Que Falta Você me Faz - Harlan Coben

25/12/2015

Dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: a morte do pai e o fim do relacionamento com o noivo. Foram dois acontecimentos muito bruscos que ela ainda não conseguiu superar totalmente, mas, no dia a dia, prefere não pensar muito nisso.
Contudo, de uma só vez, essas duas feridas voltam a se abrir. Ao saber que o assassino de seu pai será executado, Kat resolve ter uma conversa com ele para esclarecer o caso. Mas o homem nega a autoria, dizendo que foi obrigado a confessar o crime, e ela acaba ficando com mais dúvidas.
Ao mesmo tempo, a detetive é procurada por um garoto que acredita que a mãe está desaparecida. Sem entender por que o adolescente insiste que ela, e não um outro policial, investigue o caso, Kat descobre que o sumiço está relacionado a seu ex-noivo e a um site de relacionamentos.
Lidando com dois casos simultâneos, ela decide seguir em frente com as investigações, mesmo que todos ao seu redor tentem dissuadi-la disso. Determinada, Kat trabalha segundo suas emoções, e a intuição lhe diz que ela não deve desistir.
Neste livro, mais uma vez Harlan Coben trata de perigos e riscos que podem estar mais próximos da nossa realidade do que se imagina. O resultado é um romance instigante que traça um cenário verossímil e impactante, fazendo um alerta para ameaças atuais que rondam nosso mundo virtual.

Mesmo com vários livros do autor na estante, esse foi o primeiro que li do Harlan. Como ele é muito elogiado, fui comprando os livros e ainda pretendo ler todos. Quando apareceu a oportunidade de solicitar Que falta você me faz para a editora, eu aproveitei e escolhi este para conhecer a escrita do Harlan pois além de ser um livro do autor, ele tem título incrível!


Kat é uma detetive da polícia que teve duas grandes perdas: seu pai foi assassinado e logo depois disso, seu noivo a abandonou. Ela tenta não falar muito sobre isso, mas claramente ainda não superou nenhum dos dois. Prestes a ser executado, ela consegue conversar com o assassino de seu pai - que diz que não o matou mas que teve que assumir o crime. Ao mesmo tempo, sabemos que sua melhor amiga Stacy criou um perfil para Kat em um site de relacionamentos online pois 'já está mais do que na hora de ela encontrar alguém'. Kat entra no site somente para dar uma olhada e encontra Jeff, seu ex-noivo. A foto é dele, mas o nome é outro e sua vida está muito diferente depois de dezoito anos. Ela tenta um contato, mas ele meio que a corta e é mais uma ferida reaberta.

Alguns dias depois, um garoto a procura pedindo ajuda para encontrar sua mãe que está desaparecida. Mesmo sem entender muito o motivo de ela ter sido escolhida, Kat decide ao menos dar uma olhada no caso - mas tudo indica que a mulher saiu por livre e espontânea vontade. Seu filho Brandon não acredita nisso e o caso acaba se interligando com Jeff e o site de relacionamentos. Determinada a encontrar respostas, Kat decide seguir as duas investigações mesmo com todos ao seu redor dizendo que ela deve deixar isso para lá.

Que falta você me faz deixa um monte de perguntas desde o começo e tem aquele ar de você não saber direito em quem deve ou não acreditar. Como Kat é a personagem principal, é claro que os casos teriam algo de errado e que sua intuição em continuar a investigar estaria certa - mas não sei se concordo com seus reais motivos para isso. Quer dizer, ela não consegue acreditar que seu pai foi assassinado, mesmo com uma investigação concluída - e mesmo que realmente tenha muito mais por trás dos fatos, me pareceu que seu palpite inicial era que se desistisse de procurar ela iria mostrar que esqueceu seu pai.
"Eram muitas as pontas soltas em sua vida. Policiais gostam de casos solucionados. As merdas acontecem, eles vão lá, descobrem o culpado e o motivo que ele teve para fazê-las. Nem sempre obtinham todas as respostas, mas quase sempre." (pág. 84)
Eu não sei até que ponto eu consegui realmente acreditar que, mesmo depois de dezoito anos Kat não gostou de mais ninguém, que ela ainda ama seu ex-noivo e que na primeira tentativa de um encontro online, ela encontre o cara que a abandonou a dezoito anos atrás. Eu não consegui comprar exatamente essa ideia e, muito menos o fato de ela repetir para si mesma várias vezes de que Jeff seguiu em frente mas ao mesmo tempo continuar procurando mais provas disso. Não sei ao certo, mas acho que meu maior problema foi não acreditar em Kat e não torcer por ela (que não é a personagem feminina forte que eu esperava e gostaria que ela fosse).

Sim, eu fiquei super curiosa com o que realmente aconteceu com seu pai e, como temos uma visão dos criminosos, queria entender seus motivos e como todas as histórias se encontrariam e se encaixariam. Mesmo não acreditando na personagem principal, é impossível não elogiar a escrita de Coben - que me fez continuar lendo e querendo saber o que acontecia - ou não - a cada página.

Acredito que o meu maior problema com o livro foram as altas expectativas. De tanto ouvir falar o quanto o Harlan é incrível eu esperava mais... bem mais - e todos sabem o quanto é raro superar as expectativas quando elas estão nas alturas. Que falta você me faz tem um início um pouco mais lento do que eu gostaria, mas logo ganha ritmo e tem aquele mistério e suspense que consegue manter o leitor preso a história e querendo saber como será o final. Foi o primeiro livro que li do autor, e mesmo não tendo todas as expectativas alcançadas, gostei de ter realizado a leitura e, quero sim, ler outros livros do Coben.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

18 comentários

  1. Eu fiquei super interessada nesse livro depois que a sinopse. E sua resenha me deixou ainda mais interessada e curiosa. Parabéns!!!!

    Abraços, Krizia

    Blog:http://ossegredosdoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Nunca li nada do autor, apesar de querer muito. Nao tenho nenhum livro dele aqui em casa. Esse é um dos que está na minha lista para aler além de "não conte a ninguém"
    Bjus

    ResponderExcluir
  3. Não li nada do Coben ainda. Nossa, me dá uma raiva quando um detetive resolve agarrar um caso e os demais ficam em volta falando "larga pra lá". Mas é extremamente clichê histórias policiais assim. Mesmo assim adoro.
    -Mari

    ResponderExcluir
  4. Eu também sou igual você, as pessoas falam bem de um autor e eu compro e vou deixando na estante. Ainda não li nada do Harlan, mas elogios é o que não me falta para começar a conhecer sua escrita. Que bom que você apreciou a leitura neste primeiro contato, é bem capaz que você vire fã!!!
    Que 2016 seja maravilhoso para todos nós!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Sou meio suspeita pra falar dos livros do Coben. Eu adoro seus romances policiais a série Myron Bolitar é Maravilhosa super recomendo. Esse livro foi eletrizante, ficava doida para saber como as coisas iriam sair, a Kate seu namorado sumido foi um mistério e tanto e como você disse, esse livro é um alerta prara os tempos atuais. Ótima resenha

    Beijos
    Lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Eu coloquei esse livro na minha TBR uma vez e não tive a oportunidade de ler. Mas fiquei bem curiosa com a sinopse. Quando eu li Harlan pela primeira vez, eu não sabia de nada sobre ele e quando eu li, fiquei impressionada e apaixonada pelos seus livros. Virei fã. Mas sei que se tivesse muitas expectativas, isso não teria acontecido.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  7. Oie,

    Eu sou apaixonada pela escrita do Coben, mesmo tendo lido apenas um livro dele. Eu fiquei completamente apaixonada por seus livros. Ainda não tinha visto esse, fiquei bem curiosa com a história. Normalmente eu tenho não criar muitas expectativas em relação a algum livro, mas quase sempre não consigo. E toda quase sempre au acabo me decepcionando com algumas leituras, já meio que virou rotina.

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  8. Esse também foi o primeiro livro que li do autor, e realmente, para o primeiro e com tantos elogios, ele não foi tããão bom assim. Eu gostei, porque adoro suspense policial.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Já vi altos elogios ao autor e a cada lançamento dele vejo capa e sinopse e sinto que não é algo que eu gostaria de ler, com a sua resenha eu tive uma maior certeza, essa coisa de ligar o site de relacionamento com os casos da mulher não me pareceu algo bem utilizado, principalmente quando você mencionou que ter encontrado o ex foi algo bem sem noção e os fatos um tanto improváveis. Que pena que a história tem um quê lento ainda por cima.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oii,
    Eu quero ler Harlan Coben há muito tempo, só ouço maravilhas sobre, mas não tenho nenhum livro dele ainda. E foi muito bom você ter falado das expectativas, pois assim abaixo quando começar a ler. Nunca é bom ler um livro com altas expectativas, isso acaba estragando o modo como você enxerga a leitura, então pretendo ler algum livro dele, mas com certeza sem muitas expectativas.
    Xx

    ResponderExcluir
  11. OI Lica!
    Quero muito ler esse livro, sabe? Nunca li nada do harlan também e tenho medo de não gostar de Kat como você, mas como conheço pessoas que não superam amores, acho que acabaria comprando essa idéia mais facilmente. Vamos ver, só lendo pra saber mesmo!
    Beijos

    LuMartinho | Face | Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
  12. Oie Lica,
    Eu nunca li nada do autor, também ouço vários elogios sobre o autor e tinha altas expectativas sobre os livros dele, mas agora fiquei com um pé atrás com os pontos que você ressaltou, mas apesar disso, ainda vou pegar esse livro pra ler, sem muitas expectativas, para ver se gosto dele, vai que né haha
    Beijos
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  13. Eu até hoje não li nada do Harlan Coben
    Tenho muita curiosidade de fazer a leitura dos livros dele.
    Mas eu ainda não tive chance.
    Espero gostar bastante. Eu tenho o SEIS ANOS DEPOIS e o DESAPARECIDA PARA SEMPRE na minha estante. Só comprei esses pra ver se eu vou gostar né? Pq vai saber...Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/especial-de-natal-boas-festas.html

    ResponderExcluir
  14. Oi!!!
    Gosto muito de Harlan Coben, os livros dele nunca me decepcionam. Ainda não tive a oportunidade de ler esta, mas espero ter a oportunidade de ler em breve; pois sua resenha me deixou curiosa e com gostinho de quero mais, parabéns.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  15. Faz bastante tempo que não leio nada do Harlan Coben, mas acho ele um escritor incrível, e mesmo voce dizendo que não gostou muito da protagonista, não torceu por ela, eu pretendo dar uma chance pra esse livro, a sinopse já havia me fisgado e tendo um pouco mais de informações com a sua resenha, fiquei mais interessada ainda! Espero que os outros livros que voce ler dele, voce goste mais, alias, voce vai gostar sim, aposto isso! Bjão! :)

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada desse autor, mas acho a premissa desse livro bem interessante, pois gosto muito de um mistério. Mas realmente, continuar amando alguém após dezoito anos separados é meio difícil de acreditar, não é muito verossímil. Muito chato quando um livro não corresponde às nossas expectativas, né? Ainda assim, creio que vale a pena arriscar a leitura.

    ResponderExcluir
  17. Oi Lica, tudo bem?

    Acho que as expectativas sempre são problemas. Pena que essa primeira leitura não atendeu suas expectativas, mas que bom que você vai continuar lendo o autor... e quem sabe não encontre algo que te agrada. O primeiro livro que li dele foi "Seis Anos Depois" e eu gostei tanto que quero ler outras coisas dele.

    Entendi o que você quis dizer quando mencionou que não comprou a história da personagem, realmente é mesmo difícil de acreditar que em 18 anos ela não amou ninguém e ainda quer alguma coisa com o cara que a abandonou, e na primeira vez que entra em um site de relacionamento encontra justamente ele. Pena que ela não é uma protagonista forte, pois ela teria tudo para ter, como detetive.

    Mas fiquei curiosa para saber a ligação entre o Jeff e o desaparecimento da mãe do menino.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Sou louca pelo Harlan Coben, foi um dos primeiros autores do gênero suspense/mistério, e sou apaixonada pela escrita dele. Ainda não li esse livro dele, mas pretendo.
    É horrível quando criamos muita expectativa sobre um determinado livro e o livro não consegui alcança-las, é por este motivo que procuro não ler sobre os livros que quero ler.
    P.s: não desista do Harlan, leia os livros da série Myron Bolitar, acredito que vá gostar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras