é uma mentirosa’. Isso me fez pensar em como somos rápidos para julgar alguém quando a coisa afeta a gente, como é fácil atirar uma pedra sem lembrar que nosso telhado também é de vidro. 

Resumindo, não vou dizer que o livro foi uma leitura completamente ruim. Se este fosse o caso, não teria ido até o final. Ele tem seus atrativos e vi muitas resenhas positivas que podem comprovar isso. Acredito que ele apenas não funcionou para mim – e também acredito que eu sou minoria nesse caso. Então, se você é do tipo que curte histórias de fantasia onde a magia está muito presente, recomendo que você dê uma chance ao livro, afinal esse não é meu estilo favorito e penso que isso influenciou e muito na minha opinião. 


A série começou a ser publicada por aqui pela Novo Conceito, mas a editora só havia adquirido o primeiro volume e esse segundo, os direitos foram comprados pela Galera Record que fez um ótimo trabalho na edição. Adorei que a editora seguiu o mesmo padrão do primeiro livro – com a questão do tamanho do livro e internamente também. O livro tem ilustração no início de cada capítulo e a capa é bem interessante e eu não encontrei erros durante a leitura. A Luva de Cobre é indicado para quem gostou da leitura de O Desafio de Ferro e que curte histórias de fantasia.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

17 comentários

  1. Olá :)
    Apesar de achar as capas da série lindas, vou passar longe dos livros.
    Beijos,
    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Apesar de não gostar muito do gênero, achei interessante suas observações.
    Legal o lance da mentira. Realmente vejo consequências, por menor que seja e quando se trata de julgar o outro é ainda pior.
    A capa é linda e acredito que as ilustrações também.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oieee
    Eu nunca tinha ouvido falar dessa história, quando vi que a Cassandra Clare tem autoria corri para anotar o nome.
    Entendo o que você falou sobre esperar demais do livro por ser de um autor que gosta muito. Quando comecei a ler As peças infernais, confesso que demorei a pegar no ritmo, fiquei o tempo todo comparando com os personagens de Instrumentos Mortais, mas quando realmente engajei na leitura viciei total.
    beijos
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu acho as capas lindas, mas mesmo gostando muito do estilo literário, esses livros não me chamaram a atenção desde o lançamento deles. Cassandra não funcionou bem comigo então, acredito que não funcionará com esse também. Não sei se os leria.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto o 1º livro em algum outro blog, não sabia que era uma série. Bacana isso de mesmo tendo mudado de editora, a atual manter o padrão. Você poderia ter colocado uma foto de alguma ilustração interna, é sempre bacana ver. Nunca li nada de nenhuma das duas autoras, então não tenho a menor ideia de como é a escrita delas. Também nunca li um livro escrito por 2 escritores, mas isso me deixou curiosa com essa leitura, apesar de você ter enumerado alguns pontos ruins.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  6. Olá, já havia visto o primeiro livro e não fiquei muito interessada nele, lendo a sua resenha do segundo, eu até achei melhor, vou te confessar que fiquei curiosa e até estou repensando kkkk sem brincadeira, eu estava cheia de preconceito, por não ter me interessado pelo primeiro, mas agora eu vou procurar o 1 para ler e depois quero matar minha curiosidade com esse aqui =D

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto muito de histórias de fantasia, é meu gênero preferido, quanto tem magia então fico alucinada, rs, então realmente faz todo sentido eu ter gostado do livro muito mais do que você. Achei a narrativa muito fluida e vi crescimento nos personagens, e com certeza vou querer conferir os próximos volumes. Achei bem legal isso de terem mantido o padrão no segundo livro mesmo, os dois ficam ótimos juntos na estante apesar de terem sido lançados por editoras diferentes. E realmente não dá pra perceber o que cada autora escreveu. Pena que a série não está funcionando bem pra você.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Amo as capas desses livros.
    Adoro o estilo e confesso que gostei de ver a tua comparação com Instrumentos Mortais. Assim quando eu ler não vou esperar a mesma coisa. Isso é Bom para não criar tantas expectativas.
    Adorei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Amo as capas desses livros.
    Adoro o estilo e confesso que gostei de ver a tua comparação com Instrumentos Mortais. Assim quando eu ler não vou esperar a mesma coisa. Isso é Bom para não criar tantas expectativas.
    Adorei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li essa série, mas estou curiosa para ler o primeiro livro. Acho que vou fazer isso ano que vem, porque quero pegar em algumas séries que tenho aqui sabe? E ano que vem passar os livros de parcerias para as minhas colaboradoras. Espero poder gostar bastante da estória, porque pela sua resenha me parece ser uma estória envolvente e quero muito ler coisas diferentes. Gostei do seu ponto de vista sobre o livro também. Espero gostar amiga. Vamos ver!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/luz-camera-e-acao-12.html

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    Eu sempre que leio um livro com dois autores, fico querendo entender onde começa um pra acabar o outro e acho que as duas fizeram um trabalho excelente já que você ficou tentando achar isso e não conseguiu.
    Não leria por dois motivos, estou fugindo de séries e por ser meu estilo de livro favorito. Mas confesso que gostei dessa mensagem que a obra te passou. É tão mais facil apontar o dedo para o outro do que reconhecer nossos proprios erros né?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Já conhecia o primeiro livro e não sabia que já tinha sido lançado o segundo, obrigada pela novidade rsrs. Gosto muito dos livros da Cassandra Clare e esta escrita com outros autores é super legal e dá uma ótima dinâmica a história. Espero poder ler em breve. As capas estão lindas.

    Abraços Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  13. Olá, pra mim infelizmente livros lentos estão fora das minha prioridades.
    Na verdade ainda tenho que conhecer a escrita de Cassandra, mas esse não seria por onde começaria. Não gosto muito de livro escrito por dois autores onde aparenta ter os dois escrevendo, o ideal era que se harmonizasse tanto que nem transparecesse. Enfim...
    Beijos e uma ótima resenha.

    Giuliana

    ResponderExcluir
  14. Não costumo ler muita fantasia, mais tive a oportunidade de ler Instrumentos Mortais da Cassandra e por isso posso dizer que não me arriscaria a ler mais essa série e digo isso porque custei muito a terminar Instrumentos e pelo que li na sua resenha essa série tem elementos bem parecidos, sem contar que a leitura não parece ter sido tão boa para ti quanto foi na outra série. Sendo assim, passo essa dica.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  15. Olá! Primeiro, a foto está super linda! A capa também. Fiquei curiosa sobre o livro, sua resenha me atiçou. Tanto que vou ler a resenha do primeiro. Agora, eu não gostei de Instrumentos Mortais, não consegui evoluir na leitura dele, e abandonei. Espero que esse seja diferente. Achei a premissa bem interessante, mesmo você falando que a leitura é lenta. Beijos

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oie,
    Não li nenhum livro da autora, mas quando vi o primeiro livro fiquei bem curiosa e tenho vontade de ler. Não entendo isso de uma editora começar a publicas uns livros e outra tomar de conta e tal, mas négocios né!
    Bom, gosto de ler livros fantasticos, alguns, e esse está na lista faz um bom tempo. Pena que você não curtiu tanto a leitura

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  17. Oiie Lica,

    Não conhecia essa série, mas gostei. Adoro quando são séries, mas gosto mais ainda de lê-lo quando tenho completo kkk porque sou mega curiosa. Sabe achei importante a questão do julgar, né? Quando fazemos algo de errado nem sempre queremos ser corrigidos, agora quando os outros fazer somos os primeiros, é triste isso. Adorei a sua resenha tá?

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras