A Verdade sobre Nós – Amanda Grace

27/01/2015

Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona.

"É fácil confiar em uma garota inteligente.
Garotas inteligentes não deveriam fazer coisas estúpidas."
(pág. 10)

Foi essa frase, que está ou na capa ou na contra-capa (não lembro e não tenho mais o livro comigo pois peguei emprestado) foi o que me fez querer ler o livro de Amanda Grace. Até então, tinha achado a capa bacana mas nada além disso, até ele chegar na livraria e eu ler a frase acima. Isso me deixou super curiosa e no mesmo dia o trouxe para casa e devorei o livro.

"Eu sabia que desde que fosse perfeita por fora, não importava como me sentia por dentro."
(pág. 63)

É fácil entender o lado de Madelyn. Até porque o livro faz com que isso seja mais possível pela forma como ele é contado. Depois dos acontecimentos, Madelyn escreve uma carta contando como foi que a história aconteceu e é através dessa carta que conhecemos os personagens. Adorei esse estilo e ler uma história através de um angulo diferente do que estou acostumada. Essa diferença fez também com que eu lesse o livro muito mais rápido do que normalmente leio.

"Você era minha rota de fuga. Minha porta para outro mundo, um reflexo que se parecia mais com a pessoa que eu queria ser do que com a que era obrigada a ser."
(pág. 54)

A única coisa que eu não entendi foi a mentira. Não o motivo de ela ter mentido, mas a questão de que ficaria tudo bem mesmo ela mentindo. Na verdade é compreensível o modo como ela mente para todos, mas mentir para Bennet e acreditar que não teria consequências? Isso não faz sentido para uma garota tão inteligente como todos acham que ela é.

"Vi que você gostava de autoconfiança, e eu queria ser aquela garota, a que era dona de si, que adorava isso, que brincava com o lado sensual. Uma garota que jamais havia tentado ser em outro lugar."
(pág. 51)

E aí você lembra que ela tem só 16 anos... E aí tudo faz sentido quando penso em uma garota inocente, com um primeiro amor – ainda mais sendo um professor – que nunca fez nada do que realmente queria pois ela já tinha um plano traçado para ela antes mesmo de ter um plano. E de repente ela se vê livre, podendo ser outra coisa? Quem não mentiria em uma situação assim?

"Eu queria muitas coisas naquela noite,
mas teria me contentado com um beijo."
(pág. 139)

Ver Bennet pelos olhos de Madelyn fez com que gostasse dele, com que tivesse vontade de voltar a adolescência ter um professor assim e também me apaixonar. Seria interessante se tivesse um livro com o ponto de vista dele, para que o leitor conhecesse ele realmente pois depois de vê-lo pelos olhos dela, é difícil acreditar que tudo aconteceu como aconteceu. Acho que para mim, esse foi o maior problema... Até porque como pode ele gostar dela e por um detalhe tudo mudar?

"A diferença entre o amor que pode durar uma vida
e o amor que nunca pode acontecer."
(pág. 36)

A verdade sobre nós é interessante e eu gostei de ter lido. Acontece que faltou algo e eu não sei explicar exatamente o que. O final pode ser inesperado para uns e decepcionante para outros, dependendo do modo que a história tocar o leitor. Apesar de algumas falhas, eu entendi Madelyn e assim como ela, gostei do Bennet porém alguma coisa ficou no meio do caminho. Sabe quando tudo parece acontecer como é para acontecer e de repente tudo muda? Sabe quando as coisas fazem sentido caminhar para onde caminham mas ao mesmo tempo não fazem sentido? Sabe quando você gosta de uma leitura mas ao final fica com um ‘mas’... Foi isso que aconteceu comigo. De modo geral eu indico a leitura, até porque a narrativa da autora é ótima e merece uma chance. Além do mais, seria legal você ler e voltar aqui e me dizer se estou certa mesmo ou se perdi alguma coisa por ler tão rápido...licavargas

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

23 comentários

  1. Nossa, ainda não tinha lido nada sobre esse livro. Adorei os quotes e já o quero para mim. Parece ser exatamente o tipo de livros que eu gosto e ainda não li nenhum que aborde esse tema. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Entendi o seu ponto de vista, eu já vi resenhas de pessoas que gostaram e das que não... acho que o motivo é exatamente esse que esboçou, o fato da mentira não ter sido levada "a sério" por uma menina que supostamente é inteligente e o final que pode soar sem sentido. Mas confesso que isso não me desistimulou para lê-lo, pelo contrário... a vontade continua. :D




    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  3. Essa sensação de gostar de um livro, mas sentir que faltou algo é muito comum. Achei a premissa do livro bem legal, mas fica um pouco forçado demais essa questão que envolveu a mentira contada pela protagonista. Enfim, acho que, mesmo com esse "probleminha", deve ser bem interessante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha visto esse livro há um tempo atrás, mas quando eu li sobre o que se tratava e li o que a garota fazia com o coitado do professor, já não coloquei na minha lista. Não porque eu acho que vá ser ruim, mas porque eu sei que vou ficar com tanta raiva da garota (mesmo ela tendo 16) que não vou aproveitar o livro. Vou passar a leitura inteira querendo dar uns puxões de orelha nela!kkkk

    Não pretendo ler esse!

    ResponderExcluir
  5. Aiiii.. AMEI !!
    Já tinha visto esse livro, mas, nunca tinha lido nada a respeito.
    Estou completamente apaixonada e louca pra ler.
    Adorei sua resenha, me deixou super curiosa. =)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Já vi muito esse livro me vários blogs, mas vou ser sincera que não tive mínima vontade de ler esse livro e mesmo lendo a sua resenha nao senti aquele " Chan " pra ler esse livro. Por isso pulo esse livro, mas tenho que admitir que a capa é muito bonitinha.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom?
    Eu já ouvi falar do livro, mas confesso que não fiquei interessada em ler ele, gostei muito da resenha, e estou até pensando em dar uma chance ao livro, não agora.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  8. Nossa, o tema é bem complicado. Com essa coisa de professor x aluna. Nunca li nada da autora. Gostei também da quote, muito sentido. Made me conquistou logo de primeira como protagonista. Ah, e com essas últimas palavras.. espero que o fim não seja triste. Espero ler em breve e gostar. Seria ótimo uma versão de Bennet.
    Bjs Lica,
    leituras-insanas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. fiquei bastante interessada em ler desde aquela tarde em que conversamos sobre esse livro.;.... e isso tem um tempo né? Mas mesmo assim, ainda não entra na minha lista de prioridades.
    um beijo

    ps: cada quote linda!

    ResponderExcluir
  10. Lica respondo sua pergunta: eu não mentiria. Mesmo tendo só 16 anos já é idade suficiente pra ela saber que essa mentira podia acabar com a vida do Bennet assim como acabou por um momento, aliás, ela sabia sim o que podia acontecer mas resolveu ir adiante porque "se sentia bem com ele". A Amanda escreve muito bem mas sinceramente, eu odiei a Madelyn e isso me fez desgostar muito do livro. As mentiras que ela contou não foram justificaveis pra mim e no final ela ainda saiu com um tom de vítima, o que me deixou com mais raiva ainda.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, mas achei a temática bem polêmica. A premissa é interessante e pelos quotes é perceptível que a autora escreve bem. É complicado essa história de um homem de vinte e poucos anos se apaixonar por uma menor de idade, mas acredito que a Madelyn deveria ter contado a verdade desde o começo, se alguém que a conhece soubesse, poderia acusá-lo de pedofilia e as coisas ficariam ainda mais dramáticas, né? Mentiras, em alguns casos, são justificáveis, mas em outros só aumenta os problemas.

    ResponderExcluir
  12. Eu nao gosto muit ode livros que meninas de dezesseis anos se apaixonam loucamente, sei la, até os 24 anos eu nem pensava em namorar, só queria festa. E livro que sustenta mentira ? Sei la,

    ResponderExcluir
  13. Oie
    A ideia de uma aluna que se apaixona por um professor e que ele retribui me parece bem viajada, mas como gosto de romances bem malucos fiquei curiosa sobre o livro, além disso quero saber o que é esse mas, o que ficou faltando na história... Gosto de livros que são narrados por cartas, mas acho que seria bom ter o ponto de vista do Bennet também.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Já vi falarem bastante deste livro, mas eu não consigo me interessar pela historia, eu já fico com raiva da Madelyn antes de ler, e amor entre professor e aluna, tem que ter um contexto perfeito, senão fica clichê no sentido chato, dessa leitura eu passo.

    ResponderExcluir
  15. Fiquei tocada com sua resenha! Quando lançou, minha amiga e eu ficamos loucas pra conhecer a estória e por algum motivo descobrimos como terminava e por isso decidi que não valia a pena ler. Dá pra ver que é um lindo e emocionante livro mas eu sou fã de finais felizes e por isso desisti :/

    ResponderExcluir
  16. Acho que deve ser um livro interessante, já tinha visto ele, e queria ler pelo fato de ser um "amor proibido", mas acho que nem é essa a questão, acho que é a mentira que tem mais o foco. Acho que a Madelyn deve ser bem inocente, e imatura, porque pra mentir e como você disse, achar que ia ficar tudo bem, só sendo muito imatura ou estando muito apaixonada. Eu adorei a resenha, fiquei muito curiosa pra ler, também gostei do fato da narrativa ser em forma de carta.

    ResponderExcluir
  17. O livro parece interessante, acho que eu me aproximaria do Bennet se lesse. Não a ponto de me apaixonar, mas uma pessoa a qual eu tivesse certa admiração.
    Quanto a garota, não sei o que pensar sobre ela, acho que teria que ler para descobrir...
    Beijo.
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  18. Oi :D

    É uma história bem clichê ao meu ver, mas parece um romance bem interessante .. Bem, mentir na idade dela é uma coisa bem normal ao meu ver, rs! E como você disse, uma garota nessa idade, apaixonada pelo seu professor bem mais velho, com certeza faria besteira, principalmente sendo um amor proibido!
    Esse é um livro que tenho na prateleira a algum tempo, mas por mais que tente nunca me senti tentada a ler ele! Enfim, quem sabe um dia eu me arrisco na leitura! Só posso dizer uma coisa, assim como você, sou apaixonada pela capa !!
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Eu achei a capa linda e as citações escolhidas me deixaram curiosa. Acontece que por você dizer que faltou algo me deixou pensando se dou ou não uma chance para ele. Com tantos livros na lista e tão pouco tempo eu não sei....
    Mas vou anotar por aqui... Vai que ele aparece em uma promoção haha

    ResponderExcluir
  20. Essa é a primeira resenha que leio sobre o livro e confesso que fiquei bem entusiasmada em lê-lo.
    Fiquei curiosa em saber como a autora nos contará sobre essa história.

    ResponderExcluir
  21. Esse livro é sensacional! Fiquei de ressaca literária por semanas! Não posso me dizer porque, pra não dar spoiler, mas que final, meu Deus!

    www.fofocasliterarias.com

    ResponderExcluir
  22. A capa é maravilhosa! E a resenha me atraiu mais ainda! Lerei em breve
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  23. Nossa, ainda não tinha lido nada sobre esse livro, mais a capa me atrai bastante, e agora adorei os quotes e já o quero para mim.

    beijos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras